Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
investimentos
isca
Não
trimestral

Quanto Rende 1 Milhão na Poupança em 2022? Descubra Agora!

Será que a poupança vale a pena? Descubra agora quanto rende um milhão de reais nessa aplicação.

Artigo escrito por Marcos Vitor em 04 de Agosto de 2022

A poupança é um dos principais investimentos dos brasileiros. Mas afinal, quanto rende 1 milhão na poupança?

Essa curiosidade é causada porque essa simulação ilustra bem o rendimento da poupança e o primeiro milhão é o sonho de muita gente.

Portanto, neste artigo, vamos te mostrar como funciona esse cálculo e discutiremos algumas características dessa aplicação.

Então, vamos nessa?

VEJA TAMBÉM: O que é CDI? Saiba a diferença entre Selic e a taxa DI!

Quanto rende 1 milhão na poupança?

Se você aplicar 1 milhão na poupança hoje, em 12 meses, seu dinheiro renderá cerca de 61.670 reais.

Isso porque o rendimento dessa aplicação hoje está em 6,167% ao ano mais a Taxa Referencial. Então, ao final de um ano, seu milhão renderá ao próximo dessa porcentagem.

Se dividirmos esse rendimento pelo número de meses, veremos que 1 milhão de reais na poupança rende cerca de 5.139,16 reais por mês.

Contudo, é importante lembrar que essa taxa não é fixa, ou seja, pode variar de acordo com um fator específico. E é isso que vamos entender agora.

Rendimento da poupança

Desde 2012, o rendimento da poupança segue a seguinte regra:

  • Se a Selic estiver acima de 8,5% ao ano, o rendimento será 0,5% ao mês + Taxa Referencial;
  • Se a Selic estiver até 8,5% ao ano, o rendimento será 70% da Selic + Taxa Referencial.

Atualmente, a taxa Selic está em 13,75%, ou seja, a poupança está rendendo 0,5% ao mês mais a Taxa Referencial, que é divulgada diariamente pelo Banco Central.

Além disso, é importante lembrar que essa aplicação é padronizada entre todas as instituições, então o rendimento da poupança será o mesmo independentemente do banco que você usa.

Contudo, o retorno da poupança é mensal e só acontece no aniversário do investimento, ou seja, se você aplicou em 10 de janeiro, os juros serão acrescidos na sua conta somente no dia 10 de fevereiro.

Então, se você resgatar seu dinheiro antes do aniversário, você não ganhará nada.

Além disso, não podemos esquecer essa aplicação é isenta de Imposto de Renda.

Desde 2018, o rendimento da poupança fica abaixo da inflação (medida pelo IPCA). Isto é, quem deixa o dinheiro nessa aplicação vê seu dinheiro se desvalorizar mais rápido do que se multiplica.

Por isso, é muito importante que você conheça formas alternativas e mais rentáveis de investir seu dinheiro, como você verá nos tópicos a seguir.

Simulador de rendimento de pouçança

Para que você possa comparar o rendimento da poupança com outros produtos financeiros, é importante que você possa fazer simulações com seu rendimento.

Nesse sentido, você pode utilizar a calculadora de rendimento de poupança e fazer várias simulações conforme suas necessidades.

Como investir 1 milhão de reais?

O primeiro milhão é muito significativo na vida de qualquer pessoa, pois pode ser um divisor de águas.

Se bem investido, ele pode se multiplicar e possibilitar um futuro financeiro mais sólido e tranquilo.

Nesse sentido, podemos fazer algumas simulações para entendermos as oportunidades que estão diante de nós.

Se usarmos o Simulador de Rendimento da Poupança e considerarmos o rendimento atual da poupança, teremos o seguinte resultado ao final de 10 anos:

Quando rende 1 milhão na poupança em 10 anos

Quanto mais tempo deixarmos nosso dinheiro aplicado e/ou se investirmos um valor mensalmente, potencializaremos nossos resultados.

Contudo, você lembra que o milhão rende cerca de 5.139,16 reais por mês? Para alguns brasileiros, esse valor pode garantir uma aposentadoria confortável.

Caso você tenha menos idade ou deseje receber uma renda mensal maior, você pode deixar seu milhão investido para que seu rendimento no futuro seja maior.

Por exemplo, se considerarmos o resultado da nossa simulação, o rendimento mensal do montante de R$ 1.819.262,87 é 9.096,31 reais.

