Como reduzir o consumo de energia elétrica e gastar menos na conta de luz

Neste conteúdo, você será capaz de aplicar simples ações na rotina que vão te ajudar a reduzir o consumo de energia elétrica e economizar no final do mês.

Artigo escrito por Carlos Terceiro em 03 de Março de 2021

Lâmpada acesa simbolizando reduzir o consumo de energia

Você talvez esteja se perguntando: como reduzir o consumo de energia elétrica? 

Se sim, você está no lugar certo.

A energia no Brasil não é nada barata, não é a toa que um levantamento realizado pela Global Petrol Price em 2019 mostra que temos a 37º energia mais cara do mundo.

Logo, dentre outros motivos, esse também contribui para nossa surpresa com o valor da conta de energia quando ela chega.

Além disso, ninguém gosta de perceber que nos últimos 30 dias o consumo foi maior do que o normal e que isso terá efeitos negativos nas finanças.

Dessa forma, é muito importante traçar planos de ação para mudar pequenas atitudes na rotina e aprender como economizar dinheiro em seu dia a dia.

Para te ajudar, vamos ensinar como reduzir o consumo de energia elétrica em sua residência e assim gastar menos com a conta de luz. 

Boa leitura!

5 formas de reduzir o consumo de energia elétrica em uma residência

Como reduzir gastos com energia

Você provavelmente já falou diversas vezes: Quero diminuir meu consumo de energia!

Porém, o que fazer?

Confira abaixo 5 dicas práticas que irão te ajudar a economizar energia de uma vez por todas.

1. Busque um aparelho para reduzir consumo de energia

Você sabia que existem aparelhos capazes de reduzir o consumo de energia elétrica?

De acordo com o Inmetro, eletrodomésticos e eletrônicos que tenham o selo Procel apresentam melhor desempenho na hora de consumir energia.

Procel é a sigla para Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica, e o programa está vinculado ao Ministério de Minas e Energia.

Ele tem como objetivo a racionalização da produção e do consumo de energia, gerando uma diminuição nos desperdícios feitos pela população. 

Então, é só procurar pelo selo em qualquer aparelho que você venha a comprar. 

Além disso, perceba também no produto que existe uma avaliação que vai da letra A até a letra E. 

Isso é uma análise do desempenho de eficiência elétrica, e quanto mais próximo do A estiver, melhor ela é. 

Esta é uma ótima forma de orientar o consumidor na hora da compra, então não deixe de reparar esses pequenos detalhes que fazem a diferença!

2. Tome cuidado na hora do banho

Você sabia que o chuveiro é um dos aparelhos que mais consome energia elétrica?

Pois é! Desse modo, o recomendado é evitar usá-lo nos momentos de pico de uso, que vai das 18h até às 21h.

Já que o uso da carga de energia é maior, o valor na conta também será. 

Além disso, quando não estiver em temperaturas de frio, deixe o chuveiro elétrico no modo “verão”. 

Uma outra opção — que está cada vez mais presente na vida dos brasileiros — é o aquecedor de água por energia solar.

Atualmente, os preços não serão tão caros como era no passado, época da “novidade” desse recurso.

Sendo assim, você vai ajudar o meio ambiente!

3. Invista em truques na iluminação

Lampadas led

Sabemos que deixar as luzes acesas é um dos grandes problemas que envolvem o desperdício de energia.

Muitas vezes, não era preciso mantê-las ligadas, mas por questões que não recebem a devida atenção, acabamos cultivando este hábito que não é nada interessante.

Veja, então, algumas formas para economizar neste ponto.

  • Deixe cortinas, janelas e entradas de luz em exposição máxima (ou o mais perto disso) durante o dia;
  • Pinte as paredes da sua casa com cores claras, assim, a luz é espalhada de uma melhor forma, evitando a necessidade de usar lâmpadas durante o dia;
  • Lembre-se de apagar as luzes sempre que sair de um cômodo;
  • Não use as lâmpadas fluorescentes ou incandescentes, se tiver alguma delas, troque-as pelas de LED.

As lâmpadas LED têm diversas vantagens, dentre elas o conforto término – um vez que ela não esquenta muito o ambiente, além de consumir menos menos energia, por exemplo.

4. Adapte alguns pontos da sua rotina

Vamos falar mais sobre o assunto no decorrer do conteúdo, mas já adiantamos que uma série de aparelhos que estão presentes na nossa casa consomem muita energia.

Isso tudo mesmo quando estão desligados!

Por isso, é interessante reavaliar a necessidade de vários deles estarem ligados durante todo o dia.

