Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
investimentos
isca
Não
semestral

Aprenda Como Investir em Bitcoin de Forma Segura

Quer saber como investir em Bitcoin, a criptomoeda mais valiosa do mundo? Leia o artigo e saiba mais!

Artigo escrito por Marcos Vitor em 26 de Junho de 2022

Saber como investir em Bitcoin é muito importante, pois essa é a principal criptomoeda do mundo e tem atraído cada vez mais investidores e entusiastas da sua tecnologia. 

Por isso, surgiram várias formas de se investir nessa criptomoeda, algumas mais simples do que outras. 

Nesse artigo, vamos descobrir como investir em Bitcoin de várias formas e apresentar as diferenças de cada uma dessas formas. 

Então, vamos nessa? 

O que são criptomoedas? 

Criptomoedas são moedas virtuais, ou seja, não são físicas, que utilizam tecnologia criptográfica para proteger dados e processar as transações. 

A primeira criptomoeda criada foi o Bitcoin, em 2008, com o objetivo de fugir da centralização bancária e da ação dos governos. 

Contudo, hoje em dia, existem milhares de criptomoedas com tecnologias e propostas diferentes. 

No que diz respeito à tecnologia, as criptos utilizam o blockchain, que funciona como uma rede de dados descentralizada que armazena as informações das transações. 

Desse modo, essas moedas virtuais são uma alternativa às moedas tradicionais, mas com toda a segurança e tecnologia de ponta. 

Riscos ao investir em criptoativos 

As criptomoedas são ativos de renda variável, portanto seu preço é definido pelas interações de oferta e demanda do mercado. 

No curto prazo, a oferta e a demanda aumentam por uma mudança do pessimismo ou do otimismo dos investidores. 

No longo prazo, a variação no preço das moedas se dá por uma melhora ou piora em seus fundamentos. 

Por isso, o maior risco que o investidor corre ao investir em criptomoedas é o risco de mercado, que é a possibilidade de uma variação negativa no preço dos ativos. 

Além desse, você também corre o risco operacional. Isso porque, no processo de como investir em Bitcoin, você verá que uma excelente opção é investir através de corretoras

Nesse sentido, você estará sujeito à um bloqueio de recursos, uma falha no sistema ou até um ataque hacker. 

Contudo, se você escolher uma boa instituição, esse risco será muito pequeno, quase irrelevante em termos práticos. 

Como investir em Bitcoin com segurança? 

Como foi dito, existem muitas formas de como investir em Bitcoin hoje em dia, mas nem todas têm o mesmo grau de facilidade e segurança. 

Atualmente, existem três principais formas de adquirir Bitcoins: 

  • Comprando diretamente de outra pessoa (peer-to-peer); 
  • Comprando através de uma corretora (exchange); 
  • Minerando; ou 
  • Recebendo como pagamento. 

Comprar diretamente de alguém 

A forma mais antiga de comprar Bitcoin é através de uma negociação direta, em que um investidor transfere suas moedas para outro. 

Nesse processo, um investidor envia as criptos para o endereço público de outro, que pode ser de uma carteira ou de uma conta de corretora. 

Do outro lado, o outro investidor vai enviar o valor em reais ou dólares que foi acordado para a conta bancária escolhida. 

O interessante é que hoje em dia existem vários sites especializados que oferecem esse serviço de intermediação direta entre investidores. 

Comprar através de exchanges 

Exchanges são corretoras de criptomoedas e são a forma mais tradicional, fácil e simples de como investir em Bitcoin. 

Basicamente, ela serve como uma ponte entre o investidor e o mercado, além de oferecer outros serviços, como a própria custódia das criptomoedas. 

Nesse processo, o investidor só precisará criar sua conta, transferir seus recursos e comprar Bitcoins. 

Contudo, as exchanges não são iguais entre si. Por isso, verifique os serviços e produtos oferecidos, atendimento prestado e os custos cobrados para que você escolha a melhor instituição. 

Minerar Bitcoins 

A mineração não é uma forma de comprar Bitcoins propriamente dita, mas é uma forma de adquirir. Contudo, ela não é acessível para o investidor comum, apenas para grandes empresas. 

Isso porque, é preciso uma rende de muitos computadores muito potentes ligados 24hrs por dia para que você consiga ter retorno com essa operação. 

De todo modo, a mineração funciona basicamente como uma troca, em que o investidor cede força computacional para manter a rede ativa em troca de uma recompensa em criptomoedas. 

Aceitar como pagamento 

Essa última forma também não é um modo de comprar, mas de adquirir Bitcoins de forma simples. 

