Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
emprestimos-e-dividas
isca
Não
semestral

Financiamento estudantil privado – Uma alternativa ao FIES

Sabia que o FIES não é a única opção de crédito estudantil? Descubra o financiamento estudantil privado e como ele pode ajudar seus estudos.

Artigo escrito por Amanda Pessoa em 05 de Julho de 2022

O crédito estudantil, ou financiamento estudantil, como é popularmente conhecido, torna mais fácil a realização do sonho de cursar uma graduação.

Em suma, funciona como um empréstimo, onde o estudante faz o pagamento do crédito contratado em parcelas fixas combinadas.

Então, se você está à procura do financiamento de estudos, aqui você vai conferir o que é e como funciona. Confira abaixo!

O que é o financiamento estudantil privado?

Quando se fala em financiamento de estudos, o que surge na mente de boa parte dos brasileiros é o FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), criado pelo Ministério da Educação com o objetivo de facilitar o acesso ao ensino superior.

O financiamento estudantil privado funciona de maneira semelhante a qualquer crédito estudantil existente, pois se trata de um empréstimo pessoal também.

Desse modo, você faz a contratação, recebe o valor solicitado para pagar o curso superior desejado e assume o compromisso de pagar as parcelas com juros.

Dessa maneira, você não se limita somente ao financiamento do governo, mas tem a sua disposição também a chance de financiar seus estudos através de outros programas.

Inclusive, estes programas podem ser fornecidos pelas instituições especializadas e outros ofertados pela própria instituição de ensino na qual você deseja estudar.

A diferença do financiamento privado para o FIES é que este último é subsidiado pelo governo, enquanto o privado é oriundo de empresas especializadas ou instituições financeiras privadas.

Como funciona o financiamento estudantil privado?

Após realizar a contratação do crédito estudantil privado, a instituição financeira repassa o valor solicitado diretamente para a faculdade, assim as mensalidades estão garantidas.

Contudo, o estudante assume o compromisso de fazer o pagamento posteriormente, com juros e correção monetária.

Há a possibilidade de financiar os estudos de forma integral ou parcial, a depender da faculdade e se a mesma é conveniada aos programas existentes de financiamento ou instituições financeiras privadas.

Além disso, os contratos também apresentam condições diferentes, alguns podem semestrais e outros anuais.

Quem pode utilizar o financiamento estudantil privado?

Qualquer pessoa pode solicitar empréstimo estudantil privado para fazer um curso superior e isso envolve até mesmo menores de idade. É claro que neste caso é importante que os pais façam a assinatura legal do contrato.

Logo, de maneira geral, o financiamento se encontra disponível para qualquer pessoa, mas é válido mencionar que existem condições, que são determinadas de acordo com alguns fatores, como:

  • Análise de crédito da renda do estudante ou da renda familiar;
  • O prazo de pagamento do financiamento.

Qual é a taxa de juros do financiamento estudantil?

A taxa de juros do crédito estudantil privado varia bastante, pois muda de acordo com cada programa ou instituição financeira.

Contudo, é possível encontrar juros bem atrativos, a partir de 3% ao mês, o que é bem inferior às taxas praticadas em outros tipos de empréstimos, como o pessoal, por exemplo.

Entretanto, sempre vale o conselho: pesquise as opções existentes antes de contratar.

Hoje boa parte dos programas e instituições financeiras disponibilizam simuladores online para financiamento de faculdade.

Quais bancos oferecem financiamento estudantil?

Os bancos tradicionais e conhecidos dos brasileiros já oferecem financiamento estudantil privado, dentre eles estão:

  1. Santander;
  2. Banco do Brasil;
  3. Itaú;
  4. Banco BV e muitos outros.

Como solicitar o financiamento estudantil?

Para solicitar o financiamento estudantil é importante que você faça a simulação junto aos principais bancos existentes e confira as taxas de juros e condições para pagamento.

Então, quando encontrar a melhor proposta e que atenda a sua necessidade, é só realizar a contratação mediante o envio dos seus documentos.

Por fim, é feito o contrato e a partir da assinatura do mesmo, o crédito estudantil é direcionado para a faculdade e você assume as parcelas conforme o combinado.

Diferença entre financiamento estudantil e FIES

O FIES é uma iniciativa do Governo Federal para ajudar no ingresso e permanência dos estudantes no ensino superior.

Inclusive, normalmente ele exige uma determinada renda máxima e assim trabalha com prazos e juros menos abusivos.

Outro detalhe bem interessante do FIES é que o pagamento do financiamento é feito apenas após a conclusão do curso.

Por sua vez, o financiamento estudantil privado é feito em instituições financeiras privadas, as taxas de juros são baixas, mas ainda menos atrativas do que o FIES.

Além disso, é muito provável que durante o curso você precise fazer o pagamento de uma parte do crédito estudantil que foi solicitado.

Dúvidas frequentes sobre o assunto

O melhor financiamento estudantil é aquele que você consegue pagar sem comprometer totalmente a sua vida financeira.

Então, para chegar a esta opção não tem jeito, você precisa fazer simulações antes de fechar contrato.

Para financiar 100% da faculdade basta que você entre em contato com os bancos que trabalham com crédito estudantil e confira se existe essa possibilidade.

Muitos deles trabalham com financiamento de faculdade integral, mas tudo depende da análise de crédito que é padrão das instituições financeiras privadas.

A simulação do financiamento estudantil pode ser realizada pela internet, pois boa parte das instituições financeiras já disponibilizam ferramentas que permitem a realização deste processo.

Portanto, você consegue ter uma ideia das condições do seu crédito estudantil sem precisar sair de casa.

Há muitos financiamentos estudantis existentes hoje, como o BV financiamento, crédito universitário Bradesco e financiamento estudantil saúde do Santander.

Vale a pena utilizar o financiamento estudantil privado?

Se você não tem condições de arcar com os altos custos das mensalidades das faculdades particulares, mas sonha em fazer um curso superior de qualidade, o financiamento estudantil privado é uma alternativa que vale a pena sim.

Por ter juros menores que outras modalidades de crédito, ele permite a realização do seu sonho em condições exclusivas de pagamento que cabem no seu bolso.

Portanto, confira as opções de financiamento de estudos existentes no mercado e escolha a que melhor atende a sua realidade.


Compartilhe este conteúdo


Escrito por Amanda Pessoa Analista de Conteúdo

Analista de Conteúdo, mãe, Jornalista com MBA em Marketing e amante da Marvel. Possui experiência com revista impressa, produção de conteúdo, SEO e experiência do cliente. Conhecedora do mundo dos empréstimos, Previdência Social e direitos trabalhistas.

  • Jornalista;
  • MBA em Marketing;
  • Especialista em educação financeira com foco em empréstimos.

Assine a Newsletter Mobills
Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Você também vai gostar