Como conseguir dinheiro emprestado urgente: 6 Formas + Dicas extras

Conseguir dinheiro emprestado não precisa ser complicado. Confira nossas dicas e não caia em golpes!

Artigo escrito por Claudia Borges em 13 de Maio de 2021

Homem e mulher conversando sobre conseguir dinheiro emprestado

Conseguir dinheiro emprestado pode ser mas simples do que imagina. Todavia, é preciso tomar alguns cuidados para não prejudicar ainda mais a vida financeira. Confira nossas dicas!

Tá com saldo negativo? O carro quebrou? Precisou de tratamento médico? Ou teve um problema financeiro que não conseguiu resolver?

Emergências acontecem e nem sempre estamos preparados para arcar financeiramente com elas. Por isso, é importante buscar formas de ganhar dinheiro para sair desse sufoco.

Dentre outras alternativas possíveis, pedir dinheiro emprestado é uma das mais comuns. Mas, como fazer isso? Afinal, vale a pena pedir dinheiro emprestado?

Mesmo que essa seja uma solução não muito indicada, quando você faz um empréstimo consciente, por exemplo, fica mais fácil organizar as finanças pessoais para reverter a situação.

Para resolver seu problema de forma responsável e principalmente segura, selecionamos as melhores dicas para você!

Boa leitura!

6 Formas de como conseguir dinheiro emprestado

Quando estamos em situações difíceis temos a tendência de querer resolver tudo de forma rápida e acabamos nos precipitando e fazendo um mau negócio.

No entanto, existem opções seguras de conseguir dinheiro emprestado e que não são abusivas, basta procurar com calma e analisar todos os cenários.

Antes de realizar uma solicitação de empréstimo, por exemplo, você deve se atentar principalmente às taxas de juros, pois elas podem ser altíssimas e variar bastante entre as instituições.

Confira, a seguir, 6 maneiras de pedir dinheiro emprestado, de forma segura!

1. Converse com amigos e familiares

Por mais desconfortável que possa parecer essa situação, pedir dinheiro emprestado para amigos ou familiares é uma das melhores formas de sair do sufoco sem se afundar ainda mais.

Isso acontece porque as taxas inerentes a empréstimos e crédito rotativo do cartão de crédito são bastante abusivas e podem então agravar seu problema financeiro.

Sendo assim, o recomendado é que, antes de ir atrás de outras opções, converse com pessoas mais próximas que possam te ajudar com determinada quantia de dinheiro.

Contudo, lembre-se que deve se comprometer a pagar o seu novo débito!

Para evitar esquecimentos ou sujar seu nome entre aqueles que gosta, uma alternativa é fazer um acordo de pagamento com o credor especificando o valor devido acrescido de uma taxa de juros amigável, o prazo e as parcelas da dívida.

2. Empréstimo consignado

O empréstimo consignado costuma ter taxas de juros atrativas, pois usa o seu rendimento salarial como garantia de pagamento, uma vez que os descontos das parcelas são feitos diretamente na folha de pagamento.

Dessa forma o banco entende que a possibilidade de inadimplência é menor e você conseguirá honrar com as parcelas até o fim.

Pode ser feito por trabalhadores assalariados, aposentados e pensionistas do INSS

3. Empréstimo com garantia

Talvez o mais vantajoso dessa lista, com as menores taxas de juros do mercado e os melhores prazos para pagamento.

Para realizar um empréstimo com garantia você precisa ter um bem que possa ser oferecido como garantia.

Pode ser um imóvel, um veículo e até o seu salário. Você oferece ele ao banco como garantia de pagamento da dívida que está adquirindo.

Esse bem fica em alienação fiduciária, atrelado ao banco. Mas, você pode continuar usando ele normalmente, fique tranquilo!

Por ter essa garantia, o banco consegue liberar melhores condições para o empréstimo, pois tem segurança que você irá cumprir com as parcelas.

4. Empréstimo pessoal

Um dos juros mais caros, o empréstimo pessoal costuma não ter muita burocracia para ser realizado.
Se aprovado ele cai rapidamente na sua conta, sem maiores exigências.

Ele é liberado apenas para pessoas físicas e pode ser solicitado por caixa eletrônico, aplicativo e até central de atendimento do seu banco.

5. Antecipação do 13º

Se você é assalariado, aposentado ou pensionista, pode antecipar o seu 13º salário.