Com esse valor, além do valor a receber da previdência social, poderemos custear nosso custo de vida.

Entretanto, é importante frisar que não precisamos nos limitar necessariamente à poupança, pois existem vários outros produtos financeiros que rendem até mais que a poupança.

E são eles que vamos conhecer agora.

Conheça os investimentos que rendem mais que a poupança.

Investimentos que rendem mais que a poupança

Quando vamos escolher os ativos para a nossa carteira de investimentos, precisamos levar em consideração o risco e o retorno.

Portanto, citaremos a seguir alguns títulos que têm um retorno maior que a poupança com um risco tão baixo quanto.

Títulos públicos

Considerado o investimento mais seguro do Brasil, esse investimento consiste numa operação de empréstimo, em que você é o credor e o governo é o devedor.

O governo emite os títulos públicos para captar recursos de investidores que esperam receber o valor emprestado acrescido de juros no vencimento.

Todos os títulos apresentem um rendimento maior que a poupança, e o resgate pode ser feito a qualquer momento.

Certificado de Depósito Bancário

O investimento em um CDB também consiste em uma operação de empréstimo sendo que o devedor é uma instituição financeira.

É possível encontrar CDBs com baixíssimo risco, pois no Brasil temos grandes bancos que são muito sólidos e seguros.

Além disso, esse ativo é coberto pelo FGC, que é uma garantia a mais para o investidor.

Fundos DI

Os fundos de investimento DI são aqueles indexados à taxa DI.

Nesses fundos, o gestor escolhe títulos com baixo risco, além de buscar uma rentabilidade que seja pelo menos igual a 100% do CDI.

Dessa forma, o investidor alcança um retorno satisfatório e uma boa diversificação.

Conta do Nubank

Na opção Guardar Dinheiro do Nubank, você consegue um retorno acima da inflação e ainda com a garantia do FGC.

Essa opção é uma das preferidas para quem quer formar uma reserva de emergência.

Obviamente, existem inúmeros outros ativos que rendem mais do que a poupança, mas nesse caso estamos considerando apenas aqueles que têm um nível de risco tão baixo quanto ela.

E é muito importante que você conheça essas aplicações para que você pare de perder dinheiro para a inflação.

Como podemos ver no Simulador de Poupança da Mobills, o retorno que estaremos abrindo mão ao investir na poupança é altíssimo se comparado com outros ativos de mesmo risco.

Veja também: Como funciona o rendimento da poupança? Regra atualizada!

Dúvidas frequentes sobre o assunto

A poupança rende próximo de 0,5% ao mês mais Taxa Referencial ou 6,17% ao ano mais Taxa Referencial.

Isso porque, a taxa Selic está acima de 8,5% ao ano e a Taxa Referencial está em patamar muito baixo.

Um investimento de 100 mil reais na poupança rende cerca de R$ 500,00 por mês ou R$ 6.170,00 por ano.

Isso porque o rendimento da poupança é 0,5% ao mês mais Taxa Referencial ou 6,17% ao ano mais a Taxa Referencial.

O rendimento da poupança hoje é 0,5% ao mês mais Taxa Referencial ou 6,17% mais a Taxa Referencial, pois a taxa Selic está acima de 8,5% e, por isso, a poupança tem um rendimento fixo.

Um investimento de 1,5 milhão de reais na poupança rende cerca de R$ 7.500,00 por mês e R$ 92.550,00 por ano.

Isso porque a poupança rende 0,5% ao mês mais Taxa Referencial ou 6,17% ao ano mais Taxa Referencial.

Vale a pena investir na poupança?

Diante do que foi dito neste artigo, podemos ver que não vale a pena investir na poupança.

Isso porque existem investimentos que têm um risco baixíssimo e com um rendimento muito melhor. Portanto, escolha ativos que têm uma melhor relação risco-retorno.

Dessa forma, você otimizará seus retornos e será mais bem-sucedido no futuro.

CONTINUE LENDO

Compartilhe este conteúdo


Escrito por Marcos Vitor Especialista em Investimentos

Especialista em investimentos da Mobills, Marcos Vitor é formado em Economia pela UFC, apaixonado pelo mercado financeiro e acredita no poder da educação financeira para transformar vidas.

  • Especialista em Investimentos Anbima (CEA);
  • Economista (UFC);
  • Gestão de Riscos - ANBIMA;
  • Criptomoedas (NovaDAX).

Assine a Newsletter Mobills
Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Você também vai gostar

.