Como consultar PIS pelo CPF? 5 Formas para pesquisar o seu!

Com o número do PIS é possível consultar benefícios do trabalhador da rede privada. Saiba como encontrá-lo usando seu CPF!

Artigo escrito por Jennifer Figueiredo em 08 de Junho de 2021

Mulher pesquisando como consultar o PIS pelo CPF

Com tantos números importantes para recordar, muitos trabalhadores não sabem de cabeça o código do PIS. Mas, existe mais de uma forma de obter esse dado facilmente, ao consultar o PIS pelo CPF.

Os funcionários contratados em carteira por empresas privadas possuem direitos como Seguro Desemprego, FGTS, Abono Salarial, entre outros. Contudo, é preciso informar o número do PIS para poder recebê-los.

Por isso, preparamos um passo a passo para que você aprenda a verificar o PIS, sempre que precisar, e saber quais benefícios estão disponíveis para você, caso precise de um dinheiro extra para sair das dívidas, por exemplo.

Acompanhe!

O que é PIS?

Se engana quem pensa que o PIS é apenas um número. Na verdade, esta sigla é referente ao Programa de Integração Social que busca integrar o trabalhador do setor privado com o desenvolvimento da empresa.

Desta forma, o número do PIS é único para cada trabalhador e ele é criado assim que o primeiro emprego em empresa privada é registrado na carteira.

Enquanto isso, o Pasep é o Programa de Formação do Patrimônio Público. Assim, este registro é feito quando o cidadão têm seu primeiro trabalho registrado no setor público.

Então, ambos constituem o Fundo PIS/PASEP cujo a cota está incorporada ao FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), desde a MP 946/2020.

Sua numeração não se altera, mesmo que o empregado mude de uma empresa privada para uma pública.

Portanto, a mesma regra vale para quem começou a trabalhar como autônomo e possui um cadastro no NIT (Número de Inscrição do Trabalhador). Logo, o número do NIT será o mesmo do PIS.

Passo a passo para consultar PIS pelo CPF de 5 maneiras diferentes

É possível consultar o PIS pelo CPF de diferentes formas ao acessar sites ou aplicativos oficiais e governamentais. Por isso, preparamos o passo a passo para que consiga localizar seu registro nos seguintes canais:

Consultar PIS pelo CPF no site do CNIS

Exibição do site do CNIS
Pesquisar PIS pelo CPF no CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais)
  1. Acesse o site do CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais);
  2. Selecione o quadro “Cidadão”;
  3. No canto superior esquerdo, clique em “Inscrição”;
  4. Selecione a opção “Filiado”;
  5. E então, preencha todos os campos solicitados, incluindo o número do CPF;
  6. Aparecerá a seguinte mensagem: “Seus dados já constam no Cadastro Nacional de Informações Sociais. Utilize seu Número de Identificação – NIT – para efetuar recolhimentos. NIT: 00000000000.”

Ou seja, seu número do NIT é o seu PIS.

Localize o PIS pelo CPF no portal Meu INSS

Página do site Meu INSS para consultar o PIS pelo CPF
Consultar PIS pelo CPF no portal Meu INSS
  1. Acesse o portal Meu INSS;
  2. Então, clique em “Entrar com gov.br”;
  3. Na janela que se abre, é possível acessar sua conta Gov com o número do CPF ou verificar a existência do seu cadastro. Caso ainda não o tenha, clique no botão “Crie sua conta”;
  4. Ao acessar o portal, clique na opção “Meu Cadastro”, no canto superior esquerdo;
  5. A página seguinte exibirá todos o seus dados cadastrais, onde é possível localizar seu NIT/PIS.

Pesquise o número do PIS pelo CPF no App Carteira de Trabalho Digital

Tela inicial do App Carteira de Trabalho Digital para localizar o número PIS pelo CPF
Pesquisar número do PIS pelo CPF no aplicativo Carteira de Trabalho Digital – Android
  1. Baixe o App Carteira de Trabalho Digital na loja de aplicativos do seu celular (Google Play / App Store);
  2. Abra o aplicativo e clique em “Entrar”;
  3. Faça o login com sua conta Gov, utilizando o número do CPF. Ou então, crie um novo cadastro caso ainda não tenha, clicando em “Crie sua conta”;
  4. Com acesso ao app, clique na opção “Contratos”;
  5. Você poderá visualizar todos os contratos registrados na sua Carteira de Trabalho. Em frente ao nome da empresa atual em que trabalha, clique em “+”;
  6. Assim, será exibido os detalhes do seu contrato, incluindo o número do PIS/PASEP.

Encontre o PIS pelo CPF no App Caixa Trabalhador

Tela inicial do aplicativo Caixa Trabalhador para consultar PIS
Encontre o PIS pelo CPF no App Caixa Trabalhador – Android
  1. Baixe o aplicativo Caixa Trabalhador na loja de aplicativos do seu celular (Google Play / App Store)
  2. Abra o app e clique em “Acessar”;
  3. Informe seu CPF e depois, clique em “Próximo”;
  4. Caso ainda não tenha cadastro, realize as etapas do Cadastramento de Usuário, informando todos os dados solicitados e crie uma senha de acesso;
  5. Um e-mail de verificação com instruções para ativar a conta será encaminhado a você. Portanto, localize-o na sua caixa de e-mail;
  6. Após ter o e-mail verificado, feche o aplicativo e abra-o novamente com a senha criada;
  7. Clique no menu no canto superior esquerdo da tela e selecione a opção “Meu NIS”;
  8. Assim, o NIS (Número de Identificação Pessoal) é o seu PIS.

