Juros compostos

É uma das formas possíveis de calcular os juros de um investimento ou de uma dívida. Nos juros compostos, o valor dos juros de um período (seja dia, mês ou ano) é acumulado, em uma determinada data, no saldo do investimento ou saldo devedor, para o cálculo dos juros do período seguinte. Por exemplo, se você pagar somente o valor mínimo da fatura de outubro do cartão de crédito e deixar R$2.000 no rotativo, com uma taxa de juros de 10% ao mês, isso significa que em novembro os juros cobrados serão de R$200. Se você novamente não pagar, em novembro, os 10% da taxa serão calculados sobre o novo saldo devedor de R$2.200. Ou seja, os R$200 de juros de novembro são somados no saldo inicial de R$2.000 em outubro. Dessa maneira, o valor devido em dezembro será de R$2.420, pois os juros de dezembro sero de R$220 e se somam ao saldo devedor de novembro.