Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
outros
isca
Não
anual

Como evitar compras por impulso? Aprenda na prática!

Comprar por impulso de maneira recorrente pode ser prejudicial para o seu orçamento e qualidade de vida. Sendo assim, confira maneiras de como eliminar esse hábito!

Artigo escrito por Larissa Brioso em 01 de Março de 2022

As compras por impulso são, constantemente, capazes de arruinar a vida financeira e sua qualidade de vida. Não importa quão bom você seja em juntar dinheiro e viver dentro das suas condições, o impulso de comprar é, muitas vezes, irresistível.

Quem nunca comprou algo por impulso e depois descobriu que não precisava daquilo naquele momento? Ou não precisava de jeito nenhum?

Celulares, computadores e diversos equipamentos eletrônicos, roupas e sapatos de marca, automóveis, todos esses bens materiais são exemplos de desejos passageiros que qualquer indivíduo pode ter.

Ademais, além de ser uma atitude que prejudica suas finanças pessoais, as compras por impulso podem afetar de forma brusca o seu bem-estar.

Afinal, estar em dia com a saúde financeira proporciona qualidade de vida.

Sabendo disso, este artigo vai te ajudar a entender essa situação, rever alguns hábitos e colocar em prática algumas dicas para eliminar o impulso de comprar.

Vamos lá?

O que é comprar por impulso?

Compras por impulso são, de maneira resumida, as compras que uma pessoa faz sem ter planejamento financeiro e que, na maioria das vezes, podem ser motivadas por desejos momentâneos e sem necessidade.

Existem, no entanto, vários tipos de compras por impulso e várias razões para que isso aconteça. Você pode, por exemplo, estar experimentando certas emoções, como felicidade ou estresse.

Passar por essas emoções pode fazer com que você se sinta motivado a comprar um produto ou serviço que corresponda ao seu estado de espírito daquele momento.

Contudo, algumas pessoas não costumam considerar as consequências futuras dessas compras, o que pode acabar sendo prejudicial.

Sendo assim, essa decisão não planejada de comprar algo, pensando somente no bem-estar a curto prazo, é chamada de compra por impulso.

Como eliminar os gastos por impulso

Muitos fatores podem contribuir para as compras por impulso. Por isso, para que você possa eliminar, mesmo que aos poucos, essa prática de agir por impulso nas compras, confira as principais dicas!

1. Faça um planejamento financeiro

Ter um planejamento financeiro é um aspecto positivo em vários quesitos da vida, sobretudo na organização e saúde financeira.

Por exemplo, ao planejar o mês pode ser que você, ao sentir o desejo de compra, confira como vai estar o seu orçamento familiar ou pessoal, e se há margem para gastos diferentes do que planejou.

Sendo assim, procure planejar-se e contribuir para que não haja espaço para gastos por impulso no seu dia a dia.

2. Siga a regra da espera

Pode ser a “Regra de uma hora”, a “Regra de uma semana” ou a “Regra dos 30 dias”, não importa como você a conhece ou quanto tempo está disposto a esperar, a ideia é a mesma.

Ao ver algo que desperta a vontade de comprar, espere por certo período de tempo antes de efetuar a compra. Quanto mais tempo você conseguir esperar, melhor.

Então, se após o término do prazo você ainda estiver com vontade de comprar aquele produto e analisou bem para saber se ele se encaixa no seu orçamento, considere fazer a compra.

3. Não compre quando estiver na “bad”

Essa é uma dica especial para quem gosta de fazer compras para se satisfazer quando a “bad” bate.

É compreensível o quanto é reconfortante comprar roupas novas ao entristecer ou quando a ansiedade bate, mas a sensação de conforto não dura muito.

Por isso, antes de comprar, faça as seguintes perguntas para si mesmo:

  • Eu realmente quero esse produto?
  • Eu posso pagar por ele?
  • Eu preciso dele nesse momento?
  • O preço está realmente bom?

4. Evite ir às compras com pessoas muito consumistas

Se você tem amigos que gostam de comprar e gastar, sair para um shopping com eles poderá tornar mais fácil o processo de convencimento de que você deve comprar algo que gostou.

Mas, se você gosta de ter companhia na hora das compras, procure pessoas que tenham controle financeiro ao abrir a carteira.

Com certeza, uma boa companhia pode ajudar a decidir o que é importante ou não para comprar naquele momento.

5. Utilize um gerenciador financeiro

Utilizar um gerenciador financeiro para controlar gastos é, atualmente, uma das maneiras mais eficazes de controle de gastos para que gosta de tecnologia.

O Mobills, por exemplo, é uma das melhores opções disponíveis no mercado para que você possa controlar seus gastos de uma maneira eficaz e simples.

