Data de emissão do RG: Saiba onde encontrar no seu documento!

A data de emissão do RG é tão importante quanto o número do documento e muitos serviços solicitam este dado. Saiba onde encontrar essa informação de três formas!

Artigo escrito por Jennifer Figueiredo em 19 de Agosto de 2021

Imagem de onde fica a Data de emissão do RG

A nossa carteira de identidade reúne diversas informações tanto do titular como do documento, incluindo a data de emissão ou expedição do RG (Registro Geral).

É comum que esse dado seja solicitado em processos cadastrais ou para solicitação de algum produto ou serviço financeiro.

Graças à tecnologia, atualmente já tem como saber a data de emissão do RG, mesmo que esteja fora de casa e sem o documento em mãos.

De forma online, é possível acessar essa informação e descobrir o dia da expedição da carteira de identidade, além de poder consultar o número do RG, CPF, órgão emissor etc.

Então, para entender como fazer isso, acompanhe as dicas que reunimos neste conteúdo.

Onde consultar a data de emissão do RG?

É aconselhável que todo cidadão leve o seu RG – ou outro documento original com foto, ao sair de casa, já que este documento é fundamental para a identificação de cada pessoa.

Assim, quando algum dado for solicitado, você poderá passar essas informações, sem nenhum problema. Mas, existe uma forma ainda mais prática de não esquecer sua carteira de identidade, ao utilizar o RG Digital no celular.

Além disso, lembre-se que essas informações são necessárias caso solicite um cartão de crédito, empréstimo, financiamento, entre outros serviços ou produtos financeiros.

Então, acompanhe três formas de consultar a data de expedição do RG (dia, mês e ano da emissão):

No documento

Na sua Carteira de Identidade, descubra a data de emissão no verso da cédula. Este dado fica na parte superior, do lado direito do documento, em frente ao número do Registro Geral.

Portanto, se essa data for solicitada e você estiver portando o RG, basta olhar na parte de trás da cédula para localizar.

Pelo site Meu INSS

  1. Primeiramente, acesse o portal Meu INSS;
  2. Clique em “Entrar com gov.br” para acessar o cadastro ou criar um novo;
  3. Digite o número do seu CPF para verificar se possui um cadastro no site;
  4. Caso não tenha, basta preencher os dados solicitados para criar o seu;
  5. Mas, se já possui login, informe sua senha;
  6. Na área logada, clique em “Meu Cadastro”, no menu superior à esquerda;
  7. Em seguida você verá todas as suas informações pessoais, desça a página e localize a sessão “Documentação”;
  8. Por fim, o seu RG consta como “Identidade”, em que é possível saber a data de expedição, o órgão emissor e o número do documento.

Pelo APP Meu INSS

Além do site, o Meu INSS também tem uma versão em aplicativo, onde você pode consultar a data de emissão do RG facilmente. Veja como:

  1. Faça download do app Meu INSS no seu dispositivo (Android / iOS);
  2. Em seguida, abra o aplicativo e clique em “Entrar com gov.br”;
  3. Insira o seu CPF e senha para entrar em sua conta ou crie uma nova;
  4. No aplicativo, clique no menu superior esquerdo, depois em “Meu Cadastro”;
  5. Então, desça a tela até “Documentação” no item “Identidade”;
  6. Por fim, localize a data de emissão do RG e outras informações.

Contudo, caso você ainda não seja filiado à Previdência do INSS por meio de trabalho registrado ou contribuição individual, é possível que os dados da sua carteira de identidade ainda não constem neste sistema.

Para que serve a data de emissão do RG?

A data de emissão do RG indica o dia, mês e ano em que o documento foi expedido e passou a ter valor legal.

Apesar da cédula não ter prazo de validade, a carteira de identidade pode ser recusada em alguns serviços, quando não é possível identificar o titular pela foto.

Dessa forma, a expedição serve para ter uma noção de quanto tempo o documento físico existe e assim, o cidadão poderá tirar uma segunda via atualizada.

