Calculadora de férias

footer-container

Calculadora de férias

R$
R$

Resultado

Evento Ref. Proventos Descontos
Valor férias - -
1/3 férias - -
Abono pecuniário - -
1/3 Abono pecuniário - -
Adiantamento 1ª Parcela 13º - -
INSS -
IRRF -
Totais

Como funciona o cálculo de férias

Férias, aquele período do ano mais aguardado pelos funcionários, o tão esperado momento de descanso.

O funcionário poderá tirar férias após trabalhar um período de 12 meses (1 ano), mas muitas dúvidas ainda existem em relação aos cálculos para as férias remuneradas.

O cálculo do valor das férias é realizado levando-se em consideração a remuneração do trabalhador no mês anterior, acrescido de 1/3 constitucionalmente estipulado, deduzidos os valores de INSS e IRRF.

Vale lembrar que é lícita a concessão de férias em dois períodos, bem como a famosa venda de 10 (1/3) dias de férias.

Também é válido lembrar que é possível negociar férias adiantadas/proporcionais. Basta que ambas as partes, empresa e empregado, entrem em um acordo.

De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), quem possui carteira assinada tem direito a 30 dias de férias depois de completar 12 meses na mesma empresa.

Caso não seja possível tirar as férias logo após esse período, a empresa deve liberar o funcionário para as férias dentro dos 11 meses seguintes ou terá de pagar ao funcionário o dobro da remuneração.

Saiba tudo sobre como calcular suas férias

Prazo de pagamento de férias

De acordo com a legislação, as férias devem ser pagas em até dois dias antes do início do período.

O empregado deve assinar a quitação do pagamento, documento em que aparece a data de início e de término das férias.

Prazo de requerimento de férias

O empregado que desejar converter 1/3 (um terço) de suas férias em abono deverá fazer um requerimento ao empregador, até 15 (quinze) dias antes do término do período aquisitivo.

Quando o requerimento do abono de férias ocorrer após o prazo legal ao empregador, é facultado atender ou não o pedido.

Férias coletivas

No caso de férias coletivas, a conversão de 1/3 (um terço) das férias em abono deverá ser feita de acordo coletivo entre o empregador e o sindicato representante da categoria profissional, não importando a vontade individual do empregado, mesmo que tenha requerido a conversão na época oportuna.

Descontos e vencimentos de férias

Além do salário base, é necessário saber quanto tempo de trabalho o empregado possui desde o vencimento das últimas férias.

Se esse período for de 12 meses, ele receberá o valor integral das férias, acrescido de 1/3 de abono. Se inferior, receberá proporcionalmente, ou seja, 1/12 por mês trabalhado.

No pagamento são descontados as contribuições ao INSS e também do Imposto de Renda.

Saiba tudo sobre: Férias, horário e almoço: entenda 12 pontos da reforma trabalhista

Materiais gratuitos

footer-container

Register for free and start now to manage your money. Know how to save money.

Ou

By registering, I accept the Terms of Use and Privacy Policy

Smartphones

Start using Mobills Budget Planner for free!