Pesquisar Fechar Menu
Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
outros
tabela
Não
anual

Tabela INSS 2021: Salário de Contribuição, Alíquotas e Como Calcular

Aprenda a calcular sua contribuição à Previdência Social seguindo sua faixa de renda e base de dados da Tabela do INSS!

Artigo escrito por Jennifer Figueiredo em 28 de Outubro de 2021

É possível saber o valor da sua contribuição ao INSS ao consultar a Tabela de 2021.

Nela, contém o percentual que incide sobre cada faixa de salário bruto e sua respectiva dedução.

Além disso, neste conteúdo você também verá como fazer esse cálculo para chegar ao valor do desconto.

Então, se você é trabalhador assalariado, autônomo, empresário ou deseja contribuir de maneira facultativa, é importante acompanhar as atualizações para fazer o devido pagamento à Previdência Social.

VEJA TAMBÉM: Tabela IRRF 2021 (Imposto de Renda Retido na Fonte) + Anos anteriores || Tabela IGP-DI 2021 (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna)

Tabela INSS 2021

Salário de contribuiçãoAlíquota (%)Parcela a deduzir (R$)
Até R$ 1.100,007,50%0,00
R$ 1.100,01 até R$ 2.203,489,00%16,50
R$ 2.203,49 até R$ 3.305,2212,00%82,60
R$ 3.305,23 até R$ 6.433,5714,00%148,71
Tabela INSS 2021

INSS Tabelas Anos Anteriores: de 1990 à 2021

INSS a partir de 01/2021

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.100,007,50%
R$ 1.100,01 até R$ 2.203,489,00%
R$ 2.203,49 até R$ 3.305,2212,00%
R$ 3.305,23 até R$ 6.433,5714,00%

INSS a partir de 03/2020

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.045,007,50%
R$ 1.045,01 até R$ 2.089,609,00%
R$ 2.089,61 até R$ 3.134,4012,00%
R$ 3.134,41 até R$ 6.101,064,00%

INSS a partir de 01/2020

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.830,298,00%
R$ 1.830,30 até R$ 3.050,529,00%
R$ 3.050,53 até R$ 6.101,0611,00%

INSS a partir de 01/2019

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.751,818,00%
R$ 1.751,82 até R$ 2.919,729,00%
R$ 2.919,73 até R$ 5.839,4511,00%

INSS a partir de 01/2018

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.693,728,00%
R$ 1.693,73 até R$ 2.822,909,00%
R$ 2.822,91 até R$ 5.645,8011,00%

INSS a partir de 01/2017

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.659,388,00%
R$ 1.659,39 até R$ 2.765,669,00%
R$ 2.765,67 até R$ 5.531,3111,00%

INSS a partir de 01/2016

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.556,948,00%
R$ 1.556,95 até R$ 2.594,929,00%
R$ 2.594,93 até R$ 5.189,8211,00%

INSS a partir de 01/2015

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.399,128,00%
R$ 1.399,13 até R$ 2.331,889,00%
R$ 2.331,89 até R$ 4.663,7511,00%

INSS a partir de 01/2014

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.317,078,00%
R$ 1.317,08 até R$ 2.195,129,00%
R$ 2.195,13 até R$ 4.390,2411,00%

INSS a partir de 01/2013

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.247,708,00%
R$ 1.247,71 até R$ 2.079,509,00%
R$ 2.079,51 até R$ 4.159,0011,00%

INSS a partir de 01/2012

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.174,868,00%
R$ 1.174,87 até R$ 1.958,109,00%
R$ 1.958,11 até R$ 3.916,2011,00%

INSS a partir de 07/2011

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.107,528,00%
R$ 1.107,53 até R$ 1.845,879,00%
R$ 1.845,88 até R$ 3.691,7411,00%

INSS a partir de 01/2011

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.106,908,00%
R$ 1.106,91 até R$ 1.844,839,00%
R$ 1.844,84 até R$ 3.689,6611,00%

INSS a partir de 06/2010

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.040,228,00%
R$ 1.040,23 até R$ 1.733,709,00%
R$ 1.733,71 até R$ 3.467,4011,00%

INSS a partir de 01/2010

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 1.024,978,00%
R$ 1.024,98 até R$ 1.708,279,00%
R$ 1.708,28 até R$ 3.416,2411,00%

