Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
investimentos
isca
Não
semestral

Onde Investir a Reserva de Emergência em 2022? Construa a Sua!

Independente da sua organização e do seu planejamento, situações inesperadas irão acontecer. Então, aprenda como se proteger contra imprevistos financeiros!

Artigo escrito por Larissa Brioso em 14 de Junho de 2022

A construção de uma reserva de emergência é essencial em um orçamento saudável.

Isso porque, mesmo que você tenha uma vida equilibrada e planeje cada gasto que vai ter, ainda assim existirão vários aspectos da sua vida que não vão estar totalmente sob o seu controle.

Dessa maneira, uma coisa é certa: imprevistos acontecem. De tal forma que alguns imprevistos são capazes de mudar todos os seus planos e a sua vida financeira.

Assim, ter aquele dinheirinho guardado para te salvar naqueles momentos de aperto no fim do mês ou numa situação imprevista, pode te dar uma grande tranquilidade.

Portanto, é importante economizar dinheiro e guardar esse valor em investimentos seguros para eventuais momentos de necessidade ou imprevistos que possam ocorrer.

Este valor é bastante conhecido como reserva de emergência. Se você quer entender o que é e como montar a sua, continue lendo este texto, pois preparamos um conteúdo especial para você.

Então, vamos nessa?

O que é reserva de emergência?

A reserva de emergência é uma espécie de colchão financeiro que consiste numa poupança para ser utilizada em caso de algum imprevisto.

Portanto, nós acumulamos recursos para que numa eventual emergência não seja preciso recorrer a crédito com altas taxas de juros.

Obviamente, ninguém quer que aconteçam emergências em nossas vidas, mas infelizmente estamos sujeitos a elas.

Nesse sentido, é muito importante que tenhamos uma reserva para que não precisemos contrair dívidas, que costumam ter juros altos e desequilibram o orçamento familiar e pessoal.

Além disso, ter uma reserva de emergência pode te livrar do constrangimento de recorrer a empréstimos de amigos ou familiares.

Sendo assim, esse fundo para emergências funciona como um porto seguro que nos dará tranquilidade diante das imprevisibilidades da vida.

Desse modo, quando você não forma a sua reserva de emergência, tanto o seu presente quanto o seu futuro ficam comprometidos.

Como fazer a reserva de emergência?

Como a reserva é uma poupança que você vai utilizar para emergências, os recursos devem ser aplicados em ativos de baixo risco e alta liquidez.

Mas, quais são as emergências contra a qual queremos estar protegidos? Pode ser o desemprego, uma doença, uma perda material importante etc.

Nesse sentido, um bom parâmetro para nos basearmos para construirmos nossa reserva é o nosso padrão de vida.

Em outras palavras, nosso objetivo deve ser proteger nosso padrão de vida em caso de eventuais acidentes financeiros.

Portanto, devemos calcular nosso custo de vida mensal e multiplicar por um certo período de tempo de acordo com a estabilidade da sua profissão.

Por exemplo, funcionários públicos podem ter uma reserva de emergência equivalente a somente três meses dos seus custos mensais, pois a sua fonte de renda é bem garantida.

Por outro lado, se você é autônomo, o ideal é que você tenha 12 meses dos seus gastos mensais cobertos pela sua reserva.

Vamos para um exemplo prático para ilustrarmos o que foi dito:

Se sua família tem gastos mensais de R$ 3.000,00 e você é autônomo, é preciso ter o montante de R$ 36.000,00 na sua reserva de emergência; mas, se você for concursado, o valor cai para R$ 9.000,00.

Obviamente, isso são apenas simplificações do conceito de reserva. Por isso, o importante é que você analise sua realidade financeira e chegue a um valor razoável que te traga segurança.

Por fim, é importante que você use sua reserva somente para gastos emergenciais, não em despesas supérfluas.

Onde investir a reserva de emergência

É importante entender que quando falamos de reserva de emergência, rendimento não é o aspecto mais importante.

O que realmente importa é que o investimento escolhido possa ser resgatado logo que seja necessário.

Sabendo disso, a sua reserva de emergência deve apresentar três atributos importantes: baixo risco e alta liquidez.

Agora vejamos quais são as opções mais interessantes para guardar a reserva de emergência.

Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um título público emitido pelo governo que acompanha a variação da taxa Selic. Ou seja, o risco de o investidor perder o valor aplicado é o risco de o país quebrar.

