Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
emprestimos-e-dividas
isca
Não
trimestral

Hipoteca – O que é e quando é utilizada?

Se procura juros baixos e prazo de pagamento mais longos. Então, precisa saber o que é hipoteca. Lei o artigo e entenda tudo!

Artigo escrito por Equipe Mobills em 05 de Junho de 2022

Quem está em busca de empréstimo no mercado sempre procura por juros baixos e prazo de pagamento mais longos.

Então, dentre as opções existentes de linhas de crédito está a hipoteca. No entanto, você sabe o que é a hipoteca?

Desenvolvida nos Estados Unidos e ainda bastante utilizada por lá, essa modalidade de crédito não é muito recorrente no Brasil e ainda é mal vista por algumas pessoas por aqui.

No entanto, se utilizada de maneira correta, ela tem uma série de vantagens que poucas modalidades de crédito hoje conseguem oferecer.  

Sendo assim, veja abaixo o que é a hipoteca e tire todas as suas dúvidas sobre este crédito imobiliário que sempre dá o que falar. Confira abaixo!

O que é hipoteca?

A hipoteca consiste em oferecer um bem, geralmente um imóvel, para fazer um empréstimo com garantia.

Portanto, a sua casa ou apartamento dão a garantia que a instituição financeira precisa de que você vai honrar com os pagamentos das parcelas.

Em geral, a hipoteca é utilizada quando se precisa de um dinheiro alto, mas em condições de juros baixos e com prazo para pagamento mais longo.

Como já citado anteriormente, a hipoteca acontece quando o dono de um imóvel precisa de dinheiro e assim decide colocar pedir empréstimo, colocando este bem como garantia do pagamento.

Mesmo sendo uma modalidade muito utilizada nos Estados Unidos, aqui no Brasil é difícil encontrar instituições financeiras que trabalham com a hipoteca.

Em suma, isso é explicado por se tratar de um processo muito burocrático, não apenas para os bancos, mas também para os próprios solicitantes de empréstimo.

Por essa razão, a hipoteca de imóvel acaba sendo substituída pelo empréstimo com garantia de imóvel.

Como funciona a hipoteca de imóvel?

Agora que você sabe o que é hipoteca, é interessante entender como esse processo funciona. Inclusive, na teoria, era pra ser um empréstimo que aprova na hora.

Afinal de contas, nele você oferece um imóvel quitado como garantia de pagamento. Muito simples, certo?

Então, seria mesmo, mas existem alguns detalhes que acabam fazendo com que ela não seja tão popular aqui no Brasil.

Assim, na hipoteca, quando você oferece o imóvel como garantia, ele continua no seu nome e você pode fazer uso sem qualquer tipo de problema.

No entanto, isso é encarado pelos bancos como um grande problema, principalmente caso seja necessário fazer a cobrança das parcelas que não foram pagas.

Inclusive, a maneira de fazer isso é somente uma: através do sistema judiciário, mediante processo. Logo, é algo que pode durar anos e anos.

Há outro ponto aqui, segundo a Lei nº 10.406/2002, Art. 1.475, mesmo que um imóvel esteja hipotecado junto a um banco, o proprietário pode fazer uma nova hipoteca.

De acordo com a lei ainda, caso essa nova hipoteca seja feita, a antiga é expirada e o devedor teria que fazer o pagamento do empréstimo à vista.

Desse modo, para quem faz a liberação do empréstimo, existe a insegurança no recebimento dos pagamentos. Por isso, muitos bancos não trabalham mais com hipotecas.

Diferença entre hipoteca e alienação fiduciária

Apesar de muitos confundirem, existem pequenas diferenças entre hipoteca e alienação fiduciária que explicam o porquê desta primeira está em desuso no Brasil.

Então, a principal diferença é que na hipoteca o imóvel continua registrado no nome do devedor. Por esse motivo, ele fica com a posse total do bem.

Por sua vez, na alienação isso não acontece, o bem é transferido no registro para o credor e a posse é desdobrada. Portanto, a posse direta fica com o devedor, que pode fazer uso do imóvel, e a indireta com o credor.

Outro ponto de diferença também é que na alienação fiduciária, caso os pagamentos das parcelas não sejam feitos, o credor pode solicitar o crédito de judicial ou extrajudicial.

No entanto, na hipoteca é diferente, o procedimento extrajudicial não é possível, assim é necessário ir em busca da justiça para que o processo tenha continuidade.

Por conta disso, os custos para recuperação de crédito na hipoteca são extremamente altos, em especial quando comparados a alienação fiduciária.

Para finalizar, é possível notar o quanto a alienação fiduciária é mais segura para os credores do que a hipoteca.

Dúvidas frequentes sobre o assunto

A hipoteca é uma tipo de empréstimo em que um bem é dado como garantia de pagamento, geralmente o imóvel. Com isso, se tem maiores chances de conseguir empréstimo pessoal em condições de juros mais baixas.

A hipoteca serve como uma forma de conseguir empréstimo fácil com prazos mais longos e juros mais baixos. Em geral, ela é feita quando se precisa de dinheiro para abrir um negócio ou até mesmo sair das dívidas, por exemplo.

Na hipoteca o imóvel é dado como garantia do pagamento do empréstimo, assim o dinheiro liberado pelo credor não tem uma finalidade de uso específica. Por sua vez, o financiamento é um tipo de empréstimo específico que tem como objetivo a compra de um imóvel.

Vale a pena hipotecar um imóvel?

Para algumas situações a hipoteca pode valer a pena, como investimento em projetos ou até mesmo a quitação de dívidas de juros altos, visto que são situações que demandam de um dinheiro maior.

Dessa maneira, com um empréstimo deste tipo é possível ter o valor desejado e com condições interessantes de pagamento, especialmente prazos mais longos.

Contudo, é essencial que se avalie a situação e se há realmente a necessidade deste tipo de empréstimo. Com esse cuidado inicial, o risco da perda do imóvel em uma batalha judicial é reduzido.


Compartilhe este conteúdo


Escrito por Equipe Mobills Redator Web

Por trás da Mobills temos um time de sonhos, de coragem, criatividade e inovação, unido por um propósito em comum: gerar liberdade financeira.


Assine a Newsletter Mobills
Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Você também vai gostar