INSS a partir de 02/2009

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 965,678,00%
R$ 965,68 até R$ 1.609,459,00%
R$ 1.609,46 até R$ 3.218,9011,00%

INSS a partir de 03/2008

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 911,708,00%
R$ 911,71 até R$ 1.519,509,00%
R$ 1.519,51 até R$ 3.038,9911,00%

INSS a partir de 01/2008

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 868,298,00%
R$ 868,30 até R$ 1.447,149,00%
R$ 1.447,15 até R$ 2.894,2811,00%

INSS a partir de 04/2007

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 868,297,65%
R$ 868,30 até R$ 1.140,008,65%
R$ 1.140,01 até R$ 1.447,149,00%
R$ 1.447,15 até R$ 2.894,2811,00%

INSS a partir de 08/2006

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 840,557,65%
R$ 840,56 até R$ 1.050,008,65%
R$ 1.050,01 até R$ 1.400,919,00%
R$ 1.400,92 até R$ 2.801,8211,00%

INSS a partir de 04/2006

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 840,477,65%
R$ 840,48 até R$ 1.050,008,65%
R$ 1.050,01 até R$ 1.400,779,00%
R$ 1.400,78 até R$ 2.801,5611,00%

INSS a partir de 05/2005

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 800,457,65%
R$ 800,46 até R$ 900,008,65%
R$ 900,01 até R$ 1.334,079,00%
R$ 1.334,08 até R$ 2.668,1511,00%

INSS a partir de 05/2004

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 752,627,65%
R$ 752,63 até R$ 780,008,65%
R$ 780,01 até R$ 1.254,369,00%
R$ 1.254,37 até R$ 2.508,7211,00%

INSS a partir de 01/2004

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 720,007,65%
R$ 720,01 até R$ 1.200,009,00%
R$ 1.200,01 até R$ 2.400,0011,00%

INSS a partir de 06/2003

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 560,817,65%
R$ 560,82 até R$ 720,008,65%
R$ 720,01 até R$ 934,679,00%
R$ 934,68 até R$ 1.869,3411,00%

INSS a partir de 04/2003

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 468,477,65%
R$ 468,48 até R$ 720,008,65%
R$ 720,01 até R$ 780,789,00%
R$ 780,79 até R$ 1.561,5611,00%

INSS a partir de 06/2002

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 468,477,65%
R$ 468,48 até R$ 600,008,65%
R$ 600,01 até R$ 780,789,00%
R$ 780,79 até R$ 1.561,5611,00%

INSS a partir de 04/2002

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 429,007,65%
R$ 429,01 até R$ 600,008,65%
R$ 600,01 até R$ 715,009,00%
R$ 715,01 até R$ 1.430,0011,00%

INSS a partir de 06/2001

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 429,007,65%
R$ 429,01 até R$ 540,008,65%
R$ 540,01 até R$ 715,009,00%
R$ 715,01 até R$ 1.430,0011,00%

INSS a partir de 04/2001

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 398,487,65%
R$ 398,49 até R$ 540,008,65%
R$ 540,01 até R$ 664,139,00%
R$ 664,14 até R$ 1.328,2511,00%

INSS a partir de 03/2001

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 398,487,65%
R$ 398,49 até R$ 453,008,65%
R$ 453,01 até R$ 664,139,00%
R$ 664,14 até R$ 1.328,2511,00%

INSS a partir de 07/2000

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 398,487,72%
R$ 398,49 até R$ 453,008,73%
R$ 453,01 até R$ 664,139,00%
R$ 664,14 até R$ 1.328,2511,00%

INSS a partir de 06/2000

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 398,487,72%
R$ 398,49 até R$ 453,008,73%
R$ 453,01 até R$ 664,139,00%
R$ 664,14 até R$ 1.328,2511,00%

INSS a partir de 05/2000

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 376,607,65%
R$ 376,61 até R$ 453,008,65%
R$ 453,01 até R$ 627,669,00%
R$ 627,67 até R$ 1.255,3211,00%

INSS a partir de 04/2000

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 376,607,65%
R$ 376,61 até R$ 450,008,65%
R$ 450,01 até R$ 627,669,00%
R$ 627,67 até R$ 1.255,3211,00%

INSS a partir de 07/1999

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 376,607,65%
R$ 376,61 até R$ 408,008,65%
R$ 408,01 até R$ 627,669,00%
R$ 627,67 até R$ 1.255,3211,00%

