Melhores Melhores Melhores Ferramentas Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
investimentos
isca
Não
evergreen

Previdência Privada para médicos: o que é e como funciona?

Se você está pensando em garantir uma aposentadoria confortável e mais tranquila, saiba tudo sobre Previdência Privada para médicos.

Artigo escrito por Equipe Mobills em 26 de Abril de 2024

A Previdência Privada é uma alternativa interessante de investimentos para médicos, especialmente para os profissionais que buscam garantir uma aposentadoria confortável.

Aliás, essa modalidade de investimento pode ser uma maneira de complementar a aposentadoria do INSS e ainda servir como método de diversificação do portfólio.

Nesse contexto, este artigo busca mostrar o que é a Previdência Privada para médicos, como ela funciona, os tipos que existem, as vantagens desse investimento, entre outras informações relevantes. Vamos lá?

O que é a Previdência Privada?

A Previdência Privada é um sistema de previdência complementar oferecido por instituições financeiras, como bancos e seguradoras, que funciona como uma forma de “poupança de longo prazo”, para garantir uma renda futura ao investidor após sua aposentadoria ou em momentos de necessidade financeira.

Existem dois tipos principais de Previdência Privada: o Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) e o Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL), que podem ser vantajosos de maneiras diferentes. Veja a seguir as principais diferenças entre essas modalidades.

Quais são as modalidades de Previdência Privada?

Existem duas modalidades de Previdência Privada: a PGBL e a VGBL.

PGBL

No PGBL, o investidor pode deduzir as contribuições feitas ao plano do seu Imposto de Renda (IR) anual, desde que essas contribuições não ultrapassem 12% da sua renda bruta tributável.

O IR sobre os rendimentos acumulados no plano é pago apenas no momento do resgate ou recebimento do benefício, incidindo sobre o valor total resgatado.

No momento do resgate ou da aposentadoria, é possível optar por receber o montante acumulado em forma de renda mensal (pensão) ou de uma única vez (resgate total ou parcial).

VGBL

No VGBL, por outro lado, não há possibilidade de dedução das contribuições no Imposto de Renda. Portanto, é indicado para quem utiliza o modelo de declaração simplificado do IR ou já atingiu o limite de 12% de dedução com outros investimentos, como o PGBL.

A tributação incide apenas sobre os rendimentos acumulados no plano, no momento do resgate ou recebimento do benefício.

Assim como no PGBL, é possível escolher receber o montante acumulado em forma de renda mensal ou em uma única vez.

Ambos os planos oferecem a possibilidade de escolher entre perfis de investimento conservadores, moderados ou arrojados, conforme o perfil de risco do investidor e seus objetivos financeiros.

Quais são as vantagens de investir em Previdência Privada?

A Previdência Privada é uma opção interessante para quem busca complementar a Previdência Social (INSS) e garantir uma renda mais confortável na aposentadoria, além de ser uma forma eficiente de planejar o futuro financeiro e acumular patrimônio a longo prazo.

Veja em detalhes as principais vantagens desse investimento:

  • Complemento à Previdência Social: a Previdência Privada permite que brasileiros complementem a Previdência Social oferecida pelo governo. Como o sistema público de previdência no Brasil enfrenta desafios devido ao envelhecimento da população e ao déficit crescente, contar com uma Previdência Privada pode garantir uma renda extra na aposentadoria.
  • Benefícios fiscais: planos de Previdência Privada, como o PGBL, oferecem benefícios fiscais, como a possibilidade de dedução das contribuições no Imposto de Renda, o que pode gerar uma economia tributária significativa, especialmente para quem está na faixa mais alta de alíquotas do IR.
  • Planejamento financeiro de longo prazo: a Previdência Privada é uma forma eficaz de planejar o futuro financeiro e acumular patrimônio a longo prazo, pois os recursos investidos são destinados a serem resgatados apenas no momento da aposentadoria ou em situações de necessidade financeira, incentivando o hábito de poupar e investir de forma disciplinada.
  • Proteção patrimonial: os recursos investidos em Previdência Privada são protegidos contra processos judiciais e podem ser considerados como reserva financeira em caso de imprevistos, proporcionando uma maior segurança patrimonial para o investidor e sua família.
  • Opções de recebimento: na fase de resgate ou recebimento do benefício, é possível escolher entre receber o montante acumulado em forma de renda mensal (pensão) ou em uma única vez (resgate total ou parcial), o que traz mais flexibilidade para atender às necessidades financeiras específicas de cada pessoa.