Vemos essa possibilidade como sendo a mais baixa entre os emissores de títulos de dívida.

Assim, o Tesouro Direto tem o menor risco de crédito do mercado, já que, em última instância, o governo pode até imprimir dinheiro para honrar as suas contas.

Os recursos do Tesouro Selic estão disponíveis para resgate diariamente, caindo na sua conta no dia seguinte à requisição de resgate (D+1).

Além disso, a rentabilidade do Tesouro Selic é diária, ou seja, todos os dias você poderá observar um incremento no investimento.

CDBs com liquidez diária

Alguns CDBs com liquidez diária também possuem essas características.

Vale lembrar que esses investimentos são tão seguros quanto a caderneta de poupança e apresentam elevada liquidez e rendimento superior.

Os Certificados de Depósitos Bancários são garantidos pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito), o qual garante valores até R$ 250 mil por CPF.

Assim, caso o banco quebre, o FGC ressarce o investidor até o limite de R$ 250 mil.

Fundos DI

Os fundos DI são fundos de investimento de renda fixa com baixo risco de crédito e que buscam acompanhar o retorno do CDI.

Por se tratar de um fundo, esse ativo é bastante diversificado e conta com uma gestão profissional à sua frente.

Além disso, esses fundos contam com uma alta liquidez, baixas taxas de administração e baixíssimo risco.

Contas remuneradas

Nos últimos anos, surgiu alguns bancos digitais e instituições de pagamento que remuneram os investidores que deixam o dinheiro guardado nelas.

Os principais exemplos são, PicPay, Nubank, Mercado Pago e até o 99 Pop, que são instituições muito confiáveis e reconhecidas.

Além da facilidade para usar o dinheiro da conta para pagar contas ou fazer transferências, o dinheiro guardado vai render.

Por isso, essas opções se mostram como uma excelente alternativa para investir e formar sua reserva de emergência.

Dicas importantes para construir sua reserva

Por fim, precisamos comentar alguns pontos importantes sobre a utilização e a construção da nossa reserva de emergência.

Quando usar a reserva de emergência

Não podemos esquecer que reserva de emergência é para ser utilizada em uma emergência, não é situações cotidianas nem em gastos supérfluos.

Mas, o que é uma emergência? Desemprego, perda material significativa (geladeira pifou ou o carro quebrou), invalidez ou altas despesas médicas.

Nesse sentido, temos que priorizar a utilização da nossa reserva em situações em que seria necessário fazer um empréstimo para honrar nossos compromissos.

Faça um planejamento financeiro

Até aqui, você já entendeu quão importante é construir sua reserva de emergência. Por isso, você não pode falhar nem negligenciar sua construção.

Contudo, caso você não tenha um planejamento financeiro, é possível que a desorganização atrase esse processo.

Nesse sentido, é fundamental que você separe uma parcela do seu orçamento para ser alocado na construção da sua reserva.

Por exemplo, você pode separar 10 a 15% da sua renda para esse objetivo e ter disciplina para não faltar nenhum mês.

Para isso, você pode utilizar o Mobills, o melhor aplicativo de controle financeiro do Brasil.

Mobills: Finanças e Cartões

Avaliação Mobills
4.5 300
Avaliação Mobills
URL verificada
Plataforma Android, iOS e Web.
Funcionalidades Controle de contas, cartões planejamentos e objetivos.
Preço Menos de R$8,40 por mês para ter suas contas em dia.
Benefícios App com ótima usabilidade e Design.
URL verificada
  • Mais detalhes do Mobills
    • Conecte suas contas e cartões: Saiba para onde o seu dinheiro está indo com nossas integrações automáticas. Gerencie todos os seus gastos e evite o cheque especial, o empréstimo com maior taxa de juros do mercado;
    • Monte um planejamento financeiro: Faça orçamentos mensais e mantenha seus gastos sob controle. Defina alertas para evitar passar do seu limite de despesas;
    • Crie objetivos: Determine metas para alcançar os seus sonhos. Quer comprar uma casa, fazer uma viagem? Crie objetivos no app e realize os seus desejos.

Invista durante a construção da reserva

Muitas pessoas têm dúvida se podem investir durante a construção da reserva ou somente depois de a concluir?

Se você investir 10% da sua renda para o objetivo de cobrir 6 meses dos seus gastos, conseguirá assegurar seu dinheiro e uma rentabilidade.

Logo, invista sua reserva, mas garanta que está aplicando em ativos seguro e com alta facilidade de resgate.

