Ainda mais em um período de incerteza econômica, colocar em prática dicas para sair das dívidas e acumular dinheiro é, sem dúvidas, uma atitude a ser tomada. Sabendo disso, conheça agora 5 dicas infalíveis para sair das dívidas e acumular dinheiro e transforme de vez a sua vida financeira!

5 dicas infalíveis para sair das dívidas e acumular dinheiro

Conheça o aplicativo Mobills

Um levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostrou que 67,1% das famílias brasileiras estão endividadas, maior patamar desde a série iniciada em 2010.

No Brasil, 9,7 milhões de trabalhadores ficaram sem renda em maio de 2020 e somente durante a primeira quinzena de junho, foram encerradas de maneira temporária ou definitiva 1,3 milhão de negócios.

Com base nesses dados, podemos imaginar o impacto negativo dessa situação sobre a vida de pessoas que não possuem um bom controle financeiro e muito menos possuem uma segunda fonte de renda.

Por isso, ainda mais em um período de incerteza econômica, colocar em prática dicas infalíveis para sair das dívidas e acumular dinheiro é, sem dúvidas, uma atitude necessária a ser tomada. Concorda?

Pensando nisso, separamos 5 dicas infalíveis que irão de ajudar a colocar suas contas em dia e ter uma vida financeira mais saudável.

5 dicas infalíveis para sair das dívidas e acumular dinheiro

1- Conheça o valor real da sua dívida

Se você está lendo este artigo é porque você está endividado, possui dificuldades em lidar com o seu dinheiro ou apenas quer aprender mais sobre o assunto para acabar não cometendo erros com as suas finanças pessoais.

Quando falamos de dívidas, é bastante comum encontrarmos pessoas que não sabem o motivo do seu endividamento, nem como sair dessa realidade crítica com o dinheiro. Além disso, não sabem sequer quanto devem a cada credor.

O valor real da sua dívida nada mais é do que o valor nominal ou valor inicial da dívida – se assim facilitar sua compreensão, acrescido de todas as taxas de juros envolvidas no acordo entre as partes.

Sendo assim, se você quer sair das dívidas ou mesmo não quer entrar nelas, conhecer o valor real dos seus pagamentos é fundamental.

Por exemplo, conhecer a taxa de juros sobre pagamentos parcelados ou por atraso de pagamento e a taxa de juros do crédito rotativo do seu cartão é importante para evitar cair em dívidas.

O ideal é que você registre em uma planilha quanto você deve, a quem você deve, qual a taxa de juros incidida sobre cada pagamento, e o contato dos credores – possibilitando assim buscar, inclusive, uma renegociação.

Agora que você já conhece todas as suas dívidas, chegou o momento de se planejar para pagá-las de uma forma que cabe no seu bolso!

2- Monte um Planejamento Financeiro

O ato de planejar consiste em traçar estratégias que lhe permitam identificar possíveis atritos que possam vir a prejudicar a saúde das suas finanças. Logo, o planejamento financeiro é crucial é qualquer área da nossa vida.

Seja para fazer compras no supermercado, pagar a faculdade, comprar roupas novas ou fazer um intercâmbio, você precisa estar preparado financeiramente para não passar por nenhum sufoco.

Por isso, nossa segunda dica infalível para sair das dívidas e acumular dinheiro consiste em fazer um planejamento financeiro eficiente.

No seu planejamento registre quanto ganha e quais são seus gastos com necessidades, desejos pessoais, lazer e dívidas.

Com base no seu planejamento fica muito mais fácil ter um controle do seu dinheiro, identificando e corrigindo possíveis erros.

3- Controle a entrada e saída de dinheiro

Você acreditaria se eu te dissesse que muitas pessoas não sabem quanto ganham, nem muito menos quanto gastam?

Este é um dos principais erros de milhões de pessoas no mundo todo: a falta de controle financeiro. Aliás, este é também um dos principais causadores do endividamento.

Atualmente, existem diversas formas de gerenciar o seu dinheiro, seja por meio do bom e velho papel e caneta ou por meio de soluções mais práticas para o nosso dia a dia proporcionadas pelos softwares de gerenciamento financeiro.

Então, o que eu posso dizer é que essa dica é simples e exige de você nada mais nada menos do que disciplina!

Vamos combinar assim: Seu salário caiu na sua conta? Registre. Recebeu algum pagamento? Registre. Ganhou um prêmio ou bonificação no trabalho? Registre.

O mesmo vale para as suas despesas. Todos os seus gastos devem ser registrados, como uma maneira super eficaz de saber quanto do seu dinheiro está sendo destinado para coisas úteis ou supérfluas.

Com base nisso, você pode identificar quais são as suas despesas mensais para cortar e otimizar o orçamento.

