You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

Simulador de investimentos

R$

Resultado

EventoValores
Dinheiro investido
Imposto de renda sobre rentabilidade
Total bruto
Juros ganhos no período com juros compostos
Total a receber

Quer saber como economizar mais do seu salário? Conheça o Mobills!

Manter o seu orçamento organizado talvez não seja fácil, porém o Mobills pode te ajudar nesse desafio!

O Mobills é um sistema de controle de gastos pessoais que se adequa ao seu jeito.

Badge para dowload AndroidBadge para dowload IOs

Como funciona o simulador de investimentos

Esta calculadora de simulação de investimentos foi desenvolvida para você comparar os diferentes tipos de investimentos, especialmente os investimentos de renda fixa.

O simulador de investimento calcula de forma simples e sem complicações, qual o retorno de seu dinheiro após uma aplicação em uma determina taxa e em um determinado tempo.

O cálculo também leva em conta possíveis aportes durante o período e um valor inicial de investimento.

Com este simulador você vai saber quanto você conseguirá acumular no final de uma determinada quantidade de meses investindo seu dinheiro na aplicação de sua escolha.

Você também vai simular quanto poderá sacar todo mês para viver só de renda. Este simulador é perfeito para quem está planejando se aposentar ou trabalhar menos no futuro vivendo de renda.

Você que quer descobrir quanto de dinheiro pode acumular, depois de investir por um determinado período em, nosso simulador pode lhe ser muito útil. Claro que a escolha do melhor investimento depende de seu objetivo, seja a curto, médio ou longo prazo.

Caso queira aprender mais sobre investimentos, alguns dos nossos artigos podem te ajudar a definir qual o título que melhor atende às suas necessidades:

Depois do preenchimento dos campos de valores, período e taxas, o comparador de investimentos irá simular qual a melhor aplicação para seu dinheiro.

Como usar a calculadora de investimento

Os cálculos do simulador de investimento são feitos de forma instantânea, para iniciar sua simulação, basta preencher os seguintes campos:

  • Investimento inicial: qual será o valor inicial para começar seu investimento
  • Prazo: tempo que pretende investir
  • Aportes: preencha este campo se for simular aplicação de valores fixos todos os meses
  • Taxa Selic: qual a taxa de juros do período
  • Taxa CDI: informe a taxa do CDI para o período
  • CDB/LC: taxa que o banco onde pretende investir está oferecendo
  • LCI/LCA: taxa que o banco onde pretende investir está oferecendo
  • Pré: Os investimentos pré (prefixados) são aqueles cuja rentabilidade já é conhecida na data da aplicação. Por exemplo, você investe em um CDB e já sabe que ele renderá 10% ao ano.
  • Pós: Os investimentos pós-fixados, ao contrário do que muitos pensam, são mais conservadores e defensivos do que o modelo anterior, pois as aplicações vão se adaptando às condições do mercado.
  • IPCA: Índice de Preços ao Consumidor e é medido mês a mês pelo IBGE. Ele é medido como um reflexo do custo de vida de famílias que possuem renda entre 1 e 40 salários mínimos, com base em 9 regiões metropolitanas do país.
  • Taxa CDI: informe a taxa do CDI para o período
  • Poupança: Rendimento da poupança mensal do período.

Um detalhe importante do simulador, é o campo “Aporte”. Para usar esta opção, é importante ter em mente que a simulação é feita sempre utilizando sempre a mesma taxa informada para todos os depósitos. Desta forma, o valor final não será o correto, já que as taxas variam diariamente.

Cálculo de taxa equivalente

Alguns bancos e instituições financeiras, oferecem a taxa de rendimento do investimento em um determinado período, que pode ser calculado em meses ou anos.

Para calcular de forma correta o retorno da aplicação, é necessário que você faça a conversão da taxa para o período específico da rentabilidade.

Os cálculos para descobrir as taxas equivalentes, podem ser feitos de diversa maneiras. Podem ser feitos também para calcular juros cobrados por bancos.

Por exemplo: um banco cobra a taxa de 0,8% por dia de atraso em pagamento de um boleto.

Para descobrir a taxa mensal, basta informar a taxa atual de 0,8%, o período atual de 1 e o período para descobrir de 30. O resultado será de 27,004%.