INSS a partir de 06/1999

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 376,607,65%
R$ 376,61 até R$ 408,008,65%
R$ 408,01 até R$ 627,669,00%
R$ 627,67 até R$ 1.255,3211,00%

INSS a partir de 01/1999

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 360,008,00%
R$ 360,01 até R$ 600,009,00%
R$ 600,01 até R$ 1.200,0011,00%

INSS a partir de 12/1998

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 360,007,82%
R$ 360,01 até R$ 390,008,82%
R$ 390,01 até R$ 600,009,00%
R$ 600,01 até R$ 1.200,0011,00%

INSS a partir de 06/1998

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 324,457,82%
R$ 324,46 até R$ 390,008,82%
R$ 390,01 até R$ 540,759,00%
R$ 540,76 até R$ 1.081,5011,00%

INSS a partir de 05/1998

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 309,567,82%
R$ 309,57 até R$ 390,008,82%
R$ 390,01 até R$ 515,939,00%
R$ 515,94 até R$ 1.031,8711,00%

INSS a partir de 06/1997

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 309,567,82%
R$ 309,57 até R$ 360,008,82%
R$ 360,01 até R$ 515,939,00%
R$ 515,94 até R$ 1.031,8711,00%

INSS a partir de 05/1997

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 287,277,82%
R$ 287,28 até R$ 360,008,82%
R$ 360,01 até R$ 478,789,00%
R$ 478,79 até R$ 957,5611,00%

INSS a partir de 01/1997

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 287,277,82%
R$ 287,28 até R$ 336,008,82%
R$ 336,01 até R$ 478,789,00%
R$ 478,79 até R$ 957,5611,00%

INSS a partir de 05/1996

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 287,278,00%
R$ 287,28 até R$ 478,789,00%
R$ 478,79 até R$ 957,5611,00%

INSS a partir de 08/1995

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 249,808,00%
R$ 249,81 até R$ 416,339,00%
R$ 416,34 até R$ 832,6611,00%

INSS a partir de 05/1995

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 249,808,00%
R$ 249,81 até R$ 416,339,00%
R$ 416,34 até R$ 832,6610,00%

INSS a partir de 01/1995

Salário de contribuiçãoAlíquota
até R$ 174,868,00%
R$ 174,87 até R$ 291,439,00%
R$ 291,44 até R$ 582,8610,00%

INSS a partir de 03/1994

Salário de contribuiçãoAlíquota
até CR$ 174,867,70%
CR$ 174,87 até CR$ 291,438,77%
CR$ 291,44 até CR$ 582,869,77%

INSS a partir de 02/1994

Salário de contribuiçãoAlíquota
até CR$ 115.582,027,70%
CR$ 115.582,03 até CR$ 192.636,708,77%
CR$ 192.636,71 até CR$ 385.273,509,77%

INSS a partir de 01/1994

Salário de contribuiçãoAlíquota
até CR$ 88.738,587,70%
CR$ 88.738,59 até CR$ 147.897,648,77%
CR$ 147.897,65 até CR$ 295.795,399,77%

INSS a partir de 12/1993

Salário de contribuiçãoAlíquota
até CR$ 50.625,577,70%
CR$ 50.625,58 até CR$ 84.375,968,77%
CR$ 84.375,97 até CR$ 168.751,989,77%

INSS a partir de 11/1993

Salário de contribuiçãoAlíquota
até CR$ 40.536,138,00%
CR$ 40.536,14 até CR$ 67.560,229,00%
CR$ 67.560,23 até CR$ 135.120,4910,00%

INSS a partir de 10/1993

Salário de contribuiçãoAlíquota
até CR$ 32.449,678,00%
CR$ 32.449,68 até CR$ 54.082,799,00%
CR$ 54.082,80 até CR$ 108.165,6210,00%

INSS a partir de 09/1993

Salário de contribuiçãoAlíquota
até CR$ 25.924,488,00%
CR$ 25.924,49 até CR$ 43.207,479,00%
CR$ 43.207,48 até CR$ 86.414,9710,00%

INSS a partir de 08/1993

Salário de contribuiçãoAlíquota
até CR$ 15.183,938,00%
CR$ 15.183,94 até CR$ 25.306,559,00%
CR$ 25.306,56 até CR$ 50.613,1210,00%

