8 Dicas para organizar a vida financeira no Ano Novo

Se o que você deseja é uma vida mais estável, é mais do que necessário mudar algumas atitudes. Por isso, separamos algumas dicas valiosas para você se organizar financeiramente. Conheça!

Artigo escrito por Larissa Brioso em 30 de Outubro de 2020

Imagem representando o tema: como organizar a vida financeira no ano novo

Todo fim de ano gera expectativas. No senso comum é tempo de confraternizar, festejar, descansar e tirar férias.

Além de tudo isso, a necessidade de avaliar o ano que passou e fazer promessas para o ano seguinte surge quase como um passe de mágica.

É sempre a mesma história. A maioria das pessoas quer uma vida mais saudável, equilibrada, feliz e estável financeiramente.

No entanto, são poucas que conseguem manter as promessas, criar novos hábitos e se organizar para alcançar os objetivos.

Depois da crise econômica que 2020 trouxe, é preciso uma dose extra de determinação e foco para deixar as dificuldades para trás e refazer seu caminho.

Se você passou o ano todo preocupado com o bolso e quer saber como organizar sua vida financeira de uma vez por todas, está no lugar certo.

Preparamos uma lista com 8 dicas para organizar sua vida financeira. Toda mudança é complicada no começo, mas é necessário criar alguns mecanismos para facilitar a própria vida.

O fundamental é começar a adaptar seu estilo de vida para não gastar mais do que ganha. O resto se constrói aos poucos e a estabilidade financeira vem como consequência.

Boa leitura!

8 dicas para organizar a vida financeira no Ano Novo

1. Faça uma retrospectiva do ano que passou

Para organizar a vida financeira no ano novo é  preciso olhar para trás e refletir sobre o que foi vivido, pensar no que deu certo, e no que é possível melhorar. Sendo assim, faça uma avaliação minuciosa das suas contas deste ano.

Se você não sabe se planejar e fazer o controle financeiro pessoal, esta tarefa pode ser difícil, mas, por meio do gerenciamento financeiro você vai conhecer a realidade das suas finanças.

Dessa forma, você consegue perceber com o que mais gasta, os cortes necessários que deve fazer e quais hábitos de consumo estão acabando com seu dinheiro.

Portanto, este é o primeiro passo para conseguir colocar suas finanças nos trilhos e se organizar financeiramente.

2. Aprenda sobre educação financeira

Você tem o pensamento de que a educação financeira é complicada e só serve para quem movimenta grandes quantias?

Infelizmente, este é um pensamento presente na vida de milhares de pessoas. No entanto, sem a educação financeira, dificilmente você vai conseguir ter uma relação saudável com o seu dinheiro.

Afinal, o dinheiro pode ser utilizado como aliado ou vilão do seu bem-estar financeiro.

Logo, aprender a cuidar das suas finanças pessoais é necessário. Além disso, não é um bicho de sete cabeças. Existem diversos cursos gratuitos que te ensinam o básico necessário para aprender a fazer seu controle de gastos.

Então, deixe de lado uma certa mentalidade financeira limitante que você possa ter e eduque-se para conquistar seus objetivos!

3. Quite dívidas

Caso tenha pendências em aberto, priorize resolver essa situação. Anote o valor de cada dívida e os juros cobrados para iniciar o processo de negociação.

No final do ano, diversas empresas fazem feirões para limpar o nome de quem tem dívidas. Se é o seu caso, aproveite para zerar as pendências e sair do vermelho.

Sabendo disso, uma boa dica é usar o 13º ou a restituição do Imposto de renda para quitar as dívidas.

Quer saber mais sobre o assunto, leia esse nosso artigo: Como se organizar financeiramente para negociar dívidas e sair do vermelho!

4. Monte um orçamento financeiro pessoal

Como você faz o seu controle financeiro? Fazer o registro e o acompanhamento do que entra e sai do seu bolso é fundamental para manter a saúde das suas finanças.

O melhor de tudo é que, atualmente, existem várias ferramentas para te ajudar a descomplicar e ao mesmo tempo cumprir este desafio.

Por exemplo, uma boa planilha de gastos pode te dar uma visão completa dos seus gastos e ganhos.

No entanto, um aplicativo de controle financeiro já é muito mais simples e tão eficaz quanto para fazer o seu gerenciamento financeiro.

Por meio dele, você consegue fazer esse acompanhamento e ainda analisar gráficos e relatórios com base nos seus gastos. Além de definir e acompanhar seus objetivos financeiros, entre outros.

Imagem representando o controle de gastos no Mobills
Conheça o Mobills: o aplicativo de controle financeiro mais bem avaliado do Brasil!

Nós utilizamos a Mobills, plataforma de gestão de finanças pessoais para nos ajudar nessa tarefa.

Você também pode escrever em um caderno ou manter uma planilha própria. O importante é criar o hábito de fazer um orçamento. Pois, esse controle será seu aliado para todos os meses do ano.

5. Priorize sua reserva de emergência

Se ainda não aprendeu a importância de manter uma reserva de emergência, convidamos você a fazer um exercício.

Pense em algum momento da sua vida que ocorreu um imprevisto daqueles bem grandes.

De repente, você se vê obrigado a gastar um dinheiro que não sabe de onde tirar. Já aconteceu? Todos passam por esses momentos. A reserva de emergência serve para te dar tranquilidade nessas horas.

Por isso, o valor da sua reserva deve corresponder a, no mínimo, 3 vezes os seus gastos mensais.

Então, calcule quanto é seu custo de vida e aprenda como economizar dinheiro para juntar esse total. Assim você fica protegido em caso de demissão, urgência médica ou outros gastos inesperados.

6. Tenha metas financeiras

Não tem como alcançar um objetivo quando você não sabe onde quer chegar. Para realizar seus sonhos, é preciso traçar metas claras.

Seus objetivos podem ser de curto, médio e longo prazo. Sua meta pode ser aquela viagem de fim ano, trocar de carro, comprar uma casa e ou até atingir a sonhada independência financeira.

Anote seus objetivos e comece a pensar em formas de alcançá-los. O caminho fica bem mais fácil quando você planeja a rota.

7. Faça um planejamento de gastos

Coloque no papel todas as despesas previstas para o próximo ano. Janeiro já começa com uma série delas.

Como por exemplo, matrículas de escolas e faculdades, compra de material escolar, IPVA, IPTU, parcelas de viagens, e etc. Com certeza, a lista de gastos para o início do ano é grande.

Desse modo, para se organizar, anote os gastos que já estão previstos para o ano seguinte.  Assim fica mais fácil de saber o valor que você vai desembolsar desde já para colocar no seu aplicativo de controle financeiro.

8. Reveja seus hábitos

Se o que você deseja é uma vida mais estável financeiramente, é mais do que necessário mudar algumas atitudes.

Dificilmente alcançamos resultados diferentes com hábitos antigos. Alguns costumes podem prejudicar (e muito) a saúde do seu bolso.

Gastos rotineiros são invisíveis, pois pensamos que é “só” uma merreca de dinheiro. Mas no fim das contas fazem muita diferença. Por exemplo:

  • Aquele cafezinho de todos os dias no trabalho;
  • Pequenos gastos com aplicativo de transporte;
  • Delivery muitas vezes na semana;
  • Comer fora;
  • Pequenos desperdícios do dia a dia;
  • Compras por impulso, e etc.

No final do ano, esses gastos somam uma quantia que poderia ser usada para pagar uma dívida ou fazer um investimento. Já pensou nisso?

Tudo o que você precisa é identificar esses hábitos e ser determinado para deixá-los para trás.

Conclusão

Aproveite o clima de renovação que o ano novo traz e incorpore essas lições na sua vida. Com o ano que se inicia, sempre temos novas metas, novos sonhos e – o melhor de tudo – novas oportunidades para alcançar tudo isso.

Logo, é importante não desistir nos primeiros obstáculos. É normal ter altos e baixos no caminho para organizar suas finanças, mas o essencial é persistir.

Portanto, tenha certeza que os benefícios de ter uma vida financeira saudável vão fazer todo o esforço valer a pena.

Comente, nos siga nas redes sociais e compartilhe este conteúdo!

O que achou do nosso artigo com dicas para organizar a vida financeira no Ano Novo?

Se gostou, então, cadastre-se na nossa Lista Vip para receber as novidades em primeira mão e compartilhe esse post com seus amigos e familiares que possam se interessar.

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas e deixe seu comentário!

Quer acompanhar nosso conteúdo no Instagram? Siga @mobillsedu!

Não deixe, também, de acessar o canal do Mobills no Youtube.


Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


    🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

    Notifique-me de novos comentários via e-mail.

    Junte-se a mais de 239.950 pessoas

    Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


      Você também vai gostar...


      Escrito por Larissa Brioso Educadora Financeira

      Larissa Brioso é estudante de Economia e Educadora Financeira na Mobills. Possui experiência na área de marketing, SEO e criação de conteúdo com ênfase em Educação Financeira.

      • Editora-chefe do blog Mobills;
      • Estudante de economia;
      • Criadora de lições para o app MobillsEdu.
      .