investimentos
epico
Não
anual

Como investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro [Passo a passo]

Você pode começar a investir mesmo com pouco dinheiro! E este processo pode ser muito mais simples do que imagina. Confira o nosso passo a passo!

Artigo escrito por Larissa Brioso em 30 de Setembro de 2021

A maioria dos brasileiros não sabe como investir com pouco dinheiro na Bolsa de Valores. Na verdade, muitos nem acreditam que isso é possível.

Uma das causas dessa crença é a falta de hábito de investir que muitos têm e, por isso, eles acreditam que não vale a pena o esforço para ter um baixo retorno.

Nesse sentido, surge no imaginário popular o mito de que somente aqueles que têm muito dinheiro sobrando é que podem aplicar em ativos financeiros.

Contudo, isso não poderia estar mais longe da verdade.

Isso porque, quanto antes você começar, independente do valor que você tenha para investir, mais rápido você acumulará o valor necessário para alcançar seus objetivos.

Mas, como podemos fazer isso? Nesse artigo, vamos aprender a melhor forma de investir na Bolsa de Valores com pouco dinheiro.

Então, vamos nessa?

A raiz do problema

Antes de começarmos a atacar o problema, precisamos entendê-lo. Nesse sentido, o que está fazendo com que tenhamos pouco dinheiro para investir?

Basicamente, a principal causa é a nossa falta de capacidade de poupar, que, por sua vez, acontece porque gastamos muito e/ou ganhamos pouco.

Portanto, se quisermos fazer sobre dinheiro, precisamos reduzir nossos gastos e aumentar nossos ganhos. Caso contrário, iremos passar a vida toda investindo pouco dinheiro.

Para isso, precisamos rever nosso orçamento para que encontremos despesas que podem ser cortadas, diminuídas ou substituídas por alternativas mais baratas.

Em paralelo, devemos buscar formas de aumentar nossos ganhos, seja fazendo uma renda extra, se especializando para aumentar nossa hora de trabalho ou até mudando de profissão.

Dessa forma, sempre sobrará mais dinheiro no nosso orçamento para que possamos investir cada vez mais e, assim, ter um futuro financeiro muito mais confortável.

De todo modo, não devemos esperar para ter esse dinheiro sobrando para só então começar a investir, pois, quanto mais cedo começarmos, melhores serão os nossos resultados.

Entendendo isso, podemos aprender na prática como investir com pouco dinheiro.

Investir com pouco dinheiro é possível?

Ao contrário do que muitos pensam, não existe um valor mínimo para investir seu dinheiro no mercado financeiro.

Nesse sentido, você pode aplicar em renda fixa ou renda variável a partir de R$ 1,00. Obviamente, existem investimentos que não são tão acessíveis, mas a quantidade de opções nas quais é possível investir com pouco dinheiro é enorme.

Para isso, basta que você tenha conta em um banco ou corretora e o valor do ativo no qual você quer aplicar.

Contudo, indicamos que escolha uma instituição confiável e que não cobre taxas de corretagem ou manutenção da conta, pois, como você fará pequenos aportes, qualquer taxa cobrada na operação vai impactar nos seus resultados de longo prazo.

Como investir com pouco dinheiro

O processo de começar a investir com pouco dinheiro pode ser facilitado se seguirmos alguns passos que nos garantirão segurança e consistência.

Por isso, vamos te mostrar qual deve ser o processo necessário para que você possa fazer seu primeiro investimento.

Lembre-se: se você quer aplicar com foco no médio e longo prazo, a bolsa de valores é uma excelente opção a ser considerada.

Agora que você entendeu um pouco sobre investimentos na bolsa, vamos para o passo a passo:

1. Tenha um planejamento financeiro

Como foi dito, investir nos possibilita ter um futuro financeiro sólido.

Contudo, esse processo começa antes mesmo de comprarmos nosso primeiro ativo.