Mobills – Controle de Gastos

4.8 500
Baixe gratuitamente na loja ou site
Plataforma Android, iOS e Web
Funcionalidades Controle de contas, cartões e objetivos.
Preço Gratuito com funcionalidades Premium (Paga)
Benefícios App com ótima usabilidade e Design
Baixe gratuitamente na loja ou site
  • Mais detalhes do Mobills
    O Mobills é um aplicativo de controle de gastos e finanças pessoais que irá lhe ajudar a alcançar o sucesso financeiro que você sempre sonhou.

    🎯 Nossa missão é transformar sua vida financeira para melhor e eliminar de vez todos os seus problemas com dinheiro.

    💰 Tudo isso é possível porque o Mobills é a maneira mais simples, fácil e segura para você economizar e juntar dinheiro.

    🚀 Confira porque mais de 8 milhões de pessoas escolheram nosso aplicativo para controlar suas finanças e não tomar susto no final do mês.

Como saber o órgão expedidor do RG?

O órgão expedidor é a instituição que emitiu o documento de identidade. Logo, na maioria dos casos, este órgão é a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do estado.

Contudo, existem outros órgãos competentes que também podem expedir o RG, podendo variar em cada estado.

Para saber qual o órgão expedidor do RG, verifique:

  • Na carteira de identidade: na frente do documento, ao lado da foto 3×4, o nome completo do órgão;
  • No site Meu INSS: Meu Cadastro > Documentação > Identidade > Órgão Emissor > Sigla;
  • No App Meu INSS (Android / iOS): Meu Cadastro > Documentação > Identidade > Órgão Emissor > Sigla.

Outras dúvidas frequentes sobre o assunto

Os dois termos referem-se a mesma coisa, a data (dia / mês / ano) em que o RG foi emitido e validado como um documento de identificação oficial.

Você pode solicitar a 2ª via do RG na Polícia Civil, em postos de emissão simplificada (Faça Fácil, Vapt Vupt, Poupa Tempo etc.) ou consultar os aplicativos oficiais do seu estado.

Assim, basta se dirigir a uma unidade ou efetuar o pedido online no site/app do órgão expedidor.

No ato da solicitação, você pode precisar apresentar os seguintes documentos:

  • Foto 3×4 recente;
  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de casamento (se houver);
  • Boletim de Ocorrência em caso de roubo ou furto da carteira de identidade;
  • CPF original ou comprovante de inscrição da Receita Federal – para pagar a taxa da 2ª via, ou para adicionar o número do CPF no RG.

Verifique os requisitos completos no site do órgão expedidor ou posto de emissão.

Em caso de perda, extravio ou roubo do RG siga as orientações:

  1. Dirija-se à Delegacia mais próxima e registre um B.O. (Boletim de Ocorrência). Em alguns estados é possível fazer o registro online;
  2. Solicite a 2ª via do documento de identidade;
  3. Aguarde a emissão do RG físico.

Lembre-se de ter o número dos seus documentos anotados em um lugar seguro, como uma caderneta ou agenda, que fique guardada em casa.

Assim, caso perca esses documentos terá as informações necessárias para emitir novas vias.

Perdeu o seu RG e não sabe o número? Veja como descobrir!

Além da data de expedição, você precisa do número da sua carteira de identidade e não tem acesso ao documento?

Confira algumas maneiras práticas de consultar o seu RG online, pelo CPF!

Continue acompanhando nossos conteúdos de educação financeira em nossas redes: @mobillsedu no Instagram e se inscreva em nosso canal no YouTube!


Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

Notifique-me de novos comentários via e-mail.

Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


Você também vai gostar...


Escrito por Jennifer Figueiredo Jornalista

Jornalista pela Universidade do Oeste Paulista. Uma Redatora que ama café, séries, pets e estar na presença de pessoas queridas.

  • Jornalista;
  • Conteúdo Web e SEO.
.