Melhores Melhores Melhores Ferramentas Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills

O que é um CDB progressivo? Entenda como funciona!

Artigo escrito por Almir Gomes em 10 de Junho de 2024

Os Certificados de Depósito Bancário (CDBs) são uma alternativa popular de investimento em renda fixa, oferecendo retornos previsíveis e segurança.

Entre as diversas modalidades de CDB, destaca-se o CDB progressivo, que gera curiosidade entre investidores em busca de maior rentabilidade.

Neste artigo, exploraremos o que é um CDB progressivo, como ele funciona e se realmente vale a pena considerar essa opção.

Contudo, lembre-se que este é um texto educacional e não configura recomendação de compra ou construção de carteira.

Além disso, mesmo os ativos conservadores podem ser arriscados, caso sua carteira não esteja propriamente diversificada.

Compreender os mecanismos e os prós e contras deste produto te ajudará a tomar decisões informadas e alinhadas com seus objetivos financeiros.

O que é um CDB progressivo?

Um CDB (Certificado de Depósito Bancário) progressivo é uma modalidade de investimento de renda fixa oferecida por bancos como forma de captação de recursos.

A característica desse tipo de CDB é a maneira pela qual a taxa de juros é calculada e ajustada ao longo do tempo. Como o próprio nome diz, ela é progressiva, isto é, aumenta com o tempo.

A decisão de investir em um CDB progressivo depende da perspectiva de taxas de juros futuras e das metas financeiras do investidor. Ou seja, a decisão final é sempre sua.

É importante ler atentamente o contrato e conhecer as características do banco emissor para entender as condições de reajuste e avaliar se essa modalidade se alinha com a estratégia de investimento.

Nisso, consultar um assessor especializado pode ajudar você a tomar a melhor decisão.

Santander Select

Cliente Santander Select conta com atendimento especializado para seus investimentos.

Cliente Santander Select conta com atendimento especializado para seus investimentos.

URL verificada

Como funciona um CDB progressivo?

O funcionamento de um CDB progressivo é o seguinte:

  • Taxa de juros crescente: diferentemente dos CDBs tradicionais, em que a taxa de juros é estável (por exemplo, 10% ao ano), o CDB progressivo tem uma taxa que aumenta à medida que o tempo passa. Normalmente, a taxa de juros começa em um nível mais baixo e aumenta ao longo do prazo do investimento.
  • Período de reajuste: possui um período predefinido em que a taxa de juros é reajustada, o que pode ocorrer mensal, trimestral, semestral ou anualmente, conforme estipulado no contrato.
  • Vantagem potencial: possibilidade de obter uma taxa de juros mais atrativa à medida que o tempo passa. Isso pode ser vantajoso em um cenário de aumento nas taxas de juros, pois o investidor se beneficia do reajuste positivo.
  • Riscos e desvantagens: se as taxas de juros caírem, o CDB progressivo pode não oferecer o mesmo potencial de retorno. Além disso, a liquidez pode ser afetada, já que será necessário esperar pelo período de reajuste para acessar a nova taxa.

Qual é a diferença entre CDB, CDB escalonado e CDB Progressivo?

A principal diferença está na dinâmica das taxas de juros ao longo do investimento.

O CDB tradicional tem uma taxa fixa, enquanto o CDB escalonado e o progressivo permitem algum grau de variação, seja em intervalos predefinidos (CDB escalonado) ou progressivamente crescente (CDB progressivo). 

Observe:

CDB tradicionalCDB escalonadoCDB progressivo
É o padrão, no qual a taxa de juros é fixa e definida no momento da aplicação. Isso significa que o investidor receberá a mesma taxa durante todo o período do investimento. A liquidez varia, mas geralmente é possível resgatar o valor investido após o vencimento do prazo.É uma modalidade em que a taxa de juros é reajustada em intervalos regulares, por exemplo, a cada seis meses. A taxa pode aumentar ou diminuir, dependendo das condições do mercado. É uma opção que oferece algum ajuste, mas ainda não é tão flexível quanto o CDB progressivo.A taxa de juros aumenta progressivamente ao longo do tempo. Ela começa em um nível mais baixo e aumenta em etapas predefinidas. O reajuste é geralmente anual e visa recompensar o investidor com taxas mais atrativas à medida que o dinheiro permanece investido. É uma opção interessante para quem acredita em taxas de juros crescentes.

Ademais, a escolha dependerá das expectativas de taxas de juros e objetivos financeiros do investidor. É importante ler atentamente os termos do contrato antes de investir em qualquer modalidade de CDB.

Quais as vantagens do CDB progressivo?

Abaixo, veja quais são as principais vantagens do CDB progressivo:

  • Rendimento crescente: os juros compostos aumentam gradualmente, proporcionando um retorno financeiro maior ao longo do tempo.
  • Proteção contra inflação: o aumento dos juros pode ajudar a proteger o investimento contra a desvalorização causada pela inflação.
  • Flexibilidade: geralmente, investidores têm a opção de resgatar o CDB progressivo antes do vencimento, embora possam ocorrer penalidades.
  • Diversificação da carteira: o CDB progressivo pode ser uma maneira de diversificar os investimentos, complementando outras formas de investimento de renda fixa ou variável.

No entanto, como já ressaltamos anteriormente, é importante considerar com cuidado os termos específicos oferecidos pelo banco emissor e comparar com outras opções de investimento antes de tomar uma decisão final.

O que é o CDB progressivo do Santander?

