Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills

Cálculo de Décimo Terceiro Salário

Tem dúvidas sobre o valor do seu décimo terceiro salário? Descubra o valor exato que você deverá receber com a calculadora de 13º salário!

Cálculo de 13° Salário
R$
Resultado
Evento Ref. Proventos Descontos
Valor Parcela Bruto - -
Abono pecuniário - -
1/3 Abono pecuniário - -
Adiantamento 1ª Parcela 13º - -
INSS -
IRRF 0,00% - R$0,00
Totais
Conheça o cartão de crédito ideal para a sua renda.
Compartilhar resultado
Clique no botão para copiar o link abaixo:
Ou compartilhe direto nas redes sociais:
*Os resultados dessa calculadora são simulações. Podendo assim, sofrer divergências causadas por mudanças nas regulamentações e taxas. Esta página tem caráter informativo, sem valor legal. Portanto, não dispensa a consulta de um profissional da área.
*Os resultados dessa calculadora são simulações. Podendo assim, sofrer divergências causadas por mudanças nas regulamentações e taxas. Esta página tem caráter informativo, sem valor legal. Portanto, não dispensa a consulta de um profissional da área.

Como utilizar a calculadora de décimo terceiro

  1. Adicione o valor bruto do seu salário;
  2. Em seguida, informe número de dependentes;
  3. Coloque, também, o número de meses trabalhados;
  4. Por fim, escolha entre primeira, segunda ou parcela única e clique em “Calcular”.
Aprenda a utilizar a Calculadora de 13º salário

O que é o 13º salário?

O décimo terceiro salário é uma gratificação de fim de ano que foi instituída no Brasil pela Lei 4.090, e garante que o trabalhador (que possui carteira assinada) receba o correspondente a 1/12 da remuneração por mês trabalhado.

Ou seja, é como se fosse o pagamento de um salário extra ao funcionário no fim de ano.

A partir de quinze dias de serviço, o trabalhador já passa ter direito a receber o seu 13º salário. Além disso, aposentados e pensionistas do INSS também estão aptos para receber a gratificação.

Como fazer o cálculo do décimo terceiro salário?

O cálculo do décimo terceiro é bem simples. Primeiro, você divide o seu salário integral por 12 e depois multiplica o resultado pelo número de meses trabalhados (durante o ano).

As horas extras, adicionais de insalubridade e noturno e as comissões também entram no cálculo da gratificação.

Por exemplo: o seu salário integral é de R$ 3.200 e você trabalha a apenas 5 meses na empresa, então, será 3.200 dividido por 12, cujo resultado você multiplica por cinco.

O resultado final, portanto, será o valor de R$ 1.333,33, que corresponde ao valor que você deve receber de 13º salário.

Calculadora de 13º Salário

Para usar a calculadora de 13º da Mobills, que é uma forma mais simples e rápida de fazer o cálculo, você deve preencher alguns campos. 

Para te auxiliar em cada um desses preenchimentos, entendendo o que deve ser adicionado em cada campo, confira o que são eles:

  • Salário bruto: O seu salário bruto é o valor total e sem descontos do que você recebe mensalmente;
  • Número de meses trabalhados: No total de meses trabalhados, você deve considerar aqueles que trabalhou por 15 dias ou mais que isso;
  • Número de dependentes: Aqui, você deve informar o número de pessoas que dependem de você, como um filho;
  • Parcela: Por último, em parcela, informe se é a primeira, segunda ou se você recebe o 13º em parcela única.

Quem tem direito ao 13º salário?

Todos os trabalhadores com carteira assinada, trabalhadores rurais, temporários, funcionários públicos e empregados domésticos têm direito de receber o 13º salário.

Além disso, aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) também têm direito, mas recebem antes.

No entanto, se o trabalhador tiver mais de 15 faltas não justificadas em um mês de trabalho, ele deixa de ter direito a receber o benefício.

Dessa maneira, o trabalhador também terá direito a receber a gratificação quando seu contrato de trabalho por encerrado em qualquer modalidade, exceto dispensa por justa causa.

Por isso, se você se enquadra em uma dessas categorias de trabalho, é muito importante saber fazer o cálculo do 13º.

Quando o 13º deve ser pago?

Existem algumas datas para definir quando o décimo terceiro deve ser pago pelo empregador, caso haja o parcelamento.

Data da primeira parcela do 13º

Segundo a legislação, a primeira parcela do 13º deve ser paga entre o dia 1º de fevereiro e o dia 30 de novembro.

Para fazer o cálculo do décimo terceiro relativo a essa primeira parcela, por exemplo, basta dividir o valor do salário por 12, multiplicar o resultado pelo número de meses que foram trabalhados e, então, fazer a divisão por 2.

