Aplicação

É a colocação do dinheiro poupado em algum tipo de investimento (poupança, ações, previdência privada, fundos de investimento etc.) visando a obtenção de ganho financeiro, ou seja, fazer o dinheiro aumentar (render). Enquanto o dinheiro estiver aplicado, ele não ficará disponível para uso imediato, dependendo do tipo de aplicação. Para utilizá-lo, é preciso solicitar com antecedência ou fazer o resgate. Dessa maneira, além do rendimento da aplicação, é fundamental procurar saber o período de resgate, principalmente se você for precisar do dinheiro antes do prazo de término da aplicação. É necessário se informar, por exemplo, sobre o prazo mínimo que o dinheiro tem que ficar aplicado para que você possa receber os rendimentos da aplicação, bem como sobre os possíveis descontos relativos ao valor investido.