Salário líquido: Entenda o que é e aprenda como calcular

Entender o salário líquido é essencial para quem deseja fazer um planejamento financeiro. Por isso, leia o artigo e aprenda tudo sobre esse conceito.

Artigo escrito por Marcos Vitor em 07 de Maio de 2021

mulher segurando o salário líquido

Quando começamos a trabalhar, vemos a importância de saber exatamente quanto é o nosso salário líquido.

Sem esse conhecimento, podemos cair na ilusão de achar que ganhamos mais do que efetivamente recebemos.

Portanto, se você quiser entender essa questão, precisa ler esse artigo até o final.

Além disso, nele, você vai aprender como calcular seu salário líquido para poder fazer um planejamento financeiro mais de acordo com a sua realidade.

O que é salário líquido?

O salário líquido é o valor que o empregado efetivamente recebe depois de serem deduzidos todos os descontos legais da sua remuneração.

Essa remuneração é o salário bruto, que é o valor que está registrado na sua Carteira de Trabalho.

Diferença entre salário bruto e líquido

A maior diferença entre esses dois conceitos é a incidência dos descontos devidos previstos na lei trabalhista.

O salário líquido é o salário bruto depois de subtrair todos os descontos obrigatórios.

O salário bruto inclui:

  • Remuneração acordada no contrato;
  • Gratificações legais e de função;
  • Comissões pagas;
  • Horas extras; e
  • Auxílio alimentação (se for pago em dinheiro).

Do valor total, são subtraídos algumas taxas e tributos. Dentre esses, os mais importantes são o INSS e IRRF.

Quais são os descontos no salário bruto?

O desconto mais comum é o do INSS, ou Contribuição para Previdência Social, e é descontado diretamente do salário bruto.

O valor a ser pago é obrigatório e garante:

  • Auxílio-doença;
  • Salário-maternidade;
  • Aposentadoria; e
  • Pensão para dependentes, entre outros.

O quanto é descontado pode ser reajustado anualmente e é proporcional ao salário do empregado.

Segue a tabela com a alíquota a ser descontada:

SalárioAlíquota
Até R$ 1.100,007,5%
De R$ 1.100,01 até R$ 2.203,489%
De R$2.203,49 até R$3.305,2212%
De R$3.305,23 até R$6.433,5714%
Acima de R$ 6.433,57R$ 751,99
Tabela do INSS

O próximo desconto que também é muito comum é o Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF).

Você precisa conhecer esse imposto porque, se você estiver na faixa de renda que te obriga a declarar renda, você está sujeito a pagá-lo.

A base de cálculo do IRRF é a seguinte:

Base de cálculo = salário bruto – desconto do INSS – pensão alimentícia – número de dependentes x R$ 189,59

O valor a ser pago é proporcional ao valor da base de cálculo, ou seja, quanto mais você ganha, mais você paga.

Base de cálculoAlíquota
Até R$ 1.903,980%
De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,657,5%
De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,0515%
De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,6822,5%
Acima de R$ 4.664,6827,5%
Tabela do IRRF

Além da contribuição para o INSS e do IRRF, existem alguns outros descontos que podem diminuir o valor do salário líquido.

Alguns exemplos, são:

  • Vale-transporte;
  • Assistência médica;
  • Previdência privada;
  • Previdência empresarial;
  • Contribuição sindical; ou
  • Alimentação.

Normalmente, o funcionário pode escolher se quer desfrutar desses benefícios ou não, isto é, esses descontos podem acontecer ou não.

Por fim, pode haver descontos por atrasos ou faltas sem justificativa.

Como calcular o salário líquido na prática

Pronto, até aqui você entendeu as principais definições e diferenças no que diz respeito ao salário líquido.

Agora, podemos aprender como calculá-lo. Para isso, vamos precisar de algumas informações.

  1. O valor do salário bruto;
  2. A contribuição para o INSS;
  3. O tributo a ser pago a título de IRRF;
  4. Outros descontos acertados com a empresa; e
  5. Vantagens e benefícios a receber.

Portanto, você terá que fazer o seguinte cálculo com os elementos acima (vamos colocar somente os números para facilitar a compreensão):

Salário líquido = 1 – 2 – 3 – 4 + 5

Vamos para um exemplo prático, supondo um caso de um gerente de uma rede de farmácias.

