Mobills
Menu Mobills
Melhores Melhores Guias Guias Ferramentas Ferramentas Mobills Mobills
outros
isca
Não
anual

Dicas financeiras: as 10 melhores para começar 2022 com as contas organizadas

Quer aprender como se organizar e manter as contas em dia? Confira as dicas financeiras para 2022 que preparamos para você!

Artigo escrito por Larissa Brioso em 01 de Dezembro de 2020

Por que as dicas financeiras são tão importantes? De maneira simples, quem não possui controle sobre suas finanças pessoais pode acabar gastando mais do que recebe.

Isso acontece porque a falta de uma boa organização financeira pode levar a um descontrole nos gastos que acaba resultando em dívidas e juros, criando um efeito ‘bola de neve' que muitas vezes se torna muito difícil de pagar.

Além disso, essa desorganização pode acabar corroendo o seu patrimônio acumulado, minando, dessa maneira, a sua tranquilidade financeira.

Dessa maneira, não só as finanças pessoais e familiares ficam abaladas como também as relações pessoais com o conjugue, filhos e outros parentes.

Mas não desanime, temos o dever de conservar o espírito de “ano novo, vida nova”, a fim de contribuir para a saúde das suas finanças.

Afinal, logo chegam novas oportunidades para rever o que não está tão certo e corrigir o que for preciso.

Então, confira a seguir as dicas que preparamos para que você possa começar 2022 com o pé direito!

Boa leitura.

As 10 melhores dicas financeiras para 2022

1. Identifique as suas receitas e despesas

Conhecer bem os seus gastos e as suas receitas é essencial para sua saúde financeira. Portanto, é preciso identificar e diferenciar todas as suas receitas e despesas.

Assim, conheça todas as suas movimentações financeiras. Isso é fundamental para a sua organização financeira.

Uma boa dica para acompanhar os seus gastos e receitas é usar um aplicativo de controle financeiro.

Com essa prática, você vai se impressionar com o quanto é gasto sem que você perceba.

2. Defina suas prioridades e programe-se

Antes de consumir, analise bem o seu orçamento pessoal.

Pois, acompanhar o seu planejamento financeiro é fundamental para saber separar o que é importante e realmente necessário, do que é apenas supérfluo.

Além disso, programe seus gastos. Pois, com gastos bem programados, fica mais fácil pagar todas as contas integralmente e não se afogar em dívidas.

Afinal, pagar as contas em dia é importante para não gastar dinheiro em juros e multas.

E o melhor de tudo é que existem diversos métodos para ajudar a orientar o seu orçamento, um deles é a regra 50-30-20.

Mas, independente de qual seja a sua escolha, é recomendado que você separe suas despesas essenciais dos desejos pessoais e das prioridades financeiras, por exemplo.

Isso te ajuda até no sentido emocional, já que ter um orçamento organizado pode te estimular a seguir as demais dicas.

Mobills: Finanças e Cartões

4.5 300
URL verificada
Plataforma Android, iOS e Web.
Funcionalidades Controle de contas, cartões planejamentos e objetivos.
Preço Menos de R$8,40 por mês para ter suas contas em dia.
Benefícios App com ótima usabilidade e Design.
URL verificada
  • Mais detalhes do Mobills
    • Conecte suas contas e cartões: Saiba para onde o seu dinheiro está indo com nossas integrações automáticas. Gerencie todos os seus gastos e evite o cheque especial, o empréstimo com maior taxa de juros do mercado;
    • Monte um planejamento financeiro: Faça orçamentos mensais e mantenha seus gastos sob controle. Defina alertas para evitar passar do seu limite de despesas;
    • Crie objetivos: Determine metas para alcançar os seus sonhos. Quer comprar uma casa, fazer uma viagem? Crie objetivos no app e realize os seus desejos.

3. Gaste menos do que você ganha

Parece uma coisa óbvia, mas muita gente não segue essa regra simples.

Para gastar menos do que você ganha, não gaste dinheiro com aquilo que você paga mas não usa ou, caso use, haveria uma outra opção mais barata.

Além disso, é muito importante evitar desperdícios.