INSS a partir de 07/1993

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 12.731.793,258,00%
Cr$ 12.731.793,26 até Cr$ 21.219.655,359,00%
Cr$ 21.219.655,36 até Cr$ 42.439.310,5510,00%

INSS a partir de 05/1993

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 9.064.419,698,00%
Cr$ 9.064.419,70 até Cr$ 15.107.366,109,00%
Cr$ 15.107.366,11 até Cr$ 30.214.732,0910,00%

INSS a partir de 03/1993

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 4.728.257,598,00%
Cr$ 4.728.257,60 até Cr$ 7.880.429,299,00%
Cr$ 7.880.429,30 até Cr$ 15.760.858,5210,00%

INSS a partir de 01/1993

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 3.459.616,198,00%
Cr$ 3.459.616,20 até Cr$ 5.766.027,149,00%
Cr$ 5.766.027,15 até Cr$ 11.532.054,2310,00%

INSS a partir de 09/1992

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 1.434.259,008,00%
Cr$ 1.434.259,01 até Cr$ 2.390.431,669,00%
Cr$ 2.390.431,67 até Cr$ 4.780.863,3010,00%

INSS a partir de 05/1992

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 638.052,758,00%
Cr$ 638.052,76 até Cr$ 1.063.421,259,00%
Cr$ 1.063.421,26 até Cr$ 2.126.842,4910,00%

INSS a partir de 01/1992

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 276.978,838,00%
Cr$ 276.978,84 até Cr$ 461.631,389,00%
Cr$ 461.631,39 até Cr$ 923.262,7610,00%

INSS a partir de 09/1991

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 126.000,608,00%
Cr$ 126.000,61 até Cr$ 210.001,009,00%
Cr$ 210.001,01 até Cr$ 420.002,0010,00%

INSS a partir de 08/1991

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 51.000,008,00%
Cr$ 51.000,01 até Cr$ 85.000,009,00%
Cr$ 85.000,01 até Cr$ 170.000,0010,00%

INSS a partir de 03/1991

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 38.136,248,00%
Cr$ 38.136,25 até Cr$ 63.650,409,00%
Cr$ 63.650,41 até Cr$ 127.120,8010,00%

INSS a partir de 02/1991

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 35.658,008,00%
Cr$ 35.658,01 até Cr$ 59.430,019,00%
Cr$ 59.430,02 até Cr$ 118.859,9910,00%

INSS a partir de 01/1991

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 27.650,438,00%
Cr$ 27.650,44 até Cr$ 46.084,069,00%
Cr$ 46.084,07 até Cr$ 92.168,1110,00%

INSS a partir de 12/1990

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 19.823,948,00%
Cr$ 19.823,95 até Cr$ 33.039,909,00%
Cr$ 33.039,91 até Cr$ 66.079,7610,00%

INSS a partir de 11/1990

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 18.685,978,00%
Cr$ 18.685,98 até Cr$ 31.143,289,00%
Cr$ 31.143,29 até Cr$ 62.286,5510,00%

INSS a partir de 10/1990

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 14.413,738,00%
Cr$ 14.413,74 até Cr$ 24.022,899,00%
Cr$ 24.022,90 até Cr$ 48.045,7810,00%

INSS a partir de 09/1990

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 11.673,108,00%
Cr$ 11.673,11 até Cr$ 19.455,179,00%
Cr$ 19.455,18 até Cr$ 38.910,3510,00%

INSS a partir de 07/1990

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 11.003,028,00%
Cr$ 11.003,03 até Cr$ 18.338,379,00%
Cr$ 18.338,38 até Cr$ 36.676,7410,00%

INSS a partir de 06/1990

Salário de contribuiçãoAlíquota
até Cr$ 8.654,288,00%
Cr$ 8.654,29 até Cr$ 14.423,809,00%
Cr$ 14.423,81 até Cr$ 28.847,5210,00%

INSS a partir de 03/1990

Salário de contribuiçãoAlíquota
até NCZ$ 8.212,428,00%
NCZ$ 8.212,43 até NCZ$ 13.687,399,00%
NCZ$ 13.687,40 até NCZ$ 27.374,7610,00%

INSS a partir de 02/1990

Salário de contribuiçãoAlíquota
até NCZ$ 4.753,118,00%
NCZ$ 4.753,12 até NCZ$ 7.921,869,00%
NCZ$ 7.921,87 até NCZ$ 15.843,7110,00%

INSS a partir de 01/1990

Salário de contribuiçãoAlíquota
até NCZ$ 3.044,728,00%
NCZ$ 3.044,73 até NCZ$ 5.074,549,00%
NCZ$ 5.074,55 até NCZ$ 10.149,0710,00%

O que é INSS?