Verifique o PIS pelo CPF no App FGTS

Tela de login do App FGTS
Verificar o PIS pelo CPF no App FGTS – Android
  1. Baixe o aplicativo FGTS da Caixa na loja de aplicativos do seu celular (Google Play / App Store);
  2. Abra o app e clique em “Entrar no aplicativo”;
  3. Informe seu CPF e depois, clique em “Próximo”;
  4. Caso ainda não tenha cadastro, realize as etapas do Cadastramento de Usuário, informando todos os dados solicitados e crie uma senha de acesso.
  5. Um e-mail de verificação com instruções para ativar a conta será encaminhado a você. Por isso, localize-o na sua caixa de e-mail.
  6. Após ter o e-mail verificado, feche o aplicativo e abra-o novamente com a senha criada;
  7. O aplicativo ainda pode solicitar a confirmação de novos dados como celular e CEP, portanto, confirme as informações requeridas;
  8. Aceite os termos do Contrato de Prestação de Serviços ao Cidadão;
  9. Ao acessar o app, clique no ícone “Mais” e selecione a opção “ENDEREÇO E DADOS PESSOAIS”;
  10. Na tela seguinte, será exibido seus dados e o número do PIS/PASEP.

Quem tem direito ao PIS/Pasep?

No ano de 2020, em meio a crise financeira provocada pelo covid-19, o governo liberou o saque de cotas do Fundo PIS/Pasep junto com o saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Contudo, há quem possa confundir o resgate da cota desse fundo com o benefício do Abono Salarial do PIS/Pasep. Por isso, vamos entender a diferença entre os dois tipos de saque.

Como funciona o saque de cotas do PIS/Pasep?

O Fundo PIS/PASEP foi constituído com recursos de ambos os programas, em que os empregadores depositavam créditos nas cotas de cada funcionário, entre os anos de 1971 até 04/10/1988.

Por isso, se você trabalhou com carteira assinada entre os anos de 1970 e 1988, é possível que tenha direito ao saque de cotas do PIS/Pasep, caso cumpra com alguns critérios:

  • Ser aposentado, Servidor Público ou Privado (com mais de 65 anos para homens e 62 para mulheres);
  • Trabalhou entre os anos de 1970 e 1988;
  • O empregador contribuiu com o Fundo PIS/Pasep;
  • Tem saldo disponível, sem resgate, na conta do PIS/Pasep.

Contudo, após a MP 946/2020, as cotas do fundo PIS/Pasep foram transferidas para o FGTS, vinculando-as com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Portanto, é possível consultar o saldo de suas cotas por meio dos canais do FGTS: Aplicativo (Android / iOS), Site ou Internet Banking da Caixa. Mas, vale ressaltar que os valores estão liberados para saque até 31/05/2025.

Para mais detalhes sobre o saque de cotas do PIS/Pasep, consulte o portal do Governo Federal.

Como funciona o saque do Abono Salarial do PIS/Pasep?

Existe o benefício constitucional do Abono Salarial com o valor limite de um salário mínimo. Ele é disponibilizado anualmente aos funcionários de setores públicos (Pasep) e privados (PIS), que receberam, em média, até dois salários mínimos no último ano.

Então, tem direito ao saque do benefício o empregado que:

  • Tem cadastro no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Trabalhou, pelo menos, 30 dias com registro na Carteira de Trabalho, nos últimos 12 meses;
  • Recebeu, em média, até dois salários mínimos durante o ano-base considerado para o cálculo do abono;
  • Teve seus dados informados pelo empregador, corretamente, na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS ou E-social).

Portanto, você pode consultar o saldo do Abono Salarial por meio dos sites da Caixa Econômica (registrados com PIS) ou no site do Banco do Brasil (registrados com Pasep).

Contudo, é importante lembrar que o saque desse benefício segue um calendário anual que varia de acordo com o mês de aniversário do empregado.

Você pode querer saber também

Para consultar o saldo do PIS – Abono Salarial, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal: www.caixa.gov.br ou o aplicativo Caixa Trabalhador (Android / iOS).

Para consultas em relação ao PIS, FGTS, Benefícios Sociais ou Cartão Social, entre em contato pelo canal de Atendimento ao CAIXA Cidadão: 0800 726 0207.

Sim! Para acessar o extrato de cotas do Fundo PIS/Pasep, acesse os canais do FGTS: aplicativo (Android / iOS), Site ou Internet Banking da Caixa.

Planeje o que fazer com seus benefícios do PIS!

Visualizou o saldo de cotas do PIS ou Abono Salarial e viu que tem valores a receber? É importante planejar para onde vai esse montante, afinal, “dinheiro na mão é vendaval”, quando não se tem um planejamento.

Mas, saiba que é possível traçar um destino melhor para esse valor, de acordo com seus interesses, com a ajuda de um gerenciador de finanças pessoais, o Mobills.

Assim, você poderá ter um melhor controle financeiro sobre esses ganhos e futuros gastos do seu dia a dia, além de receber dicas de como economizar, investir e muito mais!

Este conteúdo te ajudou a saber mais sobre o PIS? Conte pra gente nos comentários ou deixe sua dúvida para que possamos esclarecê-la!


Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


    🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

    Notifique-me de novos comentários via e-mail.

    Junte-se a mais de 239.950 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


      Você também vai gostar...


      Escrito por Jennifer Figueiredo Jornalista

      Jornalista pela Universidade do Oeste Paulista. Uma Redatora que ama café, séries, pets e estar na presença de pessoas queridas.

      • Jornalista;
      • Conteúdo Web e SEO.
      .