A primeira etapa é ter uma organização financeira. Isso inclui se livrar de possíveis dívidas e delimitar um orçamento.

Sem essa organização, você correrá o risco de perder mais dinheiro do que pretende ganhar.

Por exemplo, sem um planejamento financeiro, você pode acabar contraindo uma dívida que tem juros mais altos do que suas aplicações.

Além disso, se você não delimitar um orçamento, pode acontecer de faltar dinheiro para fazer o investimento periódico, e essa constância é fundamental para a construção do patrimônio.

Por isso, não podemos negligenciar essa etapa.

Conheça o Mobills

Nesse processo, a melhor opção de controle do orçamento é o aplicativo da Mobills.

Mobills – Controle de Gastos

4.8 500
Baixe gratuitamente na loja ou site
Plataforma Android, iOS e Web
Funcionalidades Controle de contas, cartões e objetivos.
Preço Gratuito com funcionalidades Premium (Paga)
Benefícios App com ótima usabilidade e Design
Baixe gratuitamente na loja ou site
  • Mais detalhes do Mobills
    O Mobills é um aplicativo de controle de gastos e finanças pessoais que irá lhe ajudar a alcançar o sucesso financeiro que você sempre sonhou.

    🎯 Nossa missão é transformar sua vida financeira para melhor e eliminar de vez todos os seus problemas com dinheiro.

    💰 Tudo isso é possível porque o Mobills é a maneira mais simples, fácil e segura para você economizar e juntar dinheiro.

    🚀 Confira porque mais de 8 milhões de pessoas escolheram nosso aplicativo para controlar suas finanças e não tomar susto no final do mês.

Ele que permite que você acompanhe e cadastre suas despesas, receitas pessoais e cartões de crédito, além de possibilitar que você delimite o quanto quer gastar por mês e que você acompanhe seus gastos.

Não à toa, é o aplicativo de controle financeiro pessoal mais bem avaliado do Brasil, utilizado por mais de 8 milhões de usuários.

2. Abra uma conta em uma corretora de valores

O primeiro passo para você investir com pouco dinheiro com certeza é abrir uma conta em uma corretora de valores.

Uma corretora de valores nada mais é do que uma instituição financeira que faz a intermediação entre você e o investimento.

Essa intermediação é necessária porque você, como pessoa física, não tem acesso direto aos ativos financeiros.

Além disso, é muito importante verificar se a corretora de investimentos é autorizada pela B3.

Vale ressaltar que, se você está começando a investir agora, pagar taxas de corretagem para investir, por exemplo, não é interessante. Afinal, será apenas um gasto a mais para você.

Sendo assim, certifique-se também se a corretora possui:

  • Baixos custos;
  • Uma boa variedade de serviços e produtos; e
  • Qualidade no atendimento.

Um exemplo de corretora que cumpre com esses quesitos é a Toro Investimentos.

Ela é uma das melhores corretoras para quem está começando, pois tem suas taxas zeradas e uma interface bastante intuitiva.

Não esqueça! Como você vai fazer pequenos aportes, é importante evitar fricções para não comprometer o seu resultado de longo prazo.

3. Construa uma reserva de emergência

A reserva de emergência constitui um “colchão financeiro” que deve ser usado para cobrir gastos imprevistos ou para suprir as necessidades pessoais em caso de uma perda da fonte de renda.

Por exemplo, caso você perca seu emprego, a reserva financeira vai garantir a manutenção do seu padrão de vida por um período suficiente para que você possa encontrar outro emprego.

Portanto, esse “colchão financeiro” deve equivaler a cerca de 6 a 12 meses dos seus gastos mensais.

Como você usará esse valor acumulado em uma emergência, o ideal é que você aplique em ativos com alta liquidez e baixo risco.

Os principais exemplos de ativos que cumprem esses requisitos são títulos públicos, CDBs com liquidez diária, fundos de investimento em renda fixa com liquidez diária e a poupança.

