Você sabia que a educação financeira nas empresas é algo muito importante — e valioso? Saiba mais sobre o assunto agora mesmo!

Educação financeira nas empresas: importância e vantagens!

Conheça o Mobills: O melhor gerenciador financeiro do Brasil!

Você sabia que a educação financeira nas empresas é algo muito importante — e valioso?

É verdade! Quando investimos em colaboradores que entendem como lidar com as próprias finanças e reconhecem os impactos de uma boa organização financeira, podemos esperar níveis de motivação e produtividade maiores. 

Especialistas afirmam com frequência que a “cultura” de se planejar financeiramente ainda está longe de ser aplicada no Brasil. E que este é um processo lento.

Nesse sentido, as empresas podem ter uma boa contribuição na educação dessas pessoas. Afinal, é justamente delas que vem todo o rendimento responsável pela organização — ou “destruição” — de qualquer salário.

Vamos, então, entender os benefícios de adotar a prática na rotina corporativa?

Tenha uma ótima leitura!

Diminuição nos níveis de estresse

Pense em uma pessoa que ganha um valor interessante de salário para a sua categoria. Ou seja, a empresa já está oferecendo “tudo” o que pode para aquela pessoa, mas o problema se encontra na forma dele lidar com o dinheiro.

Dessa forma, todos os meses, alguma conta acaba ficando para trás. As dívidas se acumulam, o relacionamento com a família fica comprometido e os níveis de estresse vão só aumentando.

Com o tempo, a única preocupação do trabalhador está focada na chegada do final do mês, para que ele possa receber seu salário e repetir o ciclo vicioso.

Quando existe o investimento de práticas saudáveis relacionadas com as finanças, tenha certeza que qualquer pessoa tende a ficar muito mais tranquila, já que se sente no controle dos gastos.

Aumento na produtividade

Diminuição do estresse, aumento da produtividade. É benefício na certa! Afinal, como estimular trabalhadores infelizes e estressados?

Mesmo que você ofereça as melhores condições do mundo, caso elas não sejam suficientes para uma pessoa (em razão do seu descontrole), não adianta. A produtividade cai e as entregas se tornam cada vez piores.

Melhor relação com os colegas e superiores

Este é outro ponto que está relacionado com o bem estar que aumenta na medida em que aprendemos a lidar com as finanças.

Sabemos o quanto pode ser difícil conviver com aquelas pessoas que estão sempre tristes, de cara “emburrada” e sem muito interesse em manter conversas mínimas.

Além disso, um outro ponto que inclusive já foi comprovado por muitas empresas que adotaram a educação financeira para os funcionários é a redução das faltas.

Como eles estão mais motivados, estarão também mais estimulados a levantarem da cama diariamente para trabalhar.

Maior senso de organização

Sabemos que a organização é uma das características essenciais para qualquer profissional. Nas mais diversas áreas, é importante ter um senso analítico e ter a capacidade de “dar conta” das suas responsabilidades.

Quando trabalhamos com um bom conhecimento sobre finanças pessoais, então, podemos dizer que exercitamos essa capacidade de organização.

Afinal, catalogar os gastos, entender as principais categorias para onde o dinheiro vai e saber agir a partir disso é uma grande capacidade não somente de se organizar, mas de ser alguém mais analítico.

Sabemos que esses dois pontos são valiosos no mercado de trabalho, então, por que não exercitá-los de outras formas, além da rotina tradicional?

Menor rotatividade

Quando pensamos em profissionais sem uma organização financeira, podemos imaginar que muitos deles estarão insatisfeitos com seus salários.

Mesmo que sejam pagos de acordo com o mercado, a “bagunça” tem capacidade de prejudicar até aquelas pessoas que ganham “bem”.

Por isso, esses profissionais são muito mais propensos a pedirem para sair em busca de novas oportunidades.

Além disso, a rotatividade também pode acontecer quando profissionais desmotivados acabam entregando menos do que deveriam e precisam ser desligados.

Sabemos que a rotatividade é um grande problema nas empresas e que acarreta em uma série de transtornos. Por isso, dentro do pacote de ações para evitá-lo, é muito interessante adicionar a educação financeira!