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é o órgão público responsável por administrar o pagamento das parcelas da aposentadoria e benefícios como: auxílios, pensão e salário adicional, pagos ao contribuinte da Previdência Social.

Assim, se o empregado parar de trabalhar em razão de acidente, doenças, gravidez, prisão, velhice ou morte, a previdência garante a renda ao cidadão ou sua família.

Contudo, para ter acesso ao amparo financeiro é necessário estar inscrito no programa e fazer a contribuição mensal, de acordo com a faixa de renda estipulada na Tabela INSS.

Quem pode fazer a contribuição para o INSS?

Todo empregado com carteira de trabalho assinada é um contribuinte da Previdência, automaticamente. Para isso, a empresa retém a contribuição na fonte de pagamento, seguindo a alíquota na Tabela do INSS.

Contudo, quem é autônomo precisa se inscrever e fazer a contribuição todos os meses para ter direito aos benefícios do INSS. Vale lembrar que todos que exercem atividade remunerada têm a obrigação de contribuir.

Por outro lado, os cidadãos maiores de 16 anos que não trabalham de forma remunerada podem fazer a contribuição facultativa.

Portanto, podem ser segurados da Previdência Social todos os cidadãos empregados, domésticos, trabalhadores avulsos, rurais, contribuintes individuais, donos de casa e até estudantes, desde que estejam contribuindo regularmente.

Como calcular o INSS seguindo a Tabela?

As tabelas do INSS, divulgadas pelo Ministério do Trabalho e Previdência, permitem que o trabalhador ou empregado faça o cálculo das contribuições, de acordo com as faixas de salário e alíquotas que incidem.

Salário de contribuição

Primeiramente, quem se enquadra nas categorias de Empregado, Trabalhador Avulso e Empregado Doméstico seguirão a Tabela INSS atual, de acordo com a faixa de salário de contribuição.

No caso dos empresários e autônomos, é preciso somar os ganhos que obteve no período e então, fazer o desconto do INSS. 

Já quem contribui de forma facultativa, pode determinar o valor que pagará ao INSS, entre o salário mínimo vigente (R$ 1.100,00) e o teto de contribuição (R$ 6.433,57).

Vale lembrar ainda que: quando o trabalhador possui mais de um vínculo empregatício, deve somar (+) os salários para que possam se enquadrar corretamente na Tabela do INSS, observando o teto de contribuição.

Por fim, quando há o pagamento do 13º salário, a quantia não deve ser somada à remuneração, pois a alíquota para este benefício é aplicada separadamente.

Alíquota

São os percentuais que incidem sobre o salário de contribuição e determinam o quanto será destinado à previdência do INSS, de acordo com o tipo de contribuinte e sua faixa de salário.

Dessa forma, é possível observar na tabela o desconto do INSS de forma progressiva, ou seja, quanto maior o salário bruto do contribuinte, maior será o percentual de contribuição:

  • R$ 0,00 até R$ 1.100,00 7,5%
  • R$ 1.100,01 até R$ 2.203,48 – 9%
  • R$ 2.203,49 até R$ 3.305,22 12%
  • R$ 3.305,23 até R$ 6.433,57 14%

Dedução

Depois de observar o INSS de acordo com a alíquota da sua base de cálculo na tabela, é necessário subtrair (-) o valor padrão da parcela a deduzir, que varia para cada faixa de salário.

Assim, é possível chegar ao valor final do INSS:

  • 1ª Faixa: – 0,00
  • 2ª Faixa: – 16,50
  • 3ª Faixa: – 82,60
  • 4ª Faixa: – 148,71.

Então, após analisar dados da tabela INSS é possível calcular o desconto para a previdência, da seguinte forma:

  • Salário Bruto (x) Alíquota % (-) Parcela a Deduzir = Valor da Contribuição ao INSS.
  1. Exemplo: O contribuinte tem um salário bruto de R$ 2.000 e sobre ele, incide a alíquota de 9% e uma dedução de 16,50. Então, o cálculo será: 2.000 x 9% = 180. Depois: 180 – 16,50 = R$ 163,50. Portanto, esse é o valor que o cidadão contribuirá para o INSS.
  2. Exemplo: O contribuinte recebe salário bruto de R$ 3.000 no qual incide a alíquota de 12% e deduz o valor de 82,60. Assim, o cálculo será: 3.000 x 12% = 360. Depois: 360 – 82,60 = R$ 277,40. Logo, essa será a contribuição ao INSS.