4. Conheça o seu perfil de investidor

Posteriormente à abertura da sua conta em uma corretora, você deve conhecer a sua tolerância ao risco, ou seja, seu perfil de investidor.

Pois, com base nele será possível escolher as melhores opções de investimentos para você.

Se achou esse passo muito complexo, não se assuste! As corretoras são orientadas a realizarem um questionário para avaliar justamente o seu perfil de risco.

Então, antes de começar a investir com pouco dinheiro, a sua corretora de valores escolhida vai te ajudar a entender o seu perfil.

Esses perfis de riscos estão divididos geralmente em três categorias: conservador, moderado ou agressivo/arrojado.

Ao entender seu perfil de risco, a próxima etapa consiste em definir objetivos para então, definir uma estratégia de investimento.

5. Defina objetivos financeiros

Esse passo é fundamental para o sucesso financeiro.

A criação de objetivos e metas fará com que você direcione seus esforços e tenha a disciplina para conquistar suas metas.

É comum vermos pessoas que estão supermotivadas para investir, mas que não sabem onde querem chegar.

Dessa forma, elas podem se frustrar por perceberem que estão aplicando em ativos que não são condizentes com as suas necessidades.

Por outro lado, muitos outros sabem a importância de investir, mas não têm motivação para fazer o esforço e ter a paciência que o processo requer.

Assim, podemos ver que a definição de metas é primordial no processo de aplicação dos nossos recursos.

O que você deseja? Trocar de carro? Pagar a faculdade? Fazer uma viagem?

Após definir seus objetivos, você vai poder direcionar suas energias e terá a motivação para alcançá-los.

6. Monte uma estratégia de investimento

Como diz Warren Buffett, um dos maiores investidores do mundo, o risco vem de você não saber o que está fazendo.

Sendo assim, defina um planejamento com estratégias de investimento bem definidas com base em seu perfil de investidor e objetivos financeiros.

Isso inclui escolher quais classes e subclasses de ativos você terá na sua carteira de investimentos.

Dessa forma, será possível minimizar os riscos dos seus investimentos na bolsa de valores. Afinal, diferentemente dos investimentos em renda fixa, a renda variável é mais arriscada por causa da sua imprevisibilidade.

Logo, é muito importante se dedicar a entender o mercado e investir em algo que você conhece.

7. Estude os ativos que você vai investir

Até aqui você já abriu sua conta na corretora, descobriu seu perfil de investidor, definiu suas metas e montou uma estratégia.

Além disso, você já sabe quais classes e subclasses de ativos melhor se adequam aos seus objetivos.

Portanto, você está pronto para fazer seu primeiro investimento.

Contudo, não podemos esquecer de analisar os ativos em que iremos investir para que possamos escolher aplicações de qualidade que nos garantirão um bom retorno.

Todo investimento tem algum risco, por menor que seja, mas se você não estudar antes de investir, esse risco aumentará muito.

Por outro lado, se você fizer uma análise rigorosa, você estará minimizando seus riscos.

Por exemplo, você não pode comprar uma ação antes de estudar bastante a empresa correspondente. Após essa pesquisa, você estará apto a comprar bons ativos.

8. Compre sua primeira ação

Depois de todos esses passos, chegou a hora de comprar sua primeira ação!

A princípio pode parecer complicado, mas aos poucos você vai conhecendo e aprendendo a lidar com a plataforma de investimentos da sua corretora.

Além disso, você vai ver que existem diversas ações de ótimas empresas custando até mesmo menos de R$10,00.

Vale ressaltar que para ter o dinheiro disponível para investir, você precisa fazer uma transferência para a sua corretora.

Logo após, com o dinheiro na conta, é hora de escolher as primeiras ações para você comprar.

Algumas corretoras possuem uma carteira recomendada para investidores constituída de indicações mensais de ações por especialistas.