Mobills: Finanças e Cartões

Avaliação Mobills
4.5 300
Avaliação Mobills
URL verificada
Plataforma Android, iOS e Web.
Funcionalidades Controle de contas, cartões planejamentos e objetivos.
Preço Menos de R$8,40 por mês para ter suas contas em dia.
Benefícios App com ótima usabilidade e Design.
URL verificada
  • Mais detalhes do Mobills
    • Conecte suas contas e cartões: Saiba para onde o seu dinheiro está indo com nossas integrações automáticas. Gerencie todos os seus gastos e evite o cheque especial, o empréstimo com maior taxa de juros do mercado;
    • Monte um planejamento financeiro: Faça orçamentos mensais e mantenha seus gastos sob controle. Defina alertas para evitar passar do seu limite de despesas;
    • Crie objetivos: Determine metas para alcançar os seus sonhos. Quer comprar uma casa, fazer uma viagem? Crie objetivos no app e realize os seus desejos.

6. “Esqueça” o cartão em casa

Se você entende que está difícil controlar o impulso de compra, deixar o cartão de crédito em casa vai ficar muito mais fácil.

Assim, só saia com seus cartões no dia que você realmente for usá-los, sabendo que aquela compra não é impulsiva. Prefira, dessa forma, levar dinheiro, pois é possível que você tente ser o mais econômico possível.

Compare os cartões de crédito

Selecione abaixo os cartões que você deseja comparar

Cartão Santander SX Cartão Santander SX
Selecione aqui o 2º cartão
Cartão Santander SX

Cartão Santander SX

4.5
URL Verificada
Sujeito à análise de crédito
Anuidade
Anuidade: Gratuita (para faturas acima de R$ 100,00)
Cobertura: Internacional
Bandeira
Bandeira: Visa Gold
Benefícios
Benefícios:
  • Descontos
  • Sem anuidade
Renda mínima
Renda mínima: Com conta: Não exige renda. Sem conta: R$ 1.045,00

7. Descubra quais são seus gastos mais irresistíveis

Qual o seu padrão de compras? Se você é geek, por exemplo, pode acabar cometendo deslizes com produtos temáticos. Outras pessoas gastam com sapatos, enquanto outras não resistem a roupas e comida.

Portanto, se você encontrar uma forma de mapear quais são seus gastos mais impulsivos, você terá algo para refletir na hora de comprar.

8. Priorize seus sonhos

Pessoas comprando por impulso e esquecendo de economizar para os próprios sonhos é algo, atualmente, visto.

Porém, o mais sensato a se fazer, para mudar esse hábito, é colocar no papel ou aplicativo as suas metas pessoais, profissionais e financeiras.

É bem mais simples economizar estabelecendo metas bem claras, uma vez que elas podem servir de guia para as maiores decisões financeiras.

Sem objetivos claros, você pode cair no erro de pensar “Para que eu estou economizando?”, o que pode ser nocivo para as suas finanças.

9. Doe antes de comprar

Se você quer algo novo, vá para casa e procure um item semelhante antes de comprar o que você deseja.

Por exemplo, se você quer uma camisa nova, escolha uma camisa antiga e faça a doação. No entanto, caso não possa encontrar algo que esteja disposto a doar, não poderá adicionar uma nova ao seu guarda-roupa.

Além disso, ter que se desfazer de algo em primeiro lugar pode lhe dar tempo para pensar em quanto você quer aquele novo item.

10. Aprenda a lidar com o desejo de comprar alguma coisa

É importante levar em consideração todas as dicas dadas até aqui para que, assim, você esteja consciente quando sentir o desejo de comprar alguma coisa.

Ser capaz de identificar suas motivações para a compra por impulso pode, inclusive, ajudar a poupar dinheiro.

Todo mundo age fazendo compras por impulso, é claro, de vez em quando. Porém, esse tipo de compra em um nível extremo pode levá-lo a dívidas incontroláveis que, em consequência, podem levar à infelicidade em áreas importantes da sua vida

Por isso, é melhor que você conheça os sinais de alerta de que sua compra por impulso pode estar afetando sua vida.

Como saber se é uma compra por impulso?

Muitas vezes, a vontade de comprar é influenciada por fatores externos.

Sendo assim, é importante identificar as causas das pessoas comprando por impulso, a fim de impedir que isso aconteça ou, pelo menos, controlar melhor na próxima vez.

Por isso, confira a seguir alguns fatores que podem ajudar a identificar uma pessoa comprando por impulso.

Analise a sua vontade de comprar coisas novas

Quase todo mundo experimenta uma felicidade temporária ao adquirir algo e poder usar o item em questão, uma vez que é novo. Porém, é preciso levar em conta que essas novidades fazem com que você se sinta bem, muitas vezes, de forma momentânea.

Entretanto, para algumas pessoas, essa vontade de sempre ter algo novo é bem mais forte, e acaba gerando uma compulsão por compras.