Um outro cuidado para o qual você deve dar muita atenção é em relação ao uso do cartão de crédito, pois ele cria uma falsa sensação de poder de compra por oferecer a comodidade de pagar parceladamente e, muitas vezes, sem juros.

Com toda essa “comodidade”, as pessoas acabam antecipando sonhos ou comprando coisas que não precisam.

Porém, tenha em mente que ao utilizar o cartão de crédito, você estará comprometendo sua capacidade de pagamento futura ao destinar parte das suas receitas futuras ao pagamento das faturas do cartão de crédito.

Esse descontrole nos gastos pode levar a incapacidade de pagar as suas contas, o que leva ao pagamento de multas e juros que normalmente são exorbitantes.

Assim, você vai criando uma situação de endividamento que pode ser muito difícil de reverter.

Desse modo, as suas despesas devem ser sempre inferiores às suas receitas para permitir que você poupe a diferença.

4. Crie uma reserva de emergência

Mesmo que você tenha uma vida equilibrada, ainda assim existirão vários aspectos da sua vida que não vão estar totalmente sob o seu controle.

Dessa maneira, você pode ficar certo que imprevistos acontecem. De forma que alguns imprevistos são capazes de mudar todos os seus planos.

Assim, ter aquele dinheirinho guardado para te socorrer e te tranquilizar naqueles momentos de aperto no fim do mês ou numa situação inesperada, pode te dar uma grande tranquilidade.

Portanto, é importante economizar dinheiro e guardar um valor para eventuais momentos de necessidade ou imprevistos que possam ocorrer.

Este valor é conhecido como reserva de emergência.

5. Sempre que possível, pague à vista

Muitas vezes, as lojas dão desconto para pagamentos à vista.

Aproveite e compre produtos por preços menores sempre que esses descontos forem oferecidos.

Dar preferência aos pagamentos à vista, além de eventualmente proporcionar descontos, ajuda no planejamento financeiro pessoal ao não comprometer as receitas futuras com o pagamento das parcelas do cartão, reduzindo, assim, a chance de você cair no endividamento.

Além disso, comprar à vista é uma boa maneira de evitar compras por impulso.

6. Cartão de crédito? Só quando necessário!

Use o seu cartão de crédito com muito cuidado e tenha esse meio de pagamento como seu aliado financeiro.

Ou seja, aproveite todos os benefícios oferecidos pelo cartão ou pela bandeira. Pois, dessa forma, o cartão de crédito se torna uma boa ferramenta de consumo e recebimento de compensações pelas compras efetuadas.

As milhas, por exemplo, são uma ótima chance de trocar pontos por produtos ou passagens aéreas.

Já o cashback oferecido por alguns cartões também pode ser uma forma de compensação bem interessante.

Mas, claro, você não deve gastar mais do que deve apenas para receber benefícios, e sim receber benefícios de acordo com o que é gasto para atender às suas necessidades.

Algumas bandeiras de cartões também dão descontos em teatros, cinemas, shows, salas VIP etc. Portanto, fique atento aos benefícios oferecidos para economizar ainda mais.

7. Poupe parte da sua renda todos os meses

Pagar-se primeiro é muito importante quando falamos de planejamento financeiro.

Dessa forma, defina um valor (5 a 20% da sua receita) para poupar todos os meses.

Com esse dinheiro você pode montar, inicialmente, sua reserva financeira e, posteriormente, começar a investir na bolsa de valores e se preparar para a aposentadoria, por exemplo.

Estabeleça também objetivos e metas financeiras para que você tenha noção da utilidade do dinheiro poupado e, assim, você consiga persistir nos seus esforços para economizar.

Para facilitar essa tarefa, a plataforma de gerenciamento financeiro Mobills criou a funcionalidade ‘Objetivos'.

Tela do Mobills representando objetivos comuns de casais
Defina e acompanhe seus objetivos no Mobills!

Com essa funcionalidade é possível registrar o seu objetivo, quanto é necessário para alcançá-lo e quanto tempo deve levar para alcançar o seu sonho.

Saiba mais: Como cadastrar Objetivos no Mobills? Veja o tutorial completo!