Mas, é muito importante que não se deixe levar apenas por essas recomendações. Busque de fato conhecer a empresa a qual deseja se tornar sócio.

Faça uma análise fundamentalista da empresa, busque entender seu ramo, histórico, gerência e muito mais, para fazer um investimento consciente com foco no longo prazo.

Abaixo temos o exemplo do espaço da Toro, após preencher os dados da empresa, basta colocar em enviar ordem e esperar a compra ser efetuada.

Home Broker da Toro

Cada ação possui um ticker próprio, que é um código que representa a empresa. No exemplo abaixo, estamos pesquisando as ações da Petrobras (PETR3 ou PETR4).

A compra de uma ação traz consigo um lote padrão de 100 ações, ou seja, se o preço do papel for de R$ 24,41, a ordem será de R$ 2.441,00.

Contudo, para salvar os investidores iniciantes, há a opção de compra de uma Ação Fracionada, desvinculada ao lote padrão. Para isso, é só adicionar a letra ‘F' após o ticket de qualquer empresa. Vamos buscar juntos a PETR4F:

como investir com pouco dinheiro home broker Toro
Boleta de negociação da Toro

Selecionando o botão “Comprar”, você poderá escolher a quantidade de ações e efetuar a compra.

Logo após ser efetuada, normalmente aparece a mensagem “ordem executada”. Apareceu? Parabéns, você acabou de comprar sua primeira ação.

Vá devagar, direção é mais importante que a velocidade

Se você chegou até aqui neste artigo, mostra que você está realmente interessado em entender como investir com pouco dinheiro.

No entanto, saiba que investir envolve bastante estudo, disciplina e foco no longo prazo.

Portanto, comece aos poucos, conhecendo a si mesmo e sua aversão ao risco. Conheça também o portfólio de ativos da sua corretora, os seus objetivos, e claro, tenha sua reserva de emergência investida em ativos de baixo risco e alta liquidez.

Assim, você está mais seguro contra imprevistos financeiros.

É possível investir pouco e ganhar muito dinheiro?

Mas afinal, qual é o segredo para ganhar dinheiro na bolsa de valores? Existe uma estratégia infalível?

Acredite, não existe fórmula mágica no mundo dos investimentos em renda variável.

Se alguém aparece prometendo uma determinada lucratividade, cuidado, certamente é um golpe.

A única pessoa que ganhará dinheiro com isso é quem tem a ‘fórmula do sucesso' ao vendê-la aos interessados.

Existem muitas histórias sobre pessoas que construíram grandes fortunas na bolsa, como Warren Buffett, Peter Lynch e Luis Barsi, por exemplo.

Mas qual é o segredo desses investidores? Como eles ganharam dinheiro investindo na bolsa?

Os segredos dos grandes investidores dependem de alguns fatores: tempo, escolher bons ativos e investir continuamente.

Tempo

Não espere criar um patrimônio sólido e significativo em pouco tempo.

Por isso, tenha paciência para que os juros compostos ganhem intensidade e para que as empresas que você investe possam se desenvolver.

No curto prazo, tudo pode acontecer na bolsa de valores. Contudo, no longo prazo, os bons ativos tendem a valorizar.

Bons ativos

Como foi dito, escolher bons ativos é uma tarefa que os grandes investidores sempre buscam fazer.

Sem dúvida, são as empresas de qualidade que vão permanecer e evoluir no longo prazo.

Por outro lado, aquelas companhias com má gestão, com modelos de negócios ultrapassados ou sem saúde financeira têm maior probabilidade de ficar pelo meio do caminho.

Investir continuamente

A constância é amiga do bom investidor.

Por isso, busque investir regularmente para a construção do seu patrimônio.

Considere essa tarefa como uma obrigação em seu orçamento.

Comece a investir o quanto antes

Parece simples, não é? Então por que as pessoas não seguem esse método?

As pessoas normalmente não seguem esse método porque ele precisa de tempo, ou seja, é uma construção demorada e as pessoas querem enriquecer rapidamente.