Então, se este é o seu caso, procure se policiar para que o agir por impulso não tome conta de você quando o assunto é comprar. Lembre-se que você não precisa de tudo e aprenda a diferença entre desejo e necessidade.

Observe o medo de perder oportunidades

Primeiramente, é válido ressaltar que nem todas as promoções são maneiras eficientes de economizar. Se você adquire itens somente por eles estarem com valor promocional, isso pode sinalizar que você compra por impulso.

Por exemplo, se algo chegou às lojas e está com um preço bom, mas você não precisa daquilo no momento, e não sabe quando vai precisar, essa não é uma boa forma de economia.

Por isso, substitua o pensamento de “se eu não comprar agora, vou perder a promoção” por “a economia é maior se eu não comprar”, afinal, você nem sabe se precisa.

Lembre-se que as promoções podem, inclusive, voltar em datas especiais, como o evento da Black Friday.

Identifique o seu sentimento depois da compra

É importante estar atento ao seu sentimento após comprar algo.

As compras por impulso são, de uma maneira geral, caracterizadas por um sentimento de culpa ou dúvida após algumas horas depois de realizar a aquisição.

Ou seja, caso você sinta uma felicidade passageira ao comprar e depois um sentimento culposo, de arrependimento, pode significar que você agiu por impulso em relação àquela compra.

Por outro lado, caso você esteja tranquilo e tenha a certeza de que adquiriu algo de maneira consciente, que não prejudicou e nem vai prejudicar o seu orçamento, é um sinal de que pensou bem antes de comprar.

Analise a fatura do cartão de crédito

Um dos passos mais importantes é a sua fatura do cartão de crédito, pois um dos sinais de que você age por impulso, no momento das compras, é ter a fatura do cartão muito alta ou estourada.

Por isso, fique de olho na sua fatura e observe os itens presentes nela. Afinal, a maioria das compras por impulso são feitas no cartão de crédito, uma vez que ele pode dar a impressão de que o consumidor não está pagando por nada.

Você pode querer saber também

Uma pesquisa do SPC Brasil mostra que os itens mais adquiridos no impulso são do setor alimentício, como pães, leite, café, suco entre outras coisas. Portanto, o local mais comum para encontrar esses itens é o supermercado.

A compra por impulso pode estar associada a muitos fatores, como estresse ou felicidade em altas escalas. O ideal é que você esteja preparado para não realizar esse tipo de compra, colocando as dicas dadas nesse conteúdo em prática.

Se você segue um orçamento, como é recomendado, a compra por impulso pode atrapalhar os planos que você tem a curto, médio ou longo prazo. Além disso, não é fácil adquirir hábitos financeiros saudáveis comprando impulsivamente.

Um planejamento eficaz, bem como o controle financeiro, pode ser um excelente aliado quando o assunto é evitar o consumismo. Por isso, saiba como controlar gastos e evite o consumo compulsivo.

Atualmente, o percentual de compras por impulso chega a 44%, de acordo com uma pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do SPC Brasil.

Afinal, por que o impulso de compra é um problema?

Se você segue um orçamento pessoal, como todas as pessoas deveriam fazer, comprar por impulso irá atrapalhar essa meta de gastos e arruinar qualquer planejamento que você tenha para economizar dinheiro.

Sem um planejamento adequado para as compras, você está usando o dinheiro que inicialmente pretendia gastar em outro lugar com algo que você não precisa no momento.

Essa é uma atitude que pode te deixar com pouco ou nenhum dinheiro para comprar as coisas que você realmente precisa.

Por esse motivo, procure colocar em prática, mesmo que aos poucos, os passos descritos no decorrer deste artigo. Se for preciso, leia mais uma vez e tire suas dúvidas comentando, para que nossos especialistas possam te responder.


Compartilhe este conteúdo


Escrito por Larissa Brioso Educadora Financeira

Educadora Financeira na Mobills; formada em Economia pela Universidade Federal do Ceará; e estudante de Gestão de Negócios e Marketing. Possui experiência na área de marketing e criação de conteúdo com ênfase em educação financeira, comunicação de marketing, indicadores de marketing, mídias sociais, SEO e CRM.

  • Editora-chefe do Blog Mobills;
  • Formada em Economia;
  • Estudante de Gestão de Negócios e Marketing.

Assine a Newsletter Mobills
Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Você também vai gostar


🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

2 comentários publicados nesse artigo
    02/03/2022 às 07:48

    Larissa Brioso obrigado pelo conteúdo. Fiquei espantado em saber que 44% das compras são por impulso. E como redator, fiquei maravilhado com a fluidez e como o texto m envolveu. Parabéns.

      03/03/2022 às 09:43

      Oi, Gabriel! Espero que esteja bem. 🙂 Fico muito feliz com o seu feedback, ainda mais vindo de outro redator. Forte abraço!

.