Alguns bancos permitem que você antecipe até 80% do valor total, mas isso pode variar dependendo da instituição.

As taxas cobradas por essa modalidade de empréstimo podem ser bem altas também, e você deve sempre levar em consideração que não receberá o valor no fim do ano.

6. Antecipação do Imposto de Renda

Se você tem restituição do Imposto de Renda para receber, pode ser uma boa alternativa solicitar o adiantamento do valor junto ao seu banco.

Essa modalidade costuma ter taxas mais baixas e melhores condições de contratação. Além disso, costuma ser bem simples de solicitar.

Apesar da facilidade, você deve se atentar ao pagamento dessa dívida. Os bancos costumam debitar na sua conta no dia que cai a restituição. Então, se você não tiver saldo, pode estar em apuros.

Outro ponto de atenção é que no caso de correção na sua declaração, o total da restituição também sofre alteração, mas os bancos costumam fazer o empréstimo sob o valor original, então sua restituição pode não cobrir a dívida.

Onde conseguir dinheiro urgente?

Mesmo que você esteja apertado financeiramente, soluções rápidas nem sempre são as mais seguras e melhores.

Já diria o ditado “a pressa é inimiga da perfeição”, não é? Normalmente, solicitar empréstimos é um processo burocrático e um pouco demorado.

Mas existem algumas soluções para conseguir dinheiro rápido, que podem te dar uma ajuda para respirar enquanto pensa numa solução definitiva, como as plataformas de desapego, apps de pesquisa e sites que geram renda.

Sabe aquele sapato que você raramente usa? Ou aquelas roupas que não servem mais e você fica com dó de tirar do guarda roupa? Podem ser a solução!

Olhe bem para sua casa e veja se existe alguma coisa que você não esteja usando e que possa te render uma grana extra.

As principais plataformas de desapego são:

  • Enjoei;
  • OLX;
  • Mercado Livre
  • Facebook Marketplace.

Como ganhar dinheiro respondendo pesquisas? Conheça os 9 melhores sites e aumente sua renda! // Sites para ganhar dinheiro na internet: Conheça os principais para aumentar sua renda!

Quando pedir dinheiro emprestado?

Essa é uma questão muito pessoal, mas existem algumas situações em que fazer um empréstimo é a solução mais rápida.

Algumas situações em que o empréstimo pode ser uma boa solução, são:

Pagamento de dívidas

Se você possui muitas dívidas, com juros altos, solicitar um empréstimo para quitá-las pode ser bom.

Dessa forma, você fica com uma dívida única e ainda pode procurar por opções com taxas de juros que compensam a troca.

Emergências financeiras

O ideal é que todos tenhamos um valor reservado para situações de emergência. Mas nem sempre é possível. Então, nesses casos, procurar um empréstimo pode ser a resposta.

Não sabe como fazer isso? Aprenda como montar uma reserva de emergência!

Projetos e sonhos

Como no item acima, o ideal seria fazer um planejamento financeiro para obter esse valor sem precisar de empréstimo, mas ainda assim solicitar crédito para realizar seus planos e sonhos pode ser uma opção.

Então, pesquise bastante, procure a melhor condição antes de tomar uma decisão definitiva. Faça tudo bem consciente da dívida que está adquirindo.

Cuidados para não cair em golpes

Na hora da necessidade podemos nos precipitar e acabar caindo em golpes, por isso é necessário sempre estar atento aos itens abaixo.

Pesquise com antecedência

Conhecer a instituição financeira com a qual vai fazer negócio é fundamental. Sendo assim, pesquise, se informe, procure no site do Banco Central sobre a situação da empresa etc.

Existem alguns sites que podem ajudar:

  • Procon: o órgão de proteção ao consumidor deve sempre ser consultado antes, caso você tenha alguma dúvida sobre a idoneidade da instituição;
  • ReclameAqui: o site permite que consumidores coloquem suas reclamações, e as empresas dão o retorno sobre as situações apresentadas. Você pode consultar a instituição financeira pela barra de procura e conhecer a reputação dela, ler as reclamações que fazer e até como resolvem as questões.

Importante ressaltar que nenhuma instituição financeira séria pede um depósito de valor antes de realizar o empréstimo.

Leia o contrato com calma

Parece uma dica boba, não é? Mas acredite, é necessário falar disso.