Ela funciona muito parecida com a compra direta de Bitcoins, mas a diferença é que você vai vender um produto ou um serviço em troca das criptos. 

Hoje em dia, já existem muitos cartões de crédito e ferramentas de pagamento em cripto, o que facilita bastante essa forma de conseguir Bitcoins. 

Onde investir em Bitcoin no Brasil? 

No Brasil, já é possível investir em Bitcoin através das quatro formas citadas acima, mas a mais simples e fácil é através das corretoras. 

Dentre as corretoras de criptomoedas do país, as melhores são: 

  • Binance; 
  • Mercado Bitcoin; 
  • Foxbit; 
  • NovaDAX; e  
  • Coinext. 

Além disso, algumas dessas exchanges oferecem o serviço bancário em criptomoedas, com cartão de crédito, empréstimos e muito mais. 

Veja também: ETF de Bitcoin: QBTC11 ou BITH11, Qual é o Melhor? Confira!

Volatilidade das criptomoedas 

A volatilidade das criptomoedas é um tema bastante discutido e é um dos fatores que espantam muitos investidores. 

Como você pode no gráfico a seguir, nos últimos 2 anos, o preço das duas principais criptomoedas, Bitcoin e Ethereum, variou bastante: 

preço bitcoin e ethereum no último ano
Preço do Bitcoin (azul) e Ethereum (laranja) desde 2021.

Contudo, mesmo com essa volatilidade, é possível ver que o Bitcoin valorizou 191% e o Ethereum 81% no período. 

E por que há tanta oscilação? Porque o mercado de criptoativos ainda é muito recente, então ele ainda está em fase de consolidação. 

Além disso, podemos observar no gráfico a seguir a volatilidade não está presente apenas no mercado de criptomoedas, mas no de ações também. 

desempenho do ibovespa e do s&p desde 2018
índice Ibovespa (azul escuro) e S&P 500 (azul claro) desde 2018.

Nos últimos anos, os mercados foram bem agitados, com pandemia, guerras, mudanças na presidência dos EUA e alta inflação e elevação da taxa de juros

Então, é natural que todos os ativos sejam impactados, inclusive o Bitcoin. 

Dúvidas frequentes sobre o assunto

Bitcoin é a primeira e mais valiosa criptomoeda que existe. Ela foi criada em 2008 por Satoshi Nakamoto. 

Atualmente, ela é aceita por várias empresas e países como meio de pagamento e moeda oficial, respectivamente.

O preço do Bitcoin varia muito, diariamente, então não é possível dizer quanto custa um Bitcoin hoje. 

Contudo, essa moeda já chegou ao preço de 375.000,00 reais. 

Criptomoedas são moedas virtuais que usam a criptografia para proteger suas informações e para processar as negociações. 

Atualmente, existem milhares de criptomoedas com propostas e tecnologias diversas. 

Hoje em dia, as principais criptomoedas são (em valor de mercado): 

  • Bitcoin; 
  • Ethereum; 
  • Tether; 
  • USD Coin; 
  • BNB; 
  • Binance USD; 
  • Cardano; 
  • XRP; 
  • Solana; e  
  • Dogecoin.

Vale a pena investir em Bitcoin? 

Apesar de ser a mais tradicional criptomoeda, precisamos entender se vale a pena investir em Bitcoin. 

Em primeiro lugar, você precisa conhecer a tecnologia por trás dessa moeda para que possa decidir se ela tem potencial ou não. 

Feito isso, você terá que decidir se esse potencial de curto prazo ou de longo prazo para que você possa definir uma estratégia. 

Após isso, você terá que definir qual parcela da sua carteira será alocada nessa moeda, se 20%, 10% ou 5%, por exemplo. 

Caso você veja potencial apenas no curto prazo, você terá que definir estratégias de trade que poderão te trazer retornos com a volatilidade da moeda. 

Ou então você pode simplesmente ficar de fora mesmo. 

Por fim, siga sua estratégia à risca para que você possa otimizar seus resultados e ganhar mais dinheiro.

CONTINUE LENDO

Compartilhe este conteúdo


Escrito por Marcos Vitor Especialista em Investimentos

Especialista em investimentos da Mobills, Marcos Vitor é formado em Economia pela UFC, apaixonado pelo mercado financeiro e acredita no poder da educação financeira para transformar vidas.

  • Especialista em Investimentos Anbima (CEA);
  • Economista (UFC);
  • Gestão de Riscos - ANBIMA;
  • Criptomoedas (NovaDAX).

Assine a Newsletter Mobills
Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Você também vai gostar