8. Utilize um gerenciador financeiro ou monte uma planilha

Não importa o tamanho do gasto ou da receita. Você deve acompanhar todas as suas movimentações financeiras em um gerenciador financeiro ou criar uma planilha de gastos e registrar todas as receitas e despesas durante o mês.

Adicione todas as suas despesas no gerenciador financeiro: aluguel, despesas com lazer, conta de luz, conta de água, supermercado, alimentação, educação, telefone etc.

E não deixe de registrar os pequenos gastos, como um doce que você comprou depois do almoço, por exemplo.

Ao ignorar esses pequenos gastos, você pode estar subestimando despesas que pesam no seu orçamento do mês.

Tela de despesas por categoria do Mobills simbolizando a organização financeira
Organize sua vida financeira com o Mobills!

9. Faça metas realistas

Criar metas é importante para ajudar no seu planejamento. Porém, também é importante que essas metas sejam relevantes, realistas e possíveis de alcançar.

Com o Mobills, aplicativo de controle financeiro, você consegue criar um planejamento financeiro, discriminando quanto será gasto com cada tipo de categoria de despesas a cada mês.

Então, crie um planejamento para seguir e verifique com frequência se ele está caminhando corretamente, fazendo os ajustes sempre que necessário.

Seguindo essas dicas financeiras para 2022, certamente você terá uma vida financeira muito mais tranquila!

10. Estude sobre investimentos

Após seguir todos os passos anteriores, você deverá ser capaz de administrar suas economias de forma inteligente para fazê-las render de forma adequada.

Sendo assim, é muito importante pensar em alocar o seu dinheiro em investimentos que te proporcionem rendimentos condizentes com com o risco corrido, tendo sempre em vista quais são os seus objetivos financeiros.

Caso você tenha um perfil investidor mais agressivo, por exemplo, você pode dar preferência a aplicações mais arriscadas, como o investimento em ações e fundos imobiliários.

Mas, se o seu perfil é mais conservador, o recomendável é optar por aplicações mais estáveis e seguras, como a renda fixa (Tesouro Direto, CDB, entre outros) que possuem baixa ou nenhuma volatilidade.

Por último, estude, entenda o mercado e os negócios, analise o desempenho, a administração das empresas, invista em renda variável aos poucos e sempre com a mentalidade de se tornar sócio de grandes empresas no Brasil e até no exterior.

Por outro lado, não se esqueça que só se deve pensar em investimentos para a construção de patrimônio quando a sua reserva de emergência já estiver formada.

Comente, nos siga nas redes sociais e compartilhe este conteúdo!

O que achou das nossas 10 melhores dicas financeiras para 2022?

Se gostou, então, cadastre-se na nossa Lista Vip para receber as novidades em primeira mão e compartilhe esse post com seus amigos e familiares que possam se interessar.

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas e deixe seu comentário!

Quer acompanhar nosso conteúdo no Instagram? Siga @mobillsedu!

Não deixe, também, de acessar o canal do Mobills no YouTube.



Escrito por Larissa Brioso Educadora Financeira

Larissa Brioso, formada em Economia, é Educadora Financeira da Mobills. Possui experiência na área de marketing, SEO e criação de conteúdo com ênfase em Educação Financeira.

  • Editora-chefe do Blog Mobills;
  • Formada em Economia;
  • Estudante de Gestão de Negócios e Marketing.

Assine a Newsletter Mobills
Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.


Você também vai gostar...


🤔 Tem dúvidas ou dicas? Comenta aqui, que nossos especialistas respondem!

Notifique-me de novos comentários via e-mail.


4 comentários publicados nesse artigo
    15/12/2020 às 08:46

    Muito bom

      15/12/2020 às 16:24

      Ficamos muito felizes em saber que gostou das nossas dicas. Já conhece o aplicativo do MobillsEdu? Aprenda conceitos de educação financeira em até 5 minutos com essa nossa ferramenta. Baixe agora: CLICANDO AQUI.

      14/01/2021 às 09:46

      ótimo gostei!

      14/01/2021 às 14:45

      =D

.