Um exemplo é o micro-ondas. Em quais momentos do seu dia, fora aquelas alimentações pontuais, você precisa mantê-lo na tomada?

Faça esse exercício com todos os outros aparelhos que ficam na tomada de forma constante. E acredite: você vai se surpreender ao perceber que vários não precisam estar conectados por tanto tempo.

5. Fique de olho na geladeira

A geladeira é um outro eletrodoméstico que consome muita energia. Mas, ao contrário de outros, não é possível mantê-la desligada.

Afinal, ela não cumpriria seu objetivo de armazenar alimentos que precisam de refrigeração.

Sabendo disso, você vai precisar investir em outras dicas para reduzir o consumo de energia elétrica.

Veja algumas delas:

  • Não deixe a porta aberta sem necessidade ou por muito tempo;
  • Se a sua geladeira for do modelo que demanda o degelo, faça ele periodicamente;
  • Mantenha a borracha de vedação da geladeira no melhor estado sempre;
  • Deixe o fogão e a geladeira com uma distância considerável, quando eles estão perto podem atrapalhar o funcionamento do outro;
  • Analise quais produtos podem ficar armazenados em temperatura ambiente.

Como gastar menos energia

Agora que você já aprendeu alguns truques importantes para reduzir o consumo de energia elétrica, listamos os aparelhos que mais contribuem para encarecer a sua conta no final do mês.

Ao evitar ou racionalizar o uso desses aparelhos você irá conseguir diminuir a conta de energia.

Computadores e notebooks

Sabia que mesmo quando eles estão desligados, podem estar consumindo muita energia elétrica? Pois é! Por isso, é importante desconectá-los da tomada sempre que parar de usar.

Videogame

A mesma coisa funciona com os videogames. Em funcionamento, chegam a consumir até 23W por hora. Desligados, quando conectados à tomada, consomem 1W por hora.

Televisão

A televisão, mesmo quando desligada e fora do modo de stand-by, pode consumir até 3W por hora. Por isso, se quiser economizar, é importante tirá-la da tomada. 

Carregador de celular

Temos mania de deixar o celular carregando ao dormir, mas isso faz com que o consumo de energia aumente muito! Quando um aparelho — mesmo que totalmente carregado — está conectado, é possível gastar de 1 até 5W por hora.

Decodificador de TV a Cabo

Sim, aquele aparelho que ninguém lembra de tirar da tomada pode estar deixando a sua conta de luz mais cara. Isso acontece porque ele consome de 6,5 até 14W por hora quando desligado, mas ligado na tomada.

Dica final para diminuir o consumo de energia

Depois de analisar as melhores formas de economizar na conta de luz, percebemos quantas atitudes podem ser adaptadas na rotina para evitar o desperdício e pagar menos no final do mês.

Portanto, você deve entender que a economia de energia é apenas uma das várias práticas simples e aplicáveis na rotina capazes de melhorar suas finanças.

Além disso, para ter um bom controle de como o seu dinheiro é gasto — e como o consumo pode melhorar — é importante contar com recursos que te ajudem a fazer o controle.

Por aqui, temos o Mobills para gerenciamento de contas, uma opção descomplicada e muito simples que oferece os melhores recursos de controle e organização financeira.

Assuma o controle de suas finanças de forma definitiva

4 Melhores aplicativos de finanças pessoais para 2021
Baixe gratuitamente o melhor aplicativo de controle financeiro pessoal do Brasil. ⭐⭐⭐⭐⭐

Sendo assim, conheça mais sobre as nossas funções e comece agora mesmo a registrar seus gastos com conta de luz no aplicativo! 

Comente, nos siga nas redes sociais e compartilhe este conteúdo!

O que achou do conteúdo sobre como reduzir o consumo de energia elétrica?

Se gostou, então, cadastre-se na nossa Lista Vip para receber as novidades em primeira mão e compartilhe esse post com seus amigos e familiares que possam se interessar.

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas e deixe seu comentário!

Quer acompanhar nosso conteúdo no Instagram? Siga @mobillsedu!

Não deixe, também, de acessar o canal do Mobills no Youtube.


Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


    🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

    Notifique-me de novos comentários via e-mail.

    Junte-se a mais de 239.950 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


      Você também vai gostar...


      Escrito por Carlos Terceiro CEO da Mobills

      Apaixonado por finanças e investimentos, em 2014 Carlos Terceiro decidiu unir sua paixão com seu conhecimento em tecnologia para fundar o Mobills.

      • Pós graduação em finanças na PUCRS;
      • Graduado em desenvolvimento de sistemas na Estácio;
      • Investidor a mais de 10 anos.
      .