Como diz Gustavo Cerbasi: enriquecer é uma questão de escolha. Isso significa que você deve agir para construir patrimônio e atingir a sua independência financeira.

Assim, você não precisa começar com muito, basta começar e deixar os juros compostos fazerem o trabalho deles.

Não esqueça disso!

Como vimos, é simples fazer investimentos financeiros na bolsa de valores mesmo com pouco dinheiro.

Assim, não se esqueça de que construir patrimônio na Bolsa de Valores é um objetivo realizável. Porém, exige conhecimento, disciplina, esforço, experiência e muito controle emocional.

Lembre-se de que uma das boas práticas ao iniciar os seus investimentos na bolsa de valores é ter sempre o foco no longo prazo e se ver como sócio do negócio. Afinal de contas, uma ação é uma fração de uma empresa.

Ao ter esse tipo de pensamento, a tendência é que você escolha os melhores ativos para a sua carteira ao invés de ficar tentando acertar qual ação vai ‘decolar' no curto prazo.

Espero que com essa leitura, você tenha percebido que é possível trilhar o caminho rumo à independência financeira.

Além disso, vale ressaltar que os 3 pilares dos investimentos são os aportes, a rentabilidade e o tempo.

Quer aprender mais sobre investimentos?

Veja nossos outros conteúdos sobre investimento, seja no Blog, ou no YouTube.

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas e deixe seu comentário!

Quer acompanhar nosso conteúdo no Instagram? Siga @mobillsedu!


Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


44 comentários publicados nesse artigo
    03/10/2021 às 11:02

    Por favor, estou com um investimento para mim grande já enviei 1 milhão de reais para uma
    Corretora e já estou com 3 milhões de dólares mas tenho 2.200 dólar de ações compradas no meu gráficos . Tenho medo de perder tudo penso em baixar ações q estão dando prejuizo diminui a perca mas tb o ganho . O que posso fazer. Alguém não podia me fazer uma consulta por telefone eu pagaria a consulta mostraria meu gráfico no computador etc

      04/10/2021 às 15:00

      Olá, Elda. Não entendi algumas partes da sua pergunta, mas o que eu posso sugerir é que você nunca tome decisões baseadas apenas no preço do ativo. Isso porque você deve forcar nos fundamentos deste. Ademais, a Mobills não oferece consultoria ainda. De todo modo, você pode acompanhar nossos conteúdos, pois, assim, você estará apta a tomar decisões mais acertadas.

    27/07/2021 às 19:49

    Parabéns pelo conteúdo. Vou entrar nesta Toro para conhecer a fundo. Pois como li alguns comentários sou leigo tbm. Obrigado

      28/07/2021 às 08:39

      Excelente, Saul. A Toro é uma das melhores corretoras para quem quer começar a investir.

    08/07/2021 às 20:56

    Quantos que eu precisso pra em vestir

      12/07/2021 às 10:09

      Olá, Gelson. Não existe valor mínimo para começar a investir. Então, você pode começar com qualquer valor.

    02/07/2021 às 11:56

    Sempre tive vontade de investir na bolsa de valores, porém sou totalmente leigo.

    26/06/2021 às 22:28

    Tenho 60 anos, ainda é tempo de investir?

      28/06/2021 às 09:45

      Com certeza, Elizabeth. Antes tarde do que nunca. Contudo, é preciso entender que você precisa investir em ativos menos arriscados e ter paciência para colher os frutos somente depois de alguns anos.

    23/06/2021 às 20:57

    Posso comprar 100,00 de ações fracionadas todos os meses, ou, é recomendável, primeiro fazer outros investimentos, como FII para acumular maiores valores para comprar ações. Sou iniciante no assunto e fiquei com essa dúvida

      24/06/2021 às 08:35

      Olá, Weily. Não existe uma regra nesse sentido. Os FIIs são menos arriscados, mas as ações têm um maior potencial de valorização. Então, vai depender muito do seu perfil de risco. De qualquer forma, com um bom estudo e uma boa diversificação, você pode minimizar esse risco adicional.

