Pesquisar Fechar Menu
Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills

Calculadora de Hora Extra

As horas extras são todo e qualquer tipo de hora excedente de trabalho após o fim da sua jornada de expediente. Veja quanto vale as suas!

Calculadora de Férias Online
R$
Resultado
Horas Extras
Salário base (bruto)
Total de horas extras normais
Total de horas noturnas
Total de horas extras 100%
Compartilhar resultado
Clique no botão para copiar o link abaixo:
Ou compartilhe direto nas redes sociais:
*Os resultados dessa calculadora são simulações. Podendo assim, sofrer divergências causadas por mudanças nas regulamentações e taxas. Esta página tem caráter informativo, sem valor legal. Portanto, não dispensa a consulta de um profissional da área.
*Os resultados dessa calculadora são simulações. Podendo assim, sofrer divergências causadas por mudanças nas regulamentações e taxas. Esta página tem caráter informativo, sem valor legal. Portanto, não dispensa a consulta de um profissional da área.

Como utilizar a calculadora de hora extra

  1. Informe o seu salário bruto, que é o valor total sem os descontos;
  2. Informe a sua jornada mensal de trabalho;
  3. Informe a quantidade de horas extras normais;
  4. Informe a quantidade de horas extras noturnas;
  5. Por último, informe a quantidade de horas extras 100%;
  6. Clique em calcular e veja o resultado na tabela.

Super simples, não é? Agora é só fazer seus cálculos usando nossa calculadora de hora extra.

O que é hora extra

Segundo a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a jornada de trabalho não pode ultrapassar 8h por dia ou 44h semanais. No entanto, caso haja essa necessidade de ultrapassar esse limite, qualquer minuto ou hora é considerada hora extra.

A hora extra dá a possibilidade de estender horário antes acordado entre o colaborador e a empresa de uma forma legal, e a empresa precisa remunerar o seu colaborador de acordo com o tempo trabalhado a mais.

Porém, é preciso ficar atento ao cálculo dessas horas, pois existem situações em que o valor pode dobrar em relação às horas trabalhadas dentro da jornada.

Além disso, fazer hora extra, caso possível, pode ajudar em meses que o seu orçamento pessoal esteja apertado. Mas, nesse caso, é válido ressaltar que manter o controle financeiro para viver livre de imprevistos é fundamental.

Como calcular a hora extra

Você pode fazer o cálculo de horas extras da seguinte forma:

  1. Primeiramente, divida o valor do seu salário bruto pelo seu número de horas trabalhadas no mês.
    Por exemplo: R$1500,00/250 = R$6,00 (Valor da hora)
  2. Em seguida, multiplique o valor da hora pelo percentual adicional:
    R$6,00 X 50% = R$ 3,00.
  3. Então, some o valor da hora de trabalho ao valor adicional, no caso: R$6,00 + R$ 3,00 = R$9,00.

No entanto, em casos de um percentual adicional de horas de 100%, o cálculo será este: $6,00 X 100% = R$6,00. Você deve somar, também, o valor da hora de trabalho ao valor adicional: R$6,00 + R$6,00 = R$12,00 (valor da hora extra).

No entanto, para que você não tenha tanto trabalho e deseje fazer o cálculo de uma maneira mais simples e fácil, basta utilizar a calculadora de hora extra da Mobills.

Como funciona o banco de horas extra

O banco de horas é, de maneira simples, uma modalidade que substitui o pagamento do adicional de horas extras por folgas que ou diminuição da jornada de trabalho.

Além disso, essa é uma forma de compensar os funcionários pelas horas a mais em que ele trabalhou.

O que são horas adicionais e como elas funcionam

Horas adicionais (ou horas extras) se definem como todo trabalho realizado após o término da jornada normal de trabalho que é, geralmente, de 8h por dia.

Por exemplo, se a jornada de trabalho termina às 18h, todo trabalho realizado após esse horário será considerado adicional, o que fará com que o colaborador tenha uma remuneração de trabalho conforme foi visto anteriormente.

Portanto, para saber quanto você deve ganhar por hora adicional de forma simples, basta utilizar uma calculadora de hora extra e seguir o passo a passo.

Reforma Trabalhista – O que muda em relação às horas adicionais

A nova lei trabalhista causa, ainda, muitas dúvidas em empresas e colaboradores, pois muitos não entendem o que mudou.

Por isso, confira os principais pontos que foram mudados em relação às horas extras.

Como eraComo fica
A porcentagem de cálculo no valor de horas extras era de, no mínimo, 20% sobre o valor da hora da jornada de trabalho normal.A porcentagem mínima sobre o valor da hora normal passa a ser de 50%, o que pode variar para mais de acordo com as convenções coletivas.
Tabela que representa a mudança das horas adicionais com a Reforma Trabalhista

Dúvidas frequentes sobre o assunto

É comum muitas pessoas se confundirem com o que é ou não hora extra. Por isso, confira algumas situações que não são consideradas hora extra:

  1. Permanência ociosa no local de trabalho comprovada;
  2. Troca de mensagens com colegas de trabalho que não sejam atividades extras, como reunião ou envio de e-mail;
  3. Trabalho externo que excede o horário normal de trabalho sem solicitação ou comprovação;
  4. Tempo de deslocamento de casa para o trabalho ou do trabalho para casa, entre outras coisas.

Segundo a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), todos os profissionais podem fazer hora extra, com exceção dos menores de idade, como é o caso dos jovens aprendizes.

Pela lei, a remuneração das horas extras deve ter um adicional, no mínimo, de 50% do valor da hora de trabalho comum. No entanto, dependendo do Sindicato da área, a porcentagem pode ser maior.

Estagiários não podem fazer horas de trabalho extra. De acordo com a legislação, por se tratar de uma condição para a graduação de ensino médio ou superior, a carga horária já prevista para os estagiários deve ser cumprida.

De acordo com o artigo 59 da CLT, a duração normal do trabalho poderá ser acrescida de horas extras, caso necessário, em um número não excedente de 2 horas.

O artigo 61 da CLT determina que o empregado pode se recusar a realizar horas extras, uma vez que a necessidade da realização dessas horas adicionais não seja por motivo de força maior, para concluir serviços inadiáveis, ou que acarrete em prejuízo para a empresa deixar de executá-las.

A remuneração da hora extra será, pelo menos, 50% superior à hora normal, se trabalhada de segunda a sábado. No caso de domingos ou feriados, 100%.

Caso o colaborador, durante a jornada de trabalho, se alimentar de forma muito rápida (de 10 a 15 minutos), o pagamento de hora extra deve ser feito pela empresa, com os acréscimos que forem determinados pela lei.

Na jornada de trabalho diurna, o pagamento de hora extra deve ser feito com o adicional de, no mínimo, 50% da hora normal. Já a hora noturna deve ser paga com adicional de 20% sobre o valor da diurna.


🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

Notifique-me de novos comentários via e-mail.


.