Dúvidas frequentes sobre o assunto

A sua reserva de emergência deve cobrir de 6 a 12 meses dos seus gastos mensais, a depender da estabilidade do seu trabalho.

Se você for autônomo, o ideal é ter 12 meses, mas se for concursado, pode ter 6 meses dos gastos cobertos pela sua reserva.

Você deve ganhar sua reserva em ativos de alta liquidez e baixo risco, para que você possa resgatar o valor aplicado quando for necessário.

Por exemplo, Tesouro Selic, CDBs com liquidez diária, fundos DI e contas correntes remuneradas, como Nubank e PicPay.

Para construir sua reserva, separe pelo menos 10% da sua renda para esse objetivo. Após isso, invista em ativos com alta liquidez e baixo risco.

Contudo, é preciso definir de antemão qual será o valor da sua reserva para que você possa acompanhar sua evolução na conquista dessa meta.

Não se esqueça que o valor da sua reserva deve cobrir de 6 a 12 meses dos seus gastos mensais e ser usada somente em emergências.

A reserva de emergência se constitui como um valor que você acumula para te socorrer em possíveis emergências que venham a ocorrer.

Portanto, é importante que você invista em ativos que te permitam resgatar seu investimento sempre que for necessário, ou seja, ativos com alta liquidez e baixo risco.

Além disso, você deverá usar sua reserva somente em situações realmente emergenciais.

Não negligencie a construção da sua reserva!

Provavelmente, você já deve ter ouvido dezenas de educadores financeiros enfatizando a importância de construir uma reserva de emergência.

Contudo, não podemos deixar que a alta frequência da abordagem desse tema faça com que esqueçamos da sua importância, pelo contrário.

Portanto, não negligencie essa etapa, pois ela garantirá estabilidade financeira para você e sua família.

Isso porque, apesar de não querermos, imprevistos podem acontecer, e devemos estar preparados para eles.

CONTINUE LENDO

Compartilhe este conteúdo


Escrito por Larissa Brioso Educadora Financeira

Educadora Financeira na Mobills; formada em Economia pela Universidade Federal do Ceará; e estudante de Gestão de Negócios e Marketing. Possui experiência na área de marketing e criação de conteúdo com ênfase em educação financeira, comunicação de marketing, indicadores de marketing, mídias sociais, SEO e CRM.

  • Editora-chefe do Blog Mobills;
  • Formada em Economia;
  • Estudante de Gestão de Negócios e Marketing.

Assine a Newsletter Mobills
Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Você também vai gostar


🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

8 comentários publicados nesse artigo
    26/01/2022 às 12:52

    Excelente artigo! Estou de volta a Mobills e percebi uma melhora significativa, tanto na ferramenta quanto em seus conteúdos.

      27/01/2022 às 08:48

      Que bom que gostou, Edu. Estamos sempre trabalhando para entregar as melhores soluções para nossos usuários.

    07/06/2021 às 17:25

    Eu achei legal bem bacana bem divertido fazer

      08/06/2021 às 09:25

      Com certeza, Jessica. À medida que vemos nossa reserva crescendo, nos sentimos mais seguros e motivados e buscar outros objetivos financeiros.

    06/03/2021 às 23:16

    Já utilizo o Mobills Premium há mais de 4 anos e sou muito satisfeito com essa excelente plataforma. Super recomendo a todos. Incluindo esta matéria (que já teve o assunto abordado anos atrás) sempre aprendo muito e venho conseguindo me organizar financeiramente. Já equilíbrei os meus gastos e estou montando a minha reserva de emergência! O próximo passo é criar a minha carteira de investimentos. Parabéns pelo importante trabalho que a equipe Mobills oferece a nós brasileiros.

      08/03/2021 às 08:12

      Muito obrigado pelo feedback, Mauro. Mensagens como essa nos motivam a continuar melhorando nossa plataforma para que possamos ajudar cada vez mais pessoas.

    26/11/2020 às 11:30

    De ótimo entendimento, depois que conheci este aplicativo, tem me ajudado a saber onde estava gastando e economizar.
    Obrigada, por sempre estaremos me ajudando com minhas dúvidas.

      27/11/2020 às 09:41

      Que demais saber disso, Kely! Nossa missão é transformar sua vida financeira para melhor. Nos ajude compartilhando nosso conteúdo para que mais pessoas possam aprender sobre educação financeira. =D

.