Exemplo: Suponha que você recebe um salário mínimo. Com esse valor, o cálculo deve ficar da seguinte forma:

R$1212 % 2 = R$ 606

Ou também: R$ 1212 x 50% = R$ 606.

Com isso, a primeira parcela do décimo terceiro de quem recebe 1 salário mínimo é R$ 606.

Lembre-se, no entanto, que os descontos relativos ao INSS e Imposto de Renda serão deduzidos apenas da segunda parcela.

Data da segunda parcela do 13º

A segunda parcela deve ser paga até o dia 20 de dezembro, tendo como base de cálculo o salário de dezembro menos o valor adiantado da primeira parcela.

Por exemplo:

R$ 1.212 – descontos do INSS e IRRF = R$ 1.121

Aqui, tem-se o valor líquido do salário mínimo com o desconto apenas do INSS, uma vez que quem recebe esse valor de salário não paga o IR. Então:

R$ 1.121 – R$ 606 (valor pago na 1ª parcela) = R$ 485.

Então, o valor pago, após o cálculo do 13º relativo à segunda parcela, será de R$ 485.

Além disso, se a data máxima de pagamento da gratificação cair em um domingo ou feriado, o empregador deve antecipar o pagamento para o último dia útil anterior.

Atenção: o pagamento em uma única parcela é ilegal, estando o empregador sujeito à multa. Muitas pessoas não sabem disso e geralmente querem pagar os funcionários em uma única parcela em dezembro.

Cálculo 13º: Como saber o valor da parcela única?

Para calcular a parcela única, confira no seu contracheque o valor bruto do seu salário, sem os valores descontados. 

Se você ganha, por exemplo, R$2500, mas com as deduções recebe o valor de R$2220, considere o valor de R$2500 para o cálculo. 

Lembre-se de fazer os descontos de INSS e IRRF do valor. Além disso, é válido lembrar que caso a sua admissão na empresa for no mesmo ano, é necessário fazer os ajustes no cálculo em relação aos meses trabalhados.

O que acontece se a empresa não pagar no prazo?

Se não depositar a primeira parcela até 30 de novembro, a empresa pode ser multada. A multa é de R$ 170,00 por empregado, e o valor dobra em caso de reincidência.

Sendo assim, esse dinheiro é pago ao Ministério do Trabalho e não aos trabalhadores. É preciso que o trabalhador denuncie a empresa ao Ministério do Trabalho para que seja feita uma fiscalização.

Dúvidas frequentes sobre o assunto

O valor recebido pelo trabalhador de décimo terceiro é a somo do salário dividido pelos meses trabalhados. Parece complicado não é? Mas veja como é simples:

  1. Divida o salário recebido por 12;
  2. Então, multiplique o resultado pelo número de meses trabalhados;
  3. Esse é o valor que você pegará de 13º.

A empresa pode optar por antecipar a 1ª parcela do décimo terceiro entre os meses fevereiro e novembro. No entanto a 2ª parcela do pagamento, deve obrigatoriamente ser depositada até dia 20 de dezembro.

Contudo, o trabalhador tem ainda, a opção de solicitar o adiantamento em bancos e financeiras, pagando uma taxa de juros. Para isso, procure seu banco e consulte a disponibilidade.

Têm direito ao 13º trabalhadores assalariados, rurais ou urbanos, trabalhadores avulsos, domésticos, aposentados e pensionistas do INSS.

Além desses, quem recebeu durante o ano vigente algum benefício do INSS, como auxílio doença, reclusão ou acidente.

Por lei, ele deve ser pago em 2 parcelas. Sendo a primeira e entre os dias 1º de fevereiro e 30 de novembro. Sendo assim, a 2ª parcela deve ser paga até dia 20 de dezembro.

No entanto, a maioria das empresas tem como regra realizar os pagamentos nos dias:

  • 1ª parcela: 30 de novembro;
  • 2ª parcela: 20 de dezembro.

Para aposentados e pensionistas o pagamento também é feito em duas parcelas. No entanto, as datas para pagamento são divulgadas em um calendário no começo de cada ano.

Além disso, o INSS diferencia os pagamentos de beneficiários que recebem até 1 salário mínimo dos que tem um valor maior de benefício.

É possível consultar as datas corretas pelo site Meu INSS ou aplicativos do órgão, disponíveis para Android e iOS.

Caso o 13º não cai nas datas previstas, é preciso procurar o departamento pessoal ou RH da sua empresa e notificar o atraso.

Por outro lado, empresas que atrasam o pagamento devem pagar uma multa de R$170,00 por cada trabalhador que deixou de receber o benefício.

Compartilhe este conteúdo


39 comentários publicados nesse artigo
    13/12/2021 às 18:57

    To na experiência recebo décimo terceiro?

      14/12/2021 às 11:00

      Sim, Juarez, você deve receber o 13º.