Sempre leia o contrato! E se você tiver alguma dúvida, pergunte a alguém de confiança que entende do assunto.

Não se sinta pressionado a assinar rapidamente, leia tudo com calma e atenção, principalmente no que diz respeito às suas obrigações.

Cuidado com dívidas altas

Um contrato de empréstimo normalmente tem um prazo grande para quitação.

Então, lembre-se que sua situação financeira pode não ser a mesma daqui a 2, 3 anos. Portanto, se for preciso, faça uma dívida que caiba no seu bolso, a qualquer momento da sua vida.

O ideal é não comprometer mais que 30% do seu orçamento em dívidas, somando todas as dívidas que você tem.

Dicas para manter o controle das finanças

Manter a sua saúde financeira em dia é quase tão importante quanto cuidar da saúde do seu corpo.

Por isso, um bom planejamento pode te ajudar a realizar sonhos, tirar suas metas do papel e ainda ter uma reserva para momentos de emergência, sem que precise recorrer a financiamentos.

Veja algumas dicas para te ajudar a chegar lá!

Registre quanto ganha e gasta

A primeira dica consiste em saber quanto você ganha e gasta.

Pois, toda compra e pagamento que você faz, por menor que pareça, faz diferença no seu orçamento pessoal.

Logo, saber exatamente quanto pesa cada coisa no seu bolso pode te ajudar a controlar gastos que você muitas vezes nem percebe que tem.

O mesmo vale para recebimentos. Mesmo que você tenha uma única fonte de renda e ela seja fixa, é importante calcular quanto dessa renda está indo para as contas, e qual porcentagem você tem gastado com cada coisa mensalmente.

Para isso, uma boa solução é investir em um aplicativo de controle financeiro, como o Mobills, que vai te ajudar a entender melhor suas finanças e se organizar.

Tenha um objetivo

Colocar seus objetivos no papel, ou seja, aquilo que deseja conquistar, vai te ajudar com o gerenciamento financeiro. Assim você consegue definir suas prioridades e estabelecer o que é ou não realmente necessário na sua rotina.

Além disso, com o objetivo bem estabelecido fica mais legal trabalhar, sabendo que seu esforço está indo para algo que você realmente quer.

E não esqueça que um objetivo financeiro deve ser:

  • Específico;
  • Mensurável;
  • Relevante;
  • Temporal; e
  • Alcançável.

Mantenha a disciplina

Quando falamos de controle não estamos falando sobre parar de fazer coisas que são importantes para você, mas entender quais são suas prioridades.

Sua prioridade é fazer a viagem dos seus sonhos? Então talvez você possa diminuir os canais da sua TV a cabo, reduzindo gastos e investindo o valor no seu sonho, por exemplo.

Alguns itens parecem necessários no momento, mas depois que olhamos nosso orçamento financeiro de forma geral nem nos lembramos deles.

Afinal, vale a pena pegar dinheiro emprestado?

Como falamos ao decorrer deste artigo, essa decisão é pessoal e deve ser bem analisada antes de você finalizar a transação.

Mas, você deve ter sempre em mente que, pegar dinheiro emprestado muitas vezes é um comprometimento de anos, até quitar sua dívida.

Por isso pense bem, e se sentir confortável procure a melhor instituição, compare juros e garanta o melhor negócio.

Caso tenha alguma dúvida, estamos sempre disponíveis para ajudar. Deixe seu comentário!


Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


    4 comentários publicados nesse artigo
      19/05/2021 às 14:27

      Qual o melhor rentabilidade.em investimento a curto prazo.nos bancos

        20/05/2021 às 08:53

        Olá, Cícero. Se você investe para o curto prazo, o ideal é priorizar a liquidez e a segurança, em vez da rentabilidade. Contudo, existem bons CDBs que pagam acima de 100% do CDI e que têm alta liquidez.

      16/05/2021 às 15:04

      Gostaria de saber mais

        17/05/2021 às 10:34

        Oi, Roger! Espero que esteja bem. Qual a sua dúvida?

    🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

    Notifique-me de novos comentários via e-mail.

    Junte-se a mais de 239.950 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


      Você também vai gostar...


      Escrito por Claudia Borges Jornalista

      Jornalista em formação, apaixonada por boas histórias e por transformar a vida das pessoas através da educação financeira.

      • Jornalista;
      • Redatora Mobills.
      .