Qual é o valor mínimo para investir na previdência privada?

O valor mínimo para investir na previdência privada pode variar de acordo com a instituição financeira e o tipo de plano escolhido.

Em geral, os bancos e seguradoras costumam estabelecer um valor mínimo de investimento inicial, que pode variar de algumas centenas a milhares de reais.

Algumas instituições oferecem planos com investimento inicial bastante acessível, enquanto outras podem exigir um montante maior.

Tudo vai depender de qual plano você vai escolher, bem como a política de quem o administra. Além do valor inicial, você deve também deve considerar o valor dos aportes mensais.

Quais são as taxas e custos envolvidos?

Na previdência privada, as taxas podem incluir:

  • Taxa de administração: cobrada pela instituição financeira para cobrir os custos de gestão do fundo.
  • Taxa de carregamento: cobrada sobre os aportes realizados pelo investidor e destinada a custear despesas administrativas e de vendas do plano.
  • Taxa de performance: cobrada quando o Fundo supera um determinado índice de referência.
  • Taxa de saída: cobrada em caso de resgate antecipado do investimento, podendo variar conforme o tempo decorrido desde a aplicação.
  • Outras taxas: podem incluir taxas de custódia, de corretagem e eventuais taxas de transferência.

É importante verificar todas essas taxas antes de optar por um plano de previdência privada e entender como elas podem impactar o rendimento do investimento ao longo do tempo.

Previdência Privada para médicos: vale a pena?

Até aqui, você viu os principais benefícios da Previdência Privada. Mas e para médicos, essa também é uma alternativa eficaz e vantajosa?

A resposta é sim, a Previdência Privada pode ser uma possibilidade interessante para médicos que buscam diversificar a carteira.

⚠️ Entretanto, vale a pena ressaltar que essa não é uma recomendação de compra da nossa equipe. Lembre-se que a decisão final de investir é sempre sua.

Explicamos a seguir alguns motivos que mostram por que profissionais da medicina podem buscar diversificar o patrimônio com essa possibilidade de investimento. Acompanhe!

  • Médicos, especialmente o que trabalham em consultórios, podem ter uma renda variável ao longo da carreira, com períodos de alta demanda e outros de menor atividade. Portanto, investir em Previdência Privada permite um planejamento financeiro mais estável, contribuindo para garantir uma renda futura durante a aposentadoria, independentemente das oscilações na renda profissional.
  • Os benefícios fiscais oferecidos pelos planos de Previdência Privada, como a possibilidade de dedução das contribuições no Imposto de Renda, podem ser vantajosos para médicos que estão sujeitos a alíquotas mais elevadas de IR devido aos altos rendimentos.
  • Investir em Previdência Privada pode oferecer uma proteção adicional ao patrimônio desses profissionais da medicina, uma vez que os recursos investidos estão protegidos contra processos judiciais e podem ser considerados como reserva financeira em casos de imprevistos, como citamos anteriormente.
  • Planos de Previdência Privada permitem designar beneficiários para receber os recursos acumulados em caso de falecimento do titular, facilitando o planejamento sucessório e garantindo que os recursos sejam destinados de acordo com os desejos do médico investidor.

É importante, porém, que os médicos avaliem com cuidado as características e condições de cada plano de Previdência Privada, considerando seus objetivos financeiros, perfil de risco e necessidades específicas, antes de tomar uma decisão final.

Além disso, é fundamental buscar orientação de uma assessoria especializada em investimentos para garantir que a Previdência Privada seja uma opção adequada e eficaz para as necessidades desse profissional da saúde.

Santander Select: benefícios exclusivos para médicos

Se você é médico e procura uma assessoria especializada para te ajudar a investir, multiplicar seus ganhos e ainda obter diversos benefícios exclusivos para diversificar seu patrimônio, é hora de abrir uma conta Santander Select.

São diversas vantagens para médicos, como:

Para desfrutar de todas essas vantagens, é só clicar abaixo e começar hoje mesmo a ser Select:

Santander Select

Seja cliente Select e aproveite para investir com um atendimento especializado.

URL verificada


Escrito por Equipe Mobills Redator Web

Por trás da Mobills temos um time de sonhos, de coragem, criatividade e inovação, unido por um propósito em comum: gerar liberdade financeira.

Você também vai gostar


.
.