    21/06/2021 às 09:03

    Gostei, vou começar a entrar nesse mundo, tenho apenas 15 anos, mas, não há idade para arriscar.

      22/06/2021 às 08:57

      Excelente, Samuel. Com um bom estudo e uma boa diversificação, você pode minimizar esses riscos.

    16/06/2021 às 22:09

    1) Se eu contrato uma corretora, acredito que não exista custo zero. Gostaria de ver maior clareza em relação às cobranças das corretoras;
    2) Uma vez que contrato uma corretora com experts no ramo de investimentos, entendo que a corretora contratada deveria orientar os ativos, de acordo com o meu perfil.

      17/06/2021 às 08:30

      Olá, Edméa. Cada corretora tem custos diferentes e oferece serviços diferentes. Algumas te orientam em todo o processo de começar a investir, mas você precisa escolher a corretora que oferece esses serviços. O que eu recomendo é que você confira nosso artigo em que nós mostramos quais são as 7 melhores corretoras do Brasil: https://www.mobills.com.br/blog/corretora-de-valores/

    29/05/2021 às 09:42

    Qual o valor mínimo que pode investir 🤔

      31/05/2021 às 08:39

      Olá, Gelsino. Não existe valor mínimo, é possível começar a investir a partir de R$ 1. Contudo, temos que saber que, com pouco dinheiro, teremos menos opções disponíveis de investimento.

    28/03/2021 às 15:13

    Parabéns vou começar entrar em esse mundo de investimento financeiro miito bem explicado parabéns…

      28/03/2021 às 18:11

      Que bom que gostou Eli! Desejo sucesso nos seus investimentos!

    19/03/2021 às 10:59

    Gostaria de saber o que se considera longo prazo, pergunto porque sou um jovem de 63 anos e só agora, a partir dos 2 últimos anos começou a me sobrar mensalmente um determinado valor e preciso saber se ainda há tempo de aplicá-lo e ver os louros.

      22/03/2021 às 08:52

      Olá, Manoel. Não existe consenso sobre o que seria o longo prazo, mas costumamos considerar como sendo acima de 10 anos. Contudo, você ainda pode sim começar a aplicar seu dinheiro. Se você não tem reserva de emergência, faça uma. Ela é indispensável em todas as fases da nossa vida. Além disso, você também pode investir para realizar objetivos de curto e médio prazo, como uma viagem ou trocar seu carro.

    17/03/2021 às 22:22

    Buy Hold!
    Longo prazo, disciplina, mentalidade e paciência…🤑🙏

      17/03/2021 às 22:40

      Exatamente Diego! As pessoas costumam superestimar o curto prazo e subestimar o longo prazo, e com investimento não é diferente. Longo prazo, comprar bons ativos e diversificação são os segredos do sucesso!

      10/08/2021 às 10:58

      Ola! Amei o artigo , pois foi muito esclarecedor pra mim que sou totalmente leiga no assunto . Ficou uma dúvida: depois que compro a ação, o que faço com ela? Como ela me trará lucro?

      11/08/2021 às 11:06

      Olá Liliani, tudo bem? A ação pode te trazer lucro de 2 formas, ela pode se valorizar com o tempo, assim você vende a ação e consegue lucrar em cima dela, e a 2ª forma é recebendo dividendo, todo ano é pago um dividendo em cima da ação comprada, é como se fosse “uma parte do lucro” que vai para você por ter adquirido aquela ação.

    16/03/2021 às 16:02

    Olá, minha dúvida é quanto ao imposto de renda que se recolhe, tenho que emitir darf ? Como calcular e quando fazer isto. Agradeço se for possível esclarecer. Obrigado.