Bônus: como posso aplicar a educação financeira nas empresas?

Agora que você já entendeu a importância de aplicar os conceitos de educação financeira nas empresas, veja algumas formas em que ela pode ser aplicada.

Palestras

Existem vários profissionais que têm histórias de vida interessantes o suficiente para passarem conhecimento adiante. Além disso, especialistas da área têm a capacidade de educarem muito bem seus colaboradores a partir de palestras.

Por isso, promova essas conversas com algum nome que julgar interessante. Algo muito legal é a oportunidade de trocar experiência, ou seja, promover um momento em que as pessoas podem fazer perguntas, por exemplo.

Incentivos

Quando oferecemos um “incentivo a mais” para as pessoas, elas com certeza ficam mais propensas a seguirem pelo caminho da saúde financeira.

Por isso, que tal oferecer acesso a um aplicativo de controle financeiro? Sua empresa pode adquirir planos premium para os funcionários, por exemplo.

Eles podem ser presenteados enquanto bonificação, no aniversário ou de forma geral, caso exista caixa suficiente.

Aqui na Mobills, contamos com um app que pretende ajudar o brasileiro a conquistar seu controle e organização financeira de forma simples e intuitiva.

Se você quiser conhecer mais sobre a nossa solução e avaliá-la, é só acessar o nosso site!

Comunicados

Unir forças com o setor de comunicação interna é uma ótima forma de prosseguir. Crie conteúdos educativos, então, que ensinem as pessoas a lidar cada vez melhor com o assunto.

Sempre que possível, adicione dados e fatos relacionados ao universo das dívidas e importância de conquistar a “liberdade financeira”.

Assim, as pessoas saberão que não estão sozinhas e, além disso, entenderão que é possível sair desse cenário negativo, se for o caso.

Crie também um canal aberto para tirar dúvidas, seja por e-mail ou outros meios de comunicação. Quando o colaborador sentir que tem um espaço que o escuta e está pronto para ajudá-lo, entendemos que aumentará o interesse em se engajar na causa.

Dinâmicas

Ainda relacionada à uma recompensa, é possível oferecer outras formas de estimular o estudo. Quem sabe, então, você não adiciona o acesso a cursos de educação financeira nos presentes da sua empresa?

Mais uma vez, quando colocamos esses itens como forma de recompensa, entendemos que o profissional estará ainda mais estimulado para usufrui-lo.

Conclusão

Se você chegou aqui, provavelmente já entendeu sobre a importância de investir em educação financeira nas empresas.

Agora, pegue todo o conteúdo absorvido e esteja pronto para colocá-lo em prática na sua realidade. Saiba que os ganhos são absurdos — positivamente falando — e que seus funcionários serão pessoas muito mais felizes.

Com o aumento da felicidade, obviamente, características importantes para o trabalho também serão melhoradas. No final, todos saímos ganhando!

Se interessou por este conteúdo e quer continuar estudando sobre o universo das finanças? Então temos o conteúdo perfeito para você! Veja os 17 hábitos imprescindíveis para uma carreira de sucesso.

Comente, nos siga nas redes sociais e compartilhe este conteúdo!

O que achou do artigo “Educação financeira nas empresas: importância e vantagens!”?

Se gostou, então, cadastre-se na nossa Lista Vip para receber as novidades em primeira mão e compartilhe esse post com seus amigos e familiares que possam se interessar.

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas e deixe seu comentário!

Quer acompanhar nosso conteúdo no Instagram? Siga @mobillsedu!

Não deixe, também, de acessar o canal do Mobills no Youtube.


VEJA TAMBÉM:

Postado em: Educação financeira


Escrito por Carlos Terceiro

Carlos Terceiro, Fundador e CEO do Mobills, o aplicativo de finanças pessoais com o maior número de clientes no Brasil. Empreendedor movido pelo propósito de transformar a vida financeira dos brasileiros para melhor. Formado em análise de sistemas e Pós-graduando em Finanças e Investimentos pela PUCRS.


    Junte-se a mais de 239.950 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

    Logo Mobills
    Mobills Google Play
    Mobills Apple Store
    Mobills Web