    12/12/2021 às 20:29

    Trabalhei de 19/07 a 30/09 e a dona disse que não tenho direito ao 13 pq nessa época não tinha carteira assinada. Se eu tiver, quanto vou receber?

      12/12/2021 às 20:34

      Lembrando que não tenho horas extras e nenhum acréscimo de nada. Apenas o salário de R$ 1.100,00.

      14/12/2021 às 10:53

      Olá, Alice. Para calcular o valor, o cálculo é:
      R$ Salario / 12 = R$ xxx
      R$ x,xx * meses trabalhados = Valor do 13º (sem desconto dos impostos)
      ————-

      1100 / 12 = 91,67
      91,67 * 2 = 183,34

      *** Só considera apenas 2 avos de décimo. Para ser considerado um avo, é necessário ter trabalhado pelo menos 15 dias do mês, e no mês 07 só foram 11 dias.

    12/12/2021 às 12:41

    Como faço o cálculo com insalubridade?

      16/12/2021 às 11:03

      Olá, Mauricio. Vai depender do grau de insalubridade em que o funcionário está exposto. A NR 15 informa que existe 3 percentuais. 10% para mínimo, 20% médio e 40% máximo. E que esse adicional é em cima do salário mínimo da região. É importante consultar a Convença Coletiva, pois, se tiver alguma cláusula em beneficio do empregado, deve ser seguida.

    06/12/2021 às 16:04

    O cálculo não está fechando.

    Eu recebi R$875,00 na primeira parcela, referente a 5 mêses (5/12 * um salário de R$4200,00 bruto). Adicionando esses parâmetros na calculadora, o cálculo fecha certinho.

    Na segunda parcela, informo então que trabalhei 10 meses, e o resultado são que a segunda parcela será de R$1750,00 bruto.

    R$875,00 + R$1750,00 = R$2625,00

    Sendo que ((4200/12)*10) = 3500, não 2625.

    A calculadora provavelmente assume que a primeira parcela equivale a 50% da segunda, descarta a possibilidade de a primeira ser proporcional aos meses trabalhados até a data do recebimento da primeira (No meu caso, recebi no meio do ano). Precisa de um fix aí.

      08/12/2021 às 09:51

      Olá, Bruno. Nossa calculadora não considera os casos em que o funcionário recebe uma parcela do décimo terceiro no meio do ano. Contudo, vamos analisar essa situação e a possibilidade de incluir esse cálculo na nossa calculadora.

    03/12/2021 às 21:21

    Olá, sou vigilante, trabalho há 1 ano a noite e a 3 na empresa. Entretanto, eu recebi 15$ de diferença referente a quando eu trabalhava de dia… em 2020 recebi 1040$ e em 2021 1055$, preciso saber se está certo, devido a eu fazer horas extras e tudo mais durante todo esse período de um ano. o meu bruto da entre 2.500 a 2.600. Sendo assim, não bate o cálculo, a minha empresa alegou que ano passado foi pago intrajornada a qual não deveria ter sido pago pela contabilidade, e este ano eles realinharam isso, mas mesmo assim acredito que não seria tanta diferença assim. gostaria de uma dica ou suporte, desde já agradeço.

      08/12/2021 às 09:57

      Olá, Wagner. De fato, por você ter reajuste de salário, você tem direito um valor de horas extras a mais. Contudo, como a empresa alega que pagou verbas a mais, precisaria ser feito um cálculo mais detalhado sobre o valor a pagar ou a compensar. Por isso, recomendamos a busca de um advogado para tratar sobre o assunto.

    02/12/2021 às 14:35

    boa tarde. uma empregada domestica com salario de 1100,00 um dependente, ql o decimo terceiro dela

      08/12/2021 às 10:00

      Olá, Katia. Se consideramos que você trabalhou 12 meses, você terá que receber R$ 550,00 na primeira parcela e R$ 467,50 na segunda.

    01/12/2021 às 16:55

    Iniciei no dia 19 de outubro de 2021 com um salário de R$1.466,00 e recebi somente 27 reais no dia 30 de novembro.
    Saberia dizer se está correto o cálculo?

      08/12/2021 às 10:02

      Olá, Rodrigo. Caso não haja nenhum desconto adicional, o correto seria você receber R$ 122,17 na primeira parcela do seu décimo.

    01/12/2021 às 03:28

    Eu comesei atrbalhiar no dia 9 de novembro só que a empresa me registrou no dia 20 de novembro eu tenho direito do meu décimo de novembro ou não?

      08/12/2021 às 10:03

      Olá, Laudair. Legalmente, você não tem direito.

    30/11/2021 às 17:50

    Quais descontos devo considerar no pagamento da 2 parcela do 13º salário? Minha empregada é registrada e recebe 1 salário minimo. Como faço para calcular faltas?