O Santander oferece o CDB Progressivo como uma modalidade de Certificado de Depósito Bancário (CDB) que possui uma característica específica em relação à taxa de juros.

As principais características são:

  • Começa com uma taxa de juros mais baixa e, ao longo do prazo, é ajustada e aumenta.
  • Possibilidade de obter uma remuneração mais atrativa à medida que o dinheiro permanece por mais tempo aplicado.
  • Possui liquidez diária.
  • Conta com proteção do FGC (Fundo Garantidor de Créditos).
  • Indicado para quem procurar rentabilidade de longo prazo (3 anos ou mais).

Ou seja, essa modalidade pode ser atraente para investidores que acreditam que as taxas de juros aumentarão no futuro e desejam se beneficiar desse cenário.

Lembre-se que a taxa de reajuste pode variar conforme as condições e termos do contrato, então é importante ler atentamente as especificações do produto disponibilizadas pelo Santander.

Quanto rende o CDB Progressivo Santander?

O CDB Progressivo Santander vai trazer rendimentos de acordo com o quanto você investiu. Quanto maior o tempo que o dinheiro permanecer aplicado, maior será a rentabilidade.

Quando houver aumento na taxa, incidirá desde a data de início do investimento.

Além disso, toda aplicação de renda fixa está sujeita à marcação à mercado, fenômeno que reprecifica os títulos. No mais, as condições da economia e do mercado financeiro também influenciam em como eles são rentabilizados.

Quais são os fatores de risco?

O CDB Progressivo é um produto que apresenta baixo grau de risco. Entretanto, os principais fatores são:

  • Risco de mercado: a performance do CDB Progressivo pode ser influenciada por mudanças no mercado que afetem a taxa de juros de referência, o CDI, como a volatilidade nas taxas de juros atuais e futuras, fatores políticos e econômicos, e outros elementos.
  • Risco de crédito: o pagamento do montante investido e rendimentos estão sujeitos ao risco de crédito do emissor, o Banco Santander.

Como contratar o CDB Progressivo Santander?

Para investir nesse produto, você deve ser correntista do banco e realizar o investimento pelos canais digitais (aplicativo ou internet banking). Você ainda pode procurar o gerente ou assessor de investimento responsável pela sua conta.

Se você ainda não é cliente Santander, aproveite para abrir a sua conta na modalidade Select, uma das melhores do mercado e que lhe oferece todo o suporte para investir e cuidar do seu dinheiro:

URL Verificada
Tarifas da conta
3 meses grátis!
Tarifas de saque
R$ 0.00
Rendimento da conta
Produtos disponíveis
Cartão de Crédito, Empréstimos, Financiamentos, Investimentos
URL Verificada
  • Tarifas da conta
    • 3 meses grátis: após os 3 meses, você pode manter a isenção no valor do pacote Select de acordo com o volume dos seus investimentos ou pagando R$ 99,95/mês. Gratuidade na tarifa mensal do pacote de serviços ao concentrar a partir de R$ 150 mil em investimentos elegíveis.
  • Benefícios da conta
    • Isenção de tarifas: em transferências internacionais, saques, compra e venda de moedas
    • Atendimento personalizado: além de assessoria com especialistas
    • Programa de pontos Esfera ou Membership Rewards: Clientes Select contam com cartões que pontuam mais no programa Esfera, além da possibilidade de juntar pontos no Membership Rewards se for um cartão American Express
    • Espaços Select: mais de 200 espaços de atendimento com conforto e privacidade.
    • 50% de redução na anuidade: clientes Select contam com redução de 50% no valor da anuidade em cartões selecionados
    • Chat Exclusivo: disponível 24h por dia
    • Anuidade ZERO por 12 meses no cartão Unique: se contratado em 90 dias após abertura da conta
    • Acesso a Salas VIP no Brasil e no mundo: os cartões Santander Select oferecem acesso em diversas salas VIP no Brasil e pelo mundo.
  • Documentos necessários
    • Para brasileiros: Carteira de Identidade (RG), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Documento de Identidade Profissional, Passaporte ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).
    • Para estrangeiros: Registro Nacional de Estrangeiro (RNE), Passaporte com visto da Policia Federal, desde que acompanhado do protocolo do RNE (a cópia simples do RNE deve ser apresentada assim que o documento for obtido) ou Documento de identidade emitido por Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia ou Chile.
    • Renda mínima: Superior a R$ 15 mil ou R$ 100 mil investidos no Santander.
  • Prós e Contras
    • PRÓS
    • Prós
      Atendimento Exclusivo
    • Prós
      Cartões com ótimos benefícios
    • Prós
      Produtos com condições diferenciadas

No mais, o CDB progressivo é uma opção de investimento com risco reduzido. Contudo, antes de começar a investir, é fundamental que você esteja ciente do seu perfil como investidor.

Lembre-se sempre de diversificar a carteira, pois mesmo os ativos de baixo risco podem se tornar arriscados, caso sua carteira esteja muito concentrada.

Por fim, o Imposto de Renda na Fonte é aplicado sobre a rentabilidade bruta do CDB no momento do resgate ou vencimento, seguindo uma tabela regressiva.

O IOF é cobrado nos resgates feitos nos primeiros 29 dias, também conforme a tabela regressiva. Após esse prazo, não há mais incidência de IOF.



Escrito por Almir Gomes Analista de Conteúdo

Investidor buy & holder, jornalista, escritor, graduando em ciências econômicas, estrategista de conteúdo e especialista em gestão estratégica da comunicação e comunicação digital e mídias sociais.

Você também vai gostar


.
.