Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
outros
isca
Não
evergreen

PicPay reduz limite mensal de transferências com cartão de crédito

O prazo para utilizar o limite antigo vai até dia 05 de janeiro de 2022. Saiba mais sobre o assunto!

Artigo escrito por Claudia Borges em 30 de Dezembro de 2021

Usuários do PicPay que aproveitam a facilidade de transferência de valores com cartão de crédito fiquem atentos! A empresa irá diminuir o limite mensal para o serviço.

O valor máximo, que hoje é de R$ 500,00 passa a ser de R$ 300,00 a partir de 5 de janeiro de 2022. A informação foi ajustada na aba Taxas e Tarifas no site da empresa.

Além disso, o valor para transações superiores ao valor máximo permitido será de 3.99% de acordo com o reajuste de 21 de dezembro de 2021 pela empresa.

Entenda a notícia

No site do PicPay ficam especificadas todas as taxas e valores que a fintech cobra. Referente a adição de dinheiro na Carteira do aplicativo usando o cartão de crédito a empresa estipula que existe uma taxa de 3,99% por transação.

Taxa de cartão de crédito PicPay
Taxa para adicionar dinheiro na carteira PicPay

No entanto, existe uma observação que deve ser verificada. Segundo a observação:

Franquia mensal PicPay

Sendo assim, caso o usuário faça uma adição de R$ 1.000,00, irá pagar apenas o valor da taxa referente aos R$ 700,00 adicionais, já que R$ 300,00 ficam dentro do limite.

Após a transferência para a Carteira o valor serve para pagamento de faturas e boletos e até transferência por PIX para uma outra conta corrente.

Pagamento de contas e boletos

Uma funcionalidade do PicPay que pode ser bem interessante é a possibilidade de pagar contas e boletos usando o seu cartão de crédito. É possível, até mesmo, parcelar essas faturas.

Contudo, a taxa para esse serviço é de 3,09% por fatura. O que pode sair bem caro, dependendo do valor da dívida a ser paga.

Ainda dá tempo!

Usuários que usam a funcionalidade de adição de valores na Carteira PicPay ainda podem aproveitar o começo do mês para aproveitar o teto de R$ 500,00 e fazer transferências sem taxas adicionais.



Escrito por Claudia Borges Analista de Conteúdo

Jornalista em formação, apaixonada por boas histórias e por transformar a vida das pessoas através da educação financeira.

  • Jornalista;
  • Redatora Mobills.

Assine a Newsletter Mobills
Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


Você também vai gostar...


🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!