      08/12/2021 às 10:07

      Olá, Luan. Na segunda parcela do décimo, deve haver somente o desconto do INSS. Em relação às faltas, ela perderá o direito de um mês no cálculo do 13º somente se ela trabalhar menos de 15 dias naquele mês.

    30/11/2021 às 16:51

    Minha empregada ficou afastada por problemas de saúde por mais de 15 dias em Outubro, dessa forma parte de seu pagamento foi pago pelo INSS, gostaria de saber como fica o 13º salário, eu pago integral ou o INSS paga uma parte? Como faço o cálculo?

      08/12/2021 às 10:14

      Olá, Simone. A empresa é responsável pelos primeiros 15 dias do afastamento. A partir de 16º dia, é responsabilidade do INSS o recolhimento do 13º. Para fazer o cálculo, basta utilizar a proporção dos dias trabalhados.

    30/11/2021 às 14:02

    eu entrei no dia 01/06/2021 e minha primeira parcela veio R$ 754,32 referente a 6 meses trabalhado e não a 7 meses trabalhado, o meu salario é 3.017,28/mês, não seria contado do mês que eu entrei até dezembro? no caso seria 880,04 a 1ª parcela. contando: junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro.

      08/12/2021 às 10:08

      Deveria sim, Diego. Então, você tem direito ao proporcional a 7 meses de trabalho.

    30/11/2021 às 08:36

    Olá, bom dia ,meu salário bruto é 1364,00 e recebi de 13° 538,00 ,mas fiz hora extra que até ultrapassou o determinado por lei, durante esse ano ,mas eu achei pouco,eu entrei esse ano 20221 no mês de janeiro dia 11,estou afastada pela empresa desde março .

      30/11/2021 às 18:04

      Olá, Regiane. Qual seu tipo do afastamento? Vai depender muito disso, porque a empresa só vai pagar 13º aos meses que você trabalhou, o restante é pago pelo INSS.

    29/11/2021 às 23:08

    Salubridade entra no no PG do 13

      30/11/2021 às 18:05

      Sim, Alessandra. Incide nos cálculos do 13º.

      07/12/2021 às 11:08

      Licença maternidade é descontado?

      08/12/2021 às 09:48

      Olá, Erika. No Décimo Terceiro não há nenhum desconto referente à licença maternidade.

    29/11/2021 às 09:28

    Bom dia, tenho 23 anos que trabalho na empresa e faz 4 meses que fui para área de Elétrica começando a ganhar 30% de periculosidade, mas quando recebi o decimo terceiro não recebi com os 30% de periculosidade. minha duvida é o decimo terceiro não e pago com os 30%?

      29/11/2021 às 15:51

      Olá, Marcos. Sim, o adicional de periculosidade incide no 13º salário. Pode ser que você ainda não tenha visto porque muito provavelmente a empresa onde você trabalha tenha pago a primeira parcela, e geralmente essas incidências são informadas na segunda parcela, que normalmente é paga até 20/12.

    29/11/2021 às 09:26

    admitido em 16/11/2021, salário R$1.234,00. Qual o valor da 1ª e 2ª parcelas do 13º salário?

      29/11/2021 às 15:55

      Olá, Gilmar. É muito difícil fazer um cálculo apenas com essas informações, pois não sei o que teve na sua folha de pagamento, não sei se teve horas extras e outros descontos.

    25/11/2021 às 09:27

    Hoje ja é 25 de novembro, e ainda nao recebi o decimo terceiro. se eles nao pagarem esse mes, gera algum acrescimo nas parcelas tbm ?

      25/11/2021 às 10:17

      Olá, Joaquim. É importante verificar se a sua empresa não paga o 13º em somente uma parcela em dezembro. De todo modo, se ela não tiver pago em novembro, pode pagar em dezembro normalmente, sem multa ou juros.

      30/11/2021 às 10:54

      Comecei a trabalhar como vendedora dia 20/04/2021, engravidei e final de junho comecei trabalhar em casa e sem comissão. Tenho duas perguntas: tenho direito ao 13°? Se sim o valor das minhas comissões será somado e divido pelos meses trabalhados com comissão ou por todos os meses trabalhados (8 meses +10 dias) sem comissão?

      08/12/2021 às 10:10

      Olá, Gabrielle. Sim, você tem direito ao 13º, e será feita a média do valor das comissões para chegar ao valor que você receberá de 13º.

    20/10/2021 às 12:10

    Estou desempregado e trabalho como porteiro para não ficar parado, e ganho as vezes R$ 800,00 às vezes R$ 600,00 e já mandei muitos currículos e até hoje não consegui emprego.

      21/10/2021 às 11:33

      Olá, Laurindo. Você pode assistir nosso vídeo sobre como montar um currículo que aumente suas chances de ser chamado para uma entrevista. Além disso, você pode buscar capacitação para melhorar suas competências.