Ele recebe um salário bruto de R$ 3.500 e paga 11% de INSS, o que representa R$ 385,00.

Então, sobrou R$ 3.115,00. Desse valor, será descontado o IRRF devido, que são 15%, isto é, R$ 467,25.

Após as deduções, o IRRF devido é de R$ 112,45. Por isso, sobrou R$ 3.002,55.

Como ele recebe vale-transporte, são descontados mais R$ 100,00.

Ao fim, o salário líquido do nosso gerente será de R$ 2.902,55.

Calculadora de salário líquido

Hoje em dia, existem várias calculadoras que permitem que encontremos nosso salário líquido de maneira rápida e simples.

Dentre as existentes, a mais usual é a Calculadora de Salário Líquido da Mobills.

Com ela e com algumas poucas informações, podemos calcular nosso salário exato.

Veja a seguir sua interface:

Calculadora de Salário Líquido da Mobills 1
Calculadora de Salário Líquido da Mobills 1

Se tivermos apenas essas três informações, teremos um panorama geral do nosso salário.

Calculadora de Salário Líquido da Mobills
Calculadora de Salário Líquido da Mobills 2

Caso você não tenha essas informações, pode consultador o holerite que sua empresa divulga e que contém a descrição do seu pagamento.

Na coluna “descontos” do seu holerite, tem tudo que você precisa saber.

4 dicas para otimizar a renda

O primeiro passo para que você tenha controle total das suas finanças é fazer um diagnóstico financeiro.

Isso significa entender a sua situação de vida, possíveis dívidas e sua realidade financeira.

Esse passo é fundamental, pois sem esse diagnóstico, poderemos acabar fazendo despesas prejudiciais.

Provavelmente, você já ouvir falar que mais importante do que o quanto você ganha é como você gasta.

E isso é uma verdade universal das finanças.

Portanto, a segunda forma de otimizar sua renda é delimitar um orçamento de modo que você otimize o gasto do seu dinheiro.

A pior decisão que você pode fazer é despender todos os seus recursos sem se preocupar com o futuro.

Nesse sentido, no seu orçamento, deve conter uma parcela para poupança e investimento.

Após isso, como terceira forma de otimizar a renda, você deve definir objetivos financeiros.

Esse passo é fundamental para que você possa fazer um planejamento adequado e para que você tenha a motivação necessária para colocá-lo em prática.

Por fim, como quarta dica, faça um planejamento.

Esse planejamento deve levar em consideração os passos anteriores. Isso porque você precisa levar em consideração a sua realidade, o seu orçamento e os seus objetivos.

Dessa forma, você conseguirá ter suas finanças muito mais saudáveis e alcançará todas as suas metas.

Faça bom proveito do seu salário

Nesse artigo, você aprendeu o que é salário líquido, como calculá-lo e como gastá-lo da melhor forma.

Nesse sentido, nosso propósito não é só informativo, mas prático também.

Portanto, se você colocar essas dicas em prática, terá um controle melhor do seu orçamento e poderá fazer melhor uso dos seus rendimentos.

Continue aprendendo

Veja nossos outros conteúdos sobre investimentos, seja no BlogInstagram ou no YouTube.

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas e deixe seu comentário!

Não esqueça de compartilhar este artigo com amigos e familiares.


Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


    3 comentários publicados nesse artigo
      07/05/2021 às 10:53

      e o FGTS onde fica nisso tudo ?

        07/05/2021 às 11:41

        Olá, Saulo. O FGTS não é pago pelo empregado, mas sim, pela empresa que o contratou. Ele também é obrigatório e, por isso, pode estar discriminado na folha de pagamento para que o colaborador possa acompanhar seu pagamento. Porém, não é um desconto no seu salário.

        07/05/2021 às 11:43

        Obrigado pela resposta.

    🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

    Notifique-me de novos comentários via e-mail.

    Junte-se a mais de 239.950 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


      Você também vai gostar...


      Escrito por Marcos Vitor Especialista em investimentos

      Especialista em investimentos do Mobills, Marcos é estudante de economia na UFC e recentemente tirou sua certificação na área. Tem como hobby aconselhar amigos sobre investimentos.

      • Certificado de Especialista Anbima (CEA);
      • Estudante de economia;
      • ETF no Mercado Brasileiro - ANBIMA;
      • Gestão de Riscos - ANBIMA.
      .