Melhores Melhores Melhores Ferramentas Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
cartao
isca
Não
anual

O que é o IOF do cartão de crédito? Entenda como é cobrado!

Descubra se é possível se livrar do IOF do cartão de crédito e como identificar quais operações incidem o imposto. Confira!

Artigo escrito por Fabiana Camilo em 08 de Setembro de 2023

Você sabe o que é IOF do cartão de crédito? Talvez você esteja pagando e nem imagina o motivo real desta cobrança.

Por isso, é importante você saber o que é o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e quando ele é aplicado na fatura do cartão de crédito.

São tantas taxas e juros com siglas diferentes que confundem e tornam a compreensão da fatura mais difícil, mas este artigo vai ajudar você a entender o IOF do cartão de crédito.

Para iniciarmos esta conversa sobre IOF é necessário que você entenda que sempre que acontece alguma operação de crédito, seja câmbio, seguros e empréstimos, em um período inferior a 30 dias, o IOF será cobrado.

Desta forma, o imposto é cobrado quando há a entrega de valor a alguma parte, seja ela uma instituição financeira, empresa ou pessoa física. Continue com a leitura e entenda melhor o que é o IOF do cartão de crédito.

O que é o IOF do cartão de crédito?

Assim como acabamos de citar, o valor IOF do cartão de crédito deveria ser um tema muito mais comum do que é. Pois, ele é cobrado sobre todas as transações que realizamos em nosso dia a dia.

O que muitos confundem e acabam acreditando, é que o IOF é uma taxa praticada pelas empresas operadoras de cartões de crédito, mas não é!.

O IOF é um tributo regulamentado pelo governo e que analisa os dados da economia brasileira conforme a utilização de crédito no mercado.

Sabendo disto, é o próprio governo quem determina os valores cobrados e em algumas situações, pode haver a alteração do valor através de um decreto.

Quando isso acontece, é por um período determinado e com objetivos específicos, como por exemplo, arrecadar fundos que financiem alguma dívida ou projeto.

Como é cobrado o IOF do cartão de crédito?

A sua dúvida consiste em saber como é cobrado o IOF do cartão de crédito? Fique tranquilo que explicaremos agora.

Saiba que o IOF não é uma taxa de juros, mas um imposto cobrado sobre qualquer tipo de transação que seja realizada uma operação financeira.

Muitas vezes, acaba sendo confundido como juros por ser localizado na fatura do cartão de crédito junto com as demais cobranças, mas é apenas para facilitar a soma da quantia final que deve ser paga pelo cliente.

Diante disso, observe que todos os meses você pode pagar IOF no cartão de crédito, automaticamente atrelada a fatura, de modo automático.

Entenda que quando falamos de transações, não falamos de compra de produtos em estabelecimentos nacionais e o parcelamento de valores, esses não possuem a incidência de IOF.

As operações financeiras como compras internacionais, em lojas físicas ou virtuais, entrada no cheque especial, concessão de empréstimos e financiamentos são cobrados IOF do cartão de crédito.

Como calcular o valor do IOF?

Como são valores baseados em uma alíquota do IOF, existe uma para cada operação financeira. Isso significa que os valores podem variar acompanhando taxas e tarifas, que não são impostos, mas os valores cobrados pelas instituições financeiras, tais quais os juros.

Para calcular o valor do IOF é preciso entender em qual situação financeira o cartão de crédito está sendo usado, verificar as questões de juros da empresa e só então fazer cálculos. Confira como funciona a tributação em diferentes cenários!

Em compras internacionais

Quando o cartão de crédito é usado para compras internacionais, realizadas em câmbio diferente do Real, serão sempre consideradas uma operação financeira e sobre elas incidem o IOF.

Aqui também é considerado compras internacionais as operações em lojas virtuais de outros países. Ainda que seja uma interface em português, com informações voltadas para o público brasileiro.

Se a operação acontece com uma empresa internacional, com operação no exterior e usando o cartão de crédito, será cobrado o IOF da compra.

As operações realizadas desta forma, incidirão o custo de 6,38% sobre o valor da compra convertida em reais, se ela for realizada no cartão.

Cheque especial

O cheque especial é o nome dado para a operação de crédito que é concedida pelos bancos quando os gastos excedem o valor que existe em conta.

O banco deixa um valor excedente disponível, como linha de crédito, para o uso emergencial e cobra juros quando ela for utilizada. Sobre ela recai o IOF que é 0,38%, sobre a quantia usada e 0,0082% por dia, até a quitação da dívida.

Empréstimos e financiamentos

Os empréstimos financeiros cobram juros e taxas estabelecidos pelas instituições bancárias e de crédito, além do IOF ao governo.

Nesta modalidade, é cobrado IOF de 0,38% sobre o valor total do empréstimo ou financiamento e 0,0082% por dia, até que a dívida seja inteiramente quitada.

Caso você tenha um empréstimo em andamento, não se preocupe. Ainda que possa acontecer um decreto que altere o valor do IOF, você continua pagando o que ficou estabelecido no contrato, até quitar todas as parcelas.

Apareceu cobrança do IOF na fatura do cartão de crédito, o que significa?

Você percebeu que há uma cobrança de IOF no cartão de crédito e está tentando entender o que pode ter acontecido. Lembre-se que o IOF é cobrado quando é realizada alguma transação que seja considerada uma operação financeira.

Isso pode acontecer nas seguinte situações:

  • Ao atrasar o pagamento da fatura e consequente realizar a utilização do crédito rotativo;
  • Realização de compras no exterior em lojas físicas ou online, mesmo estando no Brasil;
  • Quando realiza o pagamento mínimo ou falta de pagamento integral dentro do prazo estipulado;
  • Solicitou o financiamento da fatura;
  • Fez um empréstimos concedidos por meio do cartão de crédito;
  • Ultrapassou o limite do cartão;
  • Fez saques no crédito.

Dicas para evitar as cobranças do IOF

Não há nenhuma hipótese de cancelamento da cobrança do IOF, pois ele é um tributo previsto por lei. As melhores chances em redução de taxas e juros são adquiridas com as instituições de cartões.

Entretanto, pode-se evitar a cobrança do IOF no cartão de crédito com atitudes de educação financeira como:

  • Realizando os pagamentos das faturas em dia;
  • Evitando parcelar faturas do cartão de crédito;
  • Não utilizar o cheque especial;
  • Evitar a utilização de saques no crédito;
  • Pagar sempre o valor total da fatura;
  • Não pegar empréstimos com cartão.

Apesar de não conseguir cancelar a cobrança do IOF na sua fatura do cartão de crédito, é possível conseguir descontos no IOF de operações já realizadas, por exemplo, adiantado parcelas de um financiamento ou empréstimo.

Viu como ficou mais fácil entender o que é o IOF do cartão de crédito, manter boas práticas e evitar possíveis cobranças?

Aproveite para assinar nossa newsletter e ative as notificações do navegador para receber nossos conteúdos!



Escrito por Fabiana Camilo Jornalista

Líder de Conteúdo na Mobills; formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Santos e Turismo pelo Instituto Federal de São Paulo; Pós-Graduada em Marketing Digital. Possui experiência na área de marketing e criação de conteúdo com ênfase em crédito pessoal, viagens, inbound marketing, indicadores de marketing, mídias sociais, e análise de SEO.

  • Jornalista;
  • Analista de SEO;
  • Especialista em crédito pessoal;
  • Especialista em planejamento de viagens.

Você também vai gostar


.
.