Open Finance é o novo Open Banking? Entenda como esses conceitos impactam sua vida!

Open Finance nada mais é do que o novo nome dado ao Open Banking. Saiba mais sobre o assunto!

Artigo escrito por Marcos Vitor em 10 de Julho de 2021

Imagem representando o tema open finance

Você já ouviu falar de Open Banking? Então, o Open Finance é uma evolução desse sistema.

O sistema bancário brasileiro está em constante desenvolvimento. Isso pode ser visto pela velocidade e o baixo custo das transações financeiras.

Contudo, esse sistema que já era bom ficou ainda melhor com o Open Finance.

Neste artigo, você vai entender tudo sobre essa novidade.

Então, vamos nessa?

O que é Open Finance?

O Open Finance nada mais é do que o novo nome dado ao Open Banking sendo, na prática, uma evolução deste.

Essa evolução se dá pela inclusão de outras instituições, além dos bancos, nessa dinâmica de compartilhamento de dados dos clientes.

Segundo Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, esse novo sistema é muito mais amplo, pois inclui um conjunto diversificado de produtos e serviços, como seguros, investimentos e previdência complementar.

Portanto, caso você autorize, essas instituições também poderão ter acesso ao seu histórico no sistema bancário.

Desse modo, você poderá ter acesso a uma gama maior de produtos financeiros e mais de acordo com seu perfil.

Afinal, o que significa Open Banking?

O Open Banking (Banco Aberto) é a possibilidade de clientes das instituições bancárias permitirem o compartilhamento de suas informações entre outras instituições autorizadas pelo Banco Central.

Dessa forma, os bancos poderão fazer ofertas de produtos e serviços que são adequadas ao seu perfil mesmo que você não tenha conta nesses bancos.

Com isso, o Banco Central espera que haja mais competição no setor, melhores oportunidades para os consumidores e mais dinamismo no mercado financeiro.

Ademais, esse sistema vai gerar mais transparência entre as instituições, novos modelos de negócios podem surgir e o cliente vai ter maior controle sobre suas finanças.

A grande diferença entre esses dois sistemas é que o Open Banking foi substituído pelo Open Finance que vai incluir mais instituições além dos bancos.

Então, essa mudança significa um desenvolvimento do sistema anterior e vai otimizar as vantagens deste.

O Open Finance é seguro?

O Open Finance é muito seguro, pois as instituições deverão assegurar os dados mediante consentimento, autenticação e confirmação do cliente.

Acresce-se que:

  • O cliente tem o controle total dos seus dados;
  • Todo o processo ocorre num ambiente com diversas camadas de segurança, com autenticação do consumidor e das instituições participantes;
  • Somente instituições autorizadas participam;
  • Regras de segurança cibernética precisam ser cumpridas;
  • Há normas também para responsabilização das instituições e de seus dirigentes;
  • O Banco Central supervisiona todo o processo.

Nesse sentido, as companhias só poderão compartilhar os dados dos clientes após as seguintes etapas: consentimento, autenticação e confirmação.

Fases do Open Finance

O processo de compartilhamento de dados do Open Finance acontecerá em quatro fases:

Fase 1: Iniciou em 01/02/2021

Nessa etapa, os dados das próprias instituições financeiras foram compartilhados, contendo informações sobre canais atendimento, produtos e serviços.

Aqui, somente é obrigatória a participação das maiores instituições financeiras classificadas pelo Banco Central.

Fase 2: Previsto para 15/07/2021

Está previsto, nessa fase, o compartilhamento dos dados cadastrais e informações de contas bancárias dos clientes.

Contudo, as instituições que optarem por entrar na Fase 2 ficam obrigadas a participarem de todo o processo.

Fase 3: Previsto para 30/08/2021

Nessa etapa, o cliente poderá solicitar uma autorização de pagamento e encaminhamento de proposta de negociação de crédito.

Aqui, participam obrigatoriamente todas as instituições detentoras de contas, transações de pagamentos, entre outras.

Fase 4: Previsto para 15/12/2021

Por fim, outros dados poderão ser compartilhados, como operações de câmbio, investimentos, seguros e conta-salário.

PIX e Open Finance: Qual a relação?

Enquanto o PIX permite que você faça transações entre vários bancos rapidamente e a qualquer hora do dia, o Open Finance permite o compartilhamento de dados entre as empresas.

A evolução do sistema bancário brasileiro

O sistema bancário brasileiro é um dos mais desenvolvidos do mundo.

Além da tecnologia PIX, nós temos a portabilidade de salário, o SandBox e, agora, o Open Finance.

Dessa forma, esse é mais um passo em direção à transparência, competição e maiores oportunidades para nós.

Veja nossos outros conteúdos sobre finanças e investimentos, no nosso Blog e no canal do Mobills no YouTube.


Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


    2 comentários publicados nesse artigo
      14/07/2021 às 21:01

      Exemplo. Voce tem cheque especial no banco x e o banco y tem um cheque especial mais barato. Assim voce contrata o cheque especial do banco y sem com a conta no banco x. A troca de dados permite isso sem ter de abrir a conta no banco y..

        15/07/2021 às 08:38

        Exatamente, Daniel. Dessa forma, o Open Finance nos permitirá conhecer mais oportunidades, seja de crédito, de financiamento ou de investimento.

    🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

    Notifique-me de novos comentários via e-mail.

    Junte-se a mais de 239.950 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


      Você também vai gostar...


      Escrito por Marcos Vitor Especialista em investimentos

      Especialista em investimentos do Mobills, Marcos é estudante de economia na UFC e recentemente tirou sua certificação na área. Tem como hobby aconselhar amigos sobre investimentos.

      • Certificado de Especialista Anbima (CEA);
      • Estudante de economia;
      • ETF no Mercado Brasileiro - ANBIMA;
      • Gestão de Riscos - ANBIMA.
      .