Como funciona a contribuição para o INSS?

Para cada grupo de contribuintes existe uma forma de recolhimento para o INSS:

  • Empregados formais (CLT): o desconto do INSS é feito diretamente na folha de pagamento e a empresa é responsável por fazer o recolhimento;
  • Empresas: a contribuição se dá pelo pró-labore;
  • Autônomo e Facultativo: deve gerar sua própria guia de recolhimento do INSS;
  • Microempreendedor Individual (MEI): contribuir por meio da guia de pagamento (DAS).

Qual o valor mínimo e máximo de contribuição ao INSS?

De acordo com a tabela do INSS vigente, o valor mínimo é referente a primeira faixa de salário (até R$ 1.100,00). Portanto, será 7,5% da renda, sem parcela de dedução.

Enquanto isso, o teto de contribuição máxima é referente a renda bruta de R$ 6.433,57. Portanto, qualquer indivíduo que receba esse valor ou acima, pagará no máximo 14% com dedução de 148,71.

Dúvidas frequentes sobre o assunto

O desconto pago ao INSS passou por reajuste de 5,45% e a nova tabela foi aprovada para 2021, atualizando as faixas de salário de contribuição.

Além disso, a partir da Reforma da Previdência, a contribuição passou a ser progressiva, cobrada somente sobre a parcela do salário equivalente a cada faixa.

Dessa forma, as alíquotas para empregados, domésticos e trabalhadores avulsos ficaram dessa forma:

FAIXAS DE RENDA NA TABELA INSS ANTERIORFAIXAS DE RENDA NA TABELA INSS VIGENTEALÍQUOTA
Até R$1.045Até R$ 1.100,007,5%
De R$ 1.045,00 até R$ 2.089,60R$ 1.100,01 até R$ 2.203,489%
De R$ 2.089,60 até R$ 3.134,40R$ 2.203,49 até R$ 3.305,2212%
De R$ 3.134,40 até R$ 6.101,06R$ 3.305,23 até R$ 6.433,5714%
Atualização de contribuições ao INSS por faixa de renda 2021

O contribuinte do INSS paga mensalmente um valor para assegurar que receberá algum dos benefícios da Previdência Social quando precisar. São eles:

  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição;
  • Aposentadoria especial;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-reclusão;
  • Pensão por morte;
  • Pensão especial (Síndrome da Talidomida);
  • Salário-maternidade;
  • Salário-família.

Se você é autônomo e vai contribuir para a previdência do INSS, siga algumas orientações

  1. Inscreva-se no INSS para gerar seu NIT (Número de Inscrição do Trabalhador). *Obs: Se você já possui um cadastro no PIS/PASEP ou NIS, este número já serve de inscrição para o INSS;
  2. Some todos os ganhos que obteve no período e calcule o desconto do INSS a partir da sua faixa de renda;
  3. Acesse o site da Receita Federal e gere uma guia de recolhimento na categoria de Contribuinte Individual;
  4. Preencha os demais campos solicitados e gere um código de pagamento;
  5. Emita a sua GPS (Guia da Previdência Social) e pague pela internet, app do banco ou em uma agência.

As datas limite para o recolhimento das contribuições variam para cada grupo:

  • Empresa ou Equiparada: todo dia 20 de cada mês. Já para 13º salário até o dia 20 de dezembro;
  • Contribuinte Individual, Facultativo e Segurado Especial: todo dia 15 de cada mês;
  • Empregado Doméstico: todo dia 7 de cada mês. Já o 13º salário deve ser recolhido até 20 de dezembro;
  • MEI: todo dia 20 de cada mês.


Escrito por Jennifer Figueiredo Jornalista

Jornalista pela Universidade do Oeste Paulista. Uma Redatora que ama café, séries, pets e estar na presença de pessoas queridas.

  • Jornalista;
  • Conteúdo Web e SEO.

Assine a Newsletter Mobills
Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


Você também vai gostar...


🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

Notifique-me de novos comentários via e-mail.


.