      17/03/2021 às 11:35

      Se você comprou e vendeu ações no mesmo dia (day trade) com lucro, terá que pagar 20% sobre os ganhos. Se comprou e vendeu em dias diferentes (swing trade), pagará 15%. Para fazer esse pagamento, é só emitir uma darf e pagar até o último dia útil do mês seguinte. Há isenção se você vender até 20.000 reais por mês no Swing Trade. Lembre-se, a alíquota incide apenas sobre o rendimento.

    14/03/2021 às 17:44

    Gostei muito do artigo, é bem esclarecedor, já estava estudando uma forma para investir na bolsa, e gostei muito da maneira que foi abordado esse tema aqui, simples, direto e claro, parabéns!

      15/03/2021 às 08:30

      Que bom que gostou, Camilla. Aproveita e confere nossos outros artigos sobre investimentos. Temos certeza que você também vai se interessar.

    14/03/2021 às 07:25

    Muito bom,gostei bastante e vou procurar uma corretora,porem gostaria de saber sobre quais sao as melhores escolhas para investimento…

      15/03/2021 às 08:41

      Olá, Angela. Não existe um melhor investimento, o que existe é um melhor investimento para você. Portanto, analise seu perfil, defina seus objetivos e estude os ativos. Dessa forma, você vai achar a aplicação financeira ideal.

    05/03/2021 às 00:37

    Como anda a bolsa de valores no brasil?
    Qual o valor mínimo que pode ser investido?

      05/03/2021 às 08:28

      Nossa bolsa está evoluindo, Luana. Mais empresas estão abrindo o capital e a governança corporativa tem melhorado. Contudo, não existe um valor mínimo, pois é possível comprar uma ação a partir de 2 ou 3 reais. Confere nossos outros conteúdos de investimento para que você saiba como tomar as melhores decisões de investimento.

    26/02/2021 às 11:55

    Muito bom , parabens

      26/02/2021 às 12:24

      Que bom que gostou, Maria. Além desse conteúdo sobre investir com pouco dinheiro, você também pode se interessar pelos nossos outros artigos sobre investimento.

      23/05/2021 às 16:14

      Me passem o nome de uma corretora confiavel por favor, e como farei para entar em contato

      25/05/2021 às 10:17

      Oi, Sebastiao! Espero que esteja bem. Dá uma olhada no nosso artigo sobre as melhores corretoras do Brasil!

    01/02/2021 às 10:27

    Como eu faço para aprender a mecher na bolsa ?

      01/02/2021 às 17:56

      Obrigado pela pergunta, Jose Raimundo. A bolsa é só o ambiente de negociação, mas você pode ter acesso aos produtos através da sua corretora e negociá-los pelo homebroker.

      12/08/2021 às 17:23

      Boa tarde , investimento a curto prazo , eu posso ter lucros diários e mensais?

      12/08/2021 às 19:24

      Olá, Gidalte. Em investimentos com um prazo menor, você terá rendimentos diários e mensais, mas em menor proporção. A não ser que você invista em ativos muito arriscados, mas o risco de perder tudo nesse caso é muito grande.

    30/12/2020 às 01:52

    Nunca imaginei como seria investimento na bolsa de valores, com essas explicações veio a curiosidade entrar nesse mercado financeiro. Parabéns pelas orientações.

      30/12/2020 às 18:18

      Que legal saber disso! Lembre-se de conhecer bem seu perfil, objetivos, e planeja-se para fazer bons investimentos.

🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

Notifique-me de novos comentários via e-mail.

Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


Você também vai gostar...


Escrito por Larissa Brioso Educadora Financeira

Larissa Brioso, formada em Economia, é Educadora Financeira da Mobills. Possui experiência na área de marketing, SEO e criação de conteúdo com ênfase em Educação Financeira.

  • Editora-chefe do Blog Mobills;
  • Formada em Economia;
  • Estudante de Gestão de Negócios e Marketing.
.