4- Compre sempre à vista

O cartão de crédito é uma das principais formas de pagamento utilizadas por nós brasileiros. Além de prático, não pesa no bolso, é mais seguro do que dinheiro em papel e ainda é aceito em quase todo estabelecimento.

No entanto, não bastasse toda essa praticidade, a possibilidade de parcelar até mesmo pagamentos sem acréscimo de juros, seus benefícios acabam ludibriando principalmente as pessoas mais consumistas.

Este erro é letal para as nossas finanças, por isso, para sair das dívidas é muito importante que priorize pagamentos à vista e crie o costume de pedir descontos.

Nunca utilize o cartão de crédito como extensão da renda, por exemplo, e seja bastante fiel ao seu planejamento financeiro.

Antes de fazer qualquer compra, sempre se pergunte: eu Quero? eu Posso? eu Preciso? o Preço está realmente bom?

Se a resposta para essas perguntas for ‘Sim’, compre com a consciência tranquila por estar fazendo uma boa escolha de consumo.

Em caso negativo, coloque este item em sua lista de desejos e deixe para uma próxima oportunidade em que de fato possa efetuar a compra.

5- Poupe parte da sua renda mensalmente

Se você quer sair das dívidas e acumular dinheiro para uma vida financeira mais tranquila, é hora de rever e mudar os seus hábitos!

O estilo de vida que você leva reflete diretamente no que você tem hoje e foi um dos causadores do seu endividamento. Sabendo disso, a nossa última dica consiste em poupar parte da sua renda líquida mensal.

Não importa quanto seja ou menor que seja a quantia. A ideia aqui é que você crie novos hábitos para mudar de vida, buscando até mesmo livros de educação financeira que te auxiliem ainda mais nessa missão de sair das dívidas.

O indicado é que você poupe, no mínimo, 10% da sua renda. No entanto, em situação de dívidas, você bem sabe o quão difícil é somente sustentar suas necessidades diárias.

Entretanto, você não pode fugir desse novo hábito, mesmo que seja poupando 1% da sua renda mensalmente. Pois, conforme for pagando suas dívidas, maior será sua capacidade para acumular dinheiro .

Nesse ponto, vale super a pena fazer uso de desafios que te estimulem a economizar dinheiro, como o desafio do 1% a mais e o desafio 52 semanas.

O primeiro desafio consiste em você começar com apenas 1% da sua renda líquida (após todos os descontos) e a cada mês incrementar o percentual poupado em 1%.

Enquanto isso, o desafio 52 semanas propõe que você, inicialmente, comece a primeira semana guardando R$1, na segunda semana R$2, na terceira semana R$3 e assim por diante, até chegar à semana 52 poupando R$52.

Você pode estar fazendo o controle desse último desafio no aplicativo 52 semanas, disponível para dispositivos mobile Android e iOS.

Poupando parte da sua renda mensalmente, eu tenho certeza que você conquistará grandes objetivos financeiros!

Conclusão

Sair das dívidas e acumular dinheiro é o sonho de muitas pessoas. No entanto, por falta de conhecimento ou procrastinação, as mesmas não colocam prática dicas básicas para ter o controle do seu dinheiro.

Nesse artigo você aprendeu 5 dicas infalíveis para sair das dívidas e acumular dinheiro. E eu não falei nenhuma impossível, não é mesmo?

Então, eu deixo como desafio você colocar em prática pelo menos uma dessas dicas neste exato momento, como baixar o Mobills, o aplicativo de controle financeiro mais bem avaliado do Brasil!

Com o controle financeiro na palma da mão e um bom planejamento financeiro você estará cada dia mais próximo de ver novamente o seu balanço mensal positivo.

Comente, nos siga nas redes sociais e compartilhe este conteúdo!

O que achou do artigo com 5 dicas infalíveis para sair das dívidas e acumular dinheiro?

Se gostou, então, cadastre-se na nossa Lista Vip para receber as novidades em primeira mão e compartilhe esse post com seus amigos e familiares que possam se interessar.

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas e deixe seu comentário!

Quer acompanhar nosso conteúdo no Instagram? Siga @mobillsedu!

Não deixe, também, de acessar o canal do Mobills no Youtube.


VEJA TAMBÉM:

Postado em: Sair das dívidas


Escrito por Larissa Brioso

Estudante de Economia na Universidade Federal do Ceará e Analista de Marketing na Mobills. Cresci com o desejo de possuir a minha independência financeira e aos 17 anos me tornei estudante incansável das técnicas de gerenciamento financeiro e investimentos. Ler, escrever e praticar atividades físicas é o que eu gosto de fazer. Estou sempre sorrindo, mas quer me ver ainda mais feliz? Certamente estarei viajando ou conhecendo um restaurante novo.


Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Logo Mobills
Mobills Google Play